Minha Frase preferida desde o mes de julho de 2013


"A felicidade de um amigo deleita-nos. Enriquece-nos. Não nos tira nada. Caso a amizade sofra com isso, é porque (ela a amizade) não existe." Jean Cocteau

Seres Espelhados Espalhando Sonhos e Delírios como eu

Translate

domingo, 26 de janeiro de 2014

POEMA À BEIRA DO ABISMO



 

AMOR À BEIRA DO ABISMO
Não sonhei com o xintoísmo
No sonho via-me e intuía
Amor à beira do abismo
Os sonhos podem iludir,
Iludir de fascinação e lirismo
No meu mundo dos sonhos aconteceu
Num repente, desapareceu o abismo
Apareceu-me uma linda amazona
Pareceu realismo
O meu coração, descompassado bateu
Oh! Mundo de sonho e de idealismo!
Ao mesmo tempo um anjo,
Uma mulher, envolta numa flor, que altruísmo!
Me alou, me elevou à galáxia sereneia
Sempre fiéis conduziam-me ao país olianismo
Já se vê, os mesmos corcéis!
Estacaram num espaço verde, com altruísmo
A mesma amazona, ali evoluía
O amor voltou a fervilhar com todo o sentimentalismo
A mesma flor, num sinal de amor
Pareceu acenar, como que a questionar: agora onde vês o abismo?
Se te apraz, volta ao teu sonho
Fica a amar a linda a amazona, sem lirismo
Repara, no verde e na flor
Os deuses, te premiaram com um amor, a tua fé no realismo
Amar sempre, é vertente!
É missão de amor sem fanatismo
Daniel Costa

13 comentários:

  1. Mais palavras, Parabéns Daniel costa. Sempre inspirado.
    abraço

    ResponderExcluir
  2. Daniel, poesia
    é expressão da alma da gente.
    Mais um belo poema
    inspiração vindo de seu coração e provocado
    pela existência de sua Musa.
    Bjins Catiaho Alc
    entre sonhos e delírios

    ResponderExcluir
  3. Cadinho RoCo, há que anos perdi o rasto!
    Agradeço teres vindo.

    ResponderExcluir
  4. Dizes musa, Catiaho - gentileza inesquecível sim, até do foro patológico.

    ResponderExcluir
  5. Nos sonhos damos vazão às nossas loucura apaixonadas. Um lindo poema. Um abraço

    ResponderExcluir
  6. Disse o grande poeta contemporâneo, António Gedeão, "o sonho comanda a vida / tão completa e definida" !

    ResponderExcluir
  7. Boa noite Daniel.. tua maneira de poetar é tão arrebatadora.. pegas um tema e fica lapidando o foco do mesmo.. sempre muito bom assim como as rimas.. abraçao amigo

    ResponderExcluir
  8. Caro amigo Samuel, a minha poesia não é muito concional, é antes opcional. Uma peça escrita vejo-a sempre como uma proposta. Se boa ou má o leitor analisa e decide.
    Abraço

    ResponderExcluir
  9. Bela construção e inspiração com palavras encantadas para um encanto de pessoa.
    Parabens Daniel.
    Um abraço a todos.

    ResponderExcluir

Que bom que veio, fique a vontade o quanto desejar.
Se apenas leem eu gosto. Mas se comentam eu adoro!
Volte sempre para o abraço entre sonhos e delírios
Catiaho Alc/Reflexo dAlma
http://reflexodalma.blogspot.com/
http://reflexosespelhandoespalhandoamigos.blogspot.com/
,

Venho aqui e Olho pro amanhã dessa forma: com ALEGRIA!

Venho aqui e Olho pro amanhã dessa forma: com ALEGRIA!
Já caminhei muito tempo sem me dar conta do quanto é importante o que eu sei, quero e posso. Passei muio tempo dando prioridade a todos ao meu redor. Daqui pra frente meu olhar obedece a uma nova perspectiva, pois minha palavra de ordem é ALEGRIA.Não quero e não vou viver mais um segundo sem esse ingrediente essencial.. Experimentem e depois de contem o resultado. CatiahoAlc, terça feira 05 de janeiro de 2015

Eu sempre entre meus sonhos realizados e meus delírios incessantes...

Eu sempre entre meus sonhos realizados e meus delírios incessantes...