Minha Frase preferida desde o mes de julho de 2013


"A felicidade de um amigo deleita-nos. Enriquece-nos. Não nos tira nada. Caso a amizade sofra com isso, é porque (ela a amizade) não existe." Jean Cocteau

Seres Espelhados Espalhando Sonhos e Delírios como eu

Translate

quinta-feira, 12 de junho de 2014

AMOR ORGULHO E HUMIDADE

Um dos poemas do mesmo livro que aqui venho postando, a ser lido aos microfones de rádio Princesa do Norte, da cidade de Morrinhos, Ceará, pela locutora Tereza Maria
 AMOR ORGULHO E HUMILDADE
Na minha idade
Quem tem amigos nunca está só
Amor orgulho e humildade
Três coordenadas, para que nunca suscite dó
A quatro de Outubro, deu clamor na sua cidade:
- Assis onde o seu poverelho tentou desfazer o nó
Amor orgulho e humildade
Foi mote para S. Francisco evocar o solidó
Tal como eu, preconizou um mundo de verdade
Com ele, o presépio nasceu para o mundo e oh!...
Um mundo mais plebeu, veio destronar esse símbolo de humanidade
Com a invenção materialista da árvore, um forrodó!
No dia quatro de Outubro, que o eu, poeta diz com humildade:
- Completo duas idades, olaró
Da primeira encarnação setenta e dois de idade
Vivo uma rara segunda, de doze, a que devo contar só
O filme desta aventura, de bastantes, a verdade!
Quando me senti com poder de levitação, sem pó
A seguir me parecia voar, mesmo nesta idade
Já voava num mundo sideral, num trenó
A parecer descoordenado e sem ver cidade
 Parou junto a troncos, onde uma bonita mulher estava só
No que pareceu uma eternidade
A felicidade de sabor a pão de Ló
Mais adiante e á vista um medalhão da mesma mulher anjo, de fraternidade
No mundo sideral, na outra galáxia, ó… ó
Amor orgulho e humildade
Voltei a sentir-me deslizar, rumo à terra de Jó
Para vida despertava, talvez por interferência do meu anjo de caridade
Terá sido dele a voz que escutava ao som do forró
Amor orgulho e humildade
Olha à tua esquerda: como alma boa que és, não ficas só!
Amor orgulho e humildade
Daniel Costa
Como se vê, a cada quinta feira, poder ler aqui um poema é tomar conhecimento de uma obra - EU EVOCÊ - que o Brasil está a acolher bem. Com prefácio e capa da autoria de escritora Severa Cabral, o obra é bem Lusófona.
A mesma ao custo de 35.00 Reais, pode ser pedida para: dan.costa@zonmail.pt
Pagamento: em papel / moeda

2 comentários:

  1. Daniel, hoje vim ler teu poema.
    A copa do mundo em meu pais
    me tomao tempo e a emoção.
    Comento de fato depois, combinado?.
    Bjins
    CatiahoAlca/Reflexo dAlma

    ResponderExcluir
  2. Sinto-me emocionada, poeta...
    Será sempre uma alegria recitar seus poemas

    Grata pela atenção de sempre!
    Abraço poético!

    ResponderExcluir

Que bom que veio, fique a vontade o quanto desejar.
Se apenas leem eu gosto. Mas se comentam eu adoro!
Volte sempre para o abraço entre sonhos e delírios
Catiaho Alc/Reflexo dAlma
CONFIRAM MEUS OUTROS BLOGS
http://reflexodalma.blogspot.com/
http://reflexosespelhandoespalhandoamigos.blogspot.com/
http://eunoseossinos.blogspot.com.br/
http://refletindosobrealimentacao.blogspot.com/
http://reflexotrocandoimpressoes.blogspot.com.br/
http://catiahoalcseloparceriapoesia.blogspot.com.br/
http://frasesemreflexos.blogspot.com.br/

Venho aqui e Olho pro amanhã dessa forma: com ALEGRIA!

Venho aqui e Olho pro amanhã dessa forma: com ALEGRIA!
Já caminhei muito tempo sem me dar conta do quanto é importante o que eu sei, quero e posso. Passei muio tempo dando prioridade a todos ao meu redor. Daqui pra frente meu olhar obedece a uma nova perspectiva, pois minha palavra de ordem é ALEGRIA.Não quero e não vou viver mais um segundo sem esse ingrediente essencial.. Experimentem e depois de contem o resultado. CatiahoAlc, terça feira 05 de janeiro de 2015

Eu sempre entre meus sonhos realizados e meus delírios incessantes...

Eu sempre entre meus sonhos realizados e meus delírios incessantes...