Minha Frase preferida desde o mes de julho de 2013


"A felicidade de um amigo deleita-nos. Enriquece-nos. Não nos tira nada. Caso a amizade sofra com isso, é porque (ela a amizade) não existe." Jean Cocteau

Seres Espelhados Espalhando Sonhos e Delírios como eu

Translate

sábado, 18 de maio de 2013

Abacate e suas curiosidade gastrônomica




  
Nome popular do fruto: Abacate

Nome popular da planta: abacateiro
Nome científico: Persea americana Mill.
Família botânica: Lauraceae

Origem


América Central. Guatemala, Antilhas e México – o nome da fruta é originário da palavra asteca “awakat”.

Tipos

Há mais de 500 tipos diferentes, seja na forma, no tamanho ou na cor, mas os mais comuns são:

Manteiga
Forma de pêra, polpa macia e ausência de fibras
Guatemala
Tem a forma de um ovo, a casca é mais rugosa e o tamanho maior do que o Manteiga
Pescoço
É bem parecido com o manteiga, mas é um pouco mais alongado.

Dicas para comprar

Observe os seguintes detalhes para escolher os melhores frutos:
Os mais pesados e firmes, têm uma polpa mais macia, embora seja mais gordurosa e têm um sabor peculiar – se encontrar manchas marrons em algum deles, não se preocupe, pois é, apenas, superficial
Prefira os maiores, com casca verde-clara, sem manchas – ao sacudi-lo sinta que o caroço está preso
Se não os quiser comprar ainda verdes, para consumi-los de imediato, faça uma leve pressão na casca, porque, se estiverem no ponto, ela cederá
Os mais duros e muito firmes ainda não estão prontos para consumo e precisarão ser amadurecidos artificialmente. Para acelerar o amadurecimento, caso o abacate ainda esteja verde, coloque-o dentro de uma vasilha com farinha de trigo
Quanto à quantidade, para fazer um creme, é só calcular 3 (três) peças para 6 pessoas. Para que não fique escurecido, o creme, depois de pronto, deve ser colocado num prato fundo, juntamente com o caroço, sem lavar e, em seguida, leve à geladeira.

Dicas para guardar

Prefira os lugares frescos e ventilados. Se ainda estiverem verdes, não os guarde na geladeira, porque o resfriamento retarda o amadurecimento, que é mais demorado depois que são colhidos; - Se já estiverem maduros, evite empilhá-los, porque são muito sensíveis e amassam facilmente.

Dicas para Consumir


1 - Antes de cortar e limpar o abacate, lave-o bem sob água corrente; - Corte-o ao meio, no sentido do comprimento, torça delicadamente as duas metades para separá-las da casca; - Com a ponta de uma faca, remova o caroço
Corte a polpa em fatias ou amasse, conforme a forma que pretenda usá-lo
2 - Depois de remover a casca, o abacate deve ser imediatamente consumido, porque, em contato com o ar, a polpa escurece. Para evitar o seu escurecimento imediato, passe um pouco de limão na superfície do fruto
3 - Em pratos salgados, vai bem com camarão e lagosta, em saladas ou acompanhando pratos fortes, mas, atenção: use a fruta bem madura, para evitar que fique amargo
4 - Em pratos doces, combina muito bem com limão, leite, creme de leite e leite condensado,na preparação de sorvetes, cremes, musses e bebidas diversas. É muito comum também comer a polpa do abacate com açúcar, devido ao seu sabor não muito doce.
Porém, como temos dito em várias oportunidades, devemos evitar o açúcar refinado, podendo substituí-lo pelos sucedâneos: mel, melado, açúcar mascavo ou demerara, etc., caso não consiga mesmo comê-lo ao natural, o que é ideal
5 – Experimente usar somente o sumo do limão para temperar e verá como combina bem, tornando a fruta deliciosa, além, claro, de diminuir um pouco os efeitos do seu alto teor calórico.É tudo uma questão de habituar o paladar, com evidentes vantagens imediatas.
6 - Saladas
É muito usado desta maneira, principalmente na Europa e nos demais países de origem.
O abacate é acrescentado aos demais ingredientes tradicionais, tais como: verduras, ervas aromáticas, além de outros temperos (azeite, pimenta, etc.).
7- Pasta
Depois de liquidificado e temperado, é usado em torradas e pães, com bastante sucesso
8 - Sopa
Em alguns países, são colocados alguns pedaços da fruta junto com os outros ingredientes, tais como legumes, cereais, hortaliças, etc.

Composição


Proteínas
Potássio
Manganês
Ferro
Cálcio
Fósforo

Vitaminas


A
B2
B6
C
E
Folato
Cerca de 6% de açúcares
2% de proteínas.

Valor calórico


110g = 200 calorias
Tem mais gordura do que qualquer outra fruta, tornando o seu consumo contra-indicado para regimes de emagrecimento, ou de manutenção de peso. Porém, sua gordura é facilmente assimilada pelo organismo, podendo assim fazer parte da dieta de pessoas que têm problemas digestivos.

Indicações Terapêuticas


Afta

Lavar bem as folhas do abacateiro e mastigar bastante até aliviar os sintomas. Em algumas pessoas, de vez em quando, as aftas se instalam, complicando muito a sua capacidade de mastigar; há famílias que apresentam essa afecção em vários de seus componentes ao mesmo tempo.

Amigdalite

Gargarejar com chá feito com folhas do abacateiro. Se quiser aumentar o seu efeito, colocar também folhas de tanchagem.

Bronquite

Para aliviar seus efeitos, o mesmo chá das folhas é muito eficaz, melhor ainda se for acrescentado guaco e própolis, bastando tomar 3 a 4 chávenas por dia.

Cansaço

Para dar um grande alívio aos sintomas do cansaço físico, o chá das folhas, acrescentando-se limão e mel é muito eficiente.

Diarréia

Pegar o caroço do abacate, tostar e moer bastante, transformando-o em pó, que deve ser dissolvido em uma xícara de água morna.

Distúrbios digestivos

O chá das folhas do abacateiro funciona muito bem nesses casos.

Dores de cabeça

Usar compressas embebidas no chá morno das folhas, colocando-as na cabeça, podendo-se também ingerir esse mesmo chá.

Tosse

Chá morno das folhas do abacateiro, com mel.

Verminoses

Lavar e moer bem a casca de abacate e misturar, em partes iguais, com casca de limão ralado; acrescentar mel e tomar em jejum uma colher das de sopa.

Características da planta

Árvore de casca pardacenta que pode atingir até 20 m de altura. Folhagem sempre verde. Flores pequenas e de coloração branco-esverdeadas, possui odor acentuado e característico e por isso são atrativas para abelhas.

Fruto

Fruto com casca de coloração verde-oliva e brilhante, com polpa espessa e cremosa, de coloração creme-amarelada, rica em óleos vegetais. O caroço duro é envolto pela polpa de consistência mole.

Cultivo

Pode ser cultivado em todo o Brasil sendo conveniente plantá-lo no interior do pomar para evitar que o sol forte atinja o tronco. Deve ser plantado preferencialmete no inicio da estação chuvosa em solos permeáveis profundos e adubados. A propagação mais indicada é por enxertia. Frutifica o ano todo.
É raro, na América, um quintal, pomar ou terreiro, de casas, sítios, chácaras ou fazendas, que não possuam pelo menos um pé de abacate frutificando. Tanto nas áreas rurais como nas cidades, são grandes as populações que conhecem e fazem uso intenso dos abacateiros e de seus frutos.
Originário da América tropical, de regiões colonizadas pelos espanhóis (México, Guatemala e Antilhas), o abacate se espalhou até a América do Sul chegando à Amazônia, podendo ser encontrado por todas as regiões do globo que possuem solos férteis e onde haja calor que lhe seja suficiente. Produtores e exportadores de abacate distribuem-se entre os vários países da África e das Américas do Sul e Central, além de Israel, Espanha e Estados Unidos, na região da Califórnia.
Segundo Pio Corrêa, o abacate foi introduzido no Brasil como espécie cultivável apenas no início do século XIX e, atualmente, encontra-se à venda nas feiras livres e supermercados ao longo de quase todo o ano. Apesar de ser o maior produtor mundial da fruta, o Brasil exporta menos do que poderia porque - pura ironia! - seu abacate, grande e bonito, é estranho aos consumidores europeus, acostumados a frutos de dimensões menores.
As plantações do interior dos Estados de São Paulo e de Minas Gerais são responsáveis por quase dois terços do total da produção, seguidas pelas produções dos Estados do Paraná, do Espírito Santo, do Pará e do Rio Grande do Sul.
De sabor suave e gosto bom, nem doce e nem amargo, o abacate é fruto macio, generoso e carnudo.
Apesar de existirem distintas variedades cultivadas, que apresentam grandes variações na forma, tamanho, peso e coloração dos frutos, com diferentes tipos de polpa, fibras, caroço e casca, no Brasil, segundo Eurico Teixeira, o fruto do abacateiro sempre foi um só: simplesmente abacate.
O nome pelo qual essa fruta ficou conhecida pode ser uma derivação da palavra maia ahuacacuahuitl ou da palavra asteca ahuacatl, ambas sonoramente transformadas em abogado ou aguacate em espanhol e abacate em português.
Alguns dizem que a palavra maia significava "fruto que tem a forma de um testículo ou saco", de onde se inferiu que o abacate teria propriedades afrodisíacas. Outros dizem que a palavra asteca significava "manteiga que vem da madeira", em uma descrição precisa das propriedades sensíveis da fruta.
De fato, sua polpa cremosa, verde-amarelada ou amarela quase branca, assemelha-se bastante a um creme amanteigado, sendo basicamente constituído por ácidos graxos não-saturados e concentrando apenas 70% de água em sua composição, o que é pouco em comparação com a maioria das frutas existentes.
Para Pimentel Gomes, o abacateiro é uma das mais valiosas fruteiras existentes justamente por conter consideráveis porcentagens de gorduras, carboidratos e proteínas, além de um largo espectro de vitaminas.
Fruta completa, o abacate é incomparável fonte energética e tem alto valor alimentício com baixos índices de colesterol, o que, ao contrário do que se acreditava no passado, faz com que seja de fácil digestão e nenhum malefício.
Por suas qualidades e por sua extrema suavidade ao paladar, o abacate é uma das frutas mais versáteis existentes, fonte de inspiração para incontáveis e variadas receitas. Pelo sabor indefinido de sua polpa pouco açucarada, o abacate pode ser consumido como iguaria doce ou salgada, de acordo com os hábitos e a cultura dos povos das regiões em que é cultivado, muitas vezes chocando e horrorizando uns e outros. Para o brasileiro Eurico Teixeira, por exemplo, o abacate consumido como salada "parece que deve ser intragável".
Esta observação de desgosto explica-se: no Brasil, a fruta in natura costuma ser consumida apenas em suas variações doces, em sobremesas ou lanches. A polpa do abacate em pedaços, amassada ou em creme, pode ser misturada com açúcar ou mel, acrescida ou não de gotas de limão; pode também ser batida com leite ou com o suco de outras frutas, e bebida como "vitamina".
É na Europa, na América Central e no México que o abacate é mais utilizado como ingrediente próprio para saladas: também In natura, em pedaços ou em crome, misturado com verduras, tomates, cebolas, ervas aromáticas e temperado com maionese, azeite, sal, pimenta e outras especiarias, o abacate é servido como acompanhamento para torradas, pães e pratos salgados. Na Guatemala, em Porto Rico, no México e na Colômbia, é costume incrementar as sopas com grossas fatias da fruta. Em alguns lugares do Caribe, come-se o abacate com vinho do Porto ou Madeira, com suco de laranja e de limão. Em países da América Latina, prepara-se o famoso guacamole acompanhado de tortillas de milho.
Fonte: www.paty.posto7.com.br

6 comentários:

  1. Que fruto riquíssimo!
    Gostei das dicas e informações.
    Eu adoro abacate.
    Xeros

    ResponderExcluir
  2. Amei a postagem, gosto muito desse fruto, aprendi um pouco mais sobre, obrigada!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Bela blogada, dicas valiosas, não sabia que o abacate servia pra tanto.
    Um fim de semana iluminado!
    bjs
    KK

    ResponderExcluir
  4. Oia Lu e Simone, quanta utilidade!
    Sempre consumi apenas como fruta
    que adoro.
    Tenho uma outra função para os caroços: tirando da fruta, em seguida
    corte em pedaços pequenos, dê formatos triangulares, redondos, fure alguns bem ao meio, faça dois furos e os deixe em lugar arejado por alguns dias.
    Assim poderá ser usado no artesanato, para botões de bolsas ou enfeites de varias ordem. Ja enfeitei até blusas com esse material que aceita tinta e verniz.
    Adorei a postagem.
    Bjins Lu e Simone!

    ResponderExcluir
  5. OI! Foi bom ficar sabendo mais dest fruto ,que adoro.Bjs

    ResponderExcluir
  6. Amei sua postagem!
    Boas dicas e informações sobre esse fruto...Gosto muito de abacate!
    Vou usa-lo também em pratos salgados, deve ficar muito bom.
    Abraços! Boa noite e um amanhecer lindo pra ti.

    ResponderExcluir

Que bom que veio, fique a vontade o quanto desejar.
Se apenas leem eu gosto. Mas se comentam eu adoro!
Volte sempre para o abraço entre sonhos e delírios
Catiaho Alc/Reflexo dAlma
http://reflexodalma.blogspot.com/
http://reflexosespelhandoespalhandoamigos.blogspot.com/
,

Venho aqui e Olho pro amanhã dessa forma: com ALEGRIA!

Venho aqui e Olho pro amanhã dessa forma: com ALEGRIA!
Já caminhei muito tempo sem me dar conta do quanto é importante o que eu sei, quero e posso. Passei muio tempo dando prioridade a todos ao meu redor. Daqui pra frente meu olhar obedece a uma nova perspectiva, pois minha palavra de ordem é ALEGRIA.Não quero e não vou viver mais um segundo sem esse ingrediente essencial.. Experimentem e depois de contem o resultado. CatiahoAlc, terça feira 05 de janeiro de 2015

Eu sempre entre meus sonhos realizados e meus delírios incessantes...

Eu sempre entre meus sonhos realizados e meus delírios incessantes...