Minha Frase preferida desde o mes de julho de 2013


"A felicidade de um amigo deleita-nos. Enriquece-nos. Não nos tira nada. Caso a amizade sofra com isso, é porque (ela a amizade) não existe." Jean Cocteau

Seres Espelhados Espalhando Sonhos e Delírios como eu

Translate

quinta-feira, 19 de junho de 2014

POEMA AMOR SURPREENTE

Retrato de família, no fim de uma tertúlia poética a Luiz Vaz de Camões, junto à sua monumental estátua no Largo Camões em Lisboa. Acrescente-se que o autor do poema, está à direita, no primeiro plano.
AMOR SURPREENDENTE



Não sou vidente
Serei o poeta do amor de fidelidade
De amor surpreendente
Amor difícil na modernidade
Na minha poesia sempre presente
Sempre moderno, como se fora na mocidade
Num sonho persistia recorrente
Sonhava ser a verdade
Amor surpreendente
Seria de veracidade?
Não estaria a delirar de repente?
Senti-me alado, desejo que viria da puberdade!
No espaço já evoluía, na era presente
O meu anjo influiria com acuidade
Amor surpreendente
 Na galáxia sereneia, voava com privacidade
O meu querer de nada valia, mas sentia a vertente
Uma praia deserta, via com propriedade
Apenas uma mulher bonita, só para mim evidente
Contrastando com um verde de verdade
Amor surpreendente
Oh céus! O que sempre sonhei teria ali veracidade?
Uma mulher coberta de azul celeste, uni-presente
Também só, ancorada na pedraria, cheia de humildade
Como um amor que se pressente
Meu coração rejubilou, parecia cumprir-se a minha tenacidade
O meu sonho de élan num repente:
- Terminou sublime, com nova acuidade
Apareceu-me o meu anjo reluzente,
Dizendo: na vida lutas com fé e verdade!
Amor surpreendente
Ama muito a mulher, mereces a sua lealdade
Amor surpreendente
Eis a verdade!

Daniel Costa

5 comentários:

  1. Muito bonito este seu poema, anjo. E muito interessante a foto, pois adoro Lisboa.
    Beijos,
    Renata

    ResponderExcluir
  2. Lindo esse amor assim.Bela foto! abração,chica

    ResponderExcluir
  3. Belímo poema, o amor cantado a passos largos. Parabéns..!Abç!

    ResponderExcluir
  4. Um poema , lindo e completo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Daniel,
    que belo poema
    documentado por
    essa linda foto.
    Bjins
    CatiahoAlc/ReflexodAlma

    ResponderExcluir

Que bom que veio, fique a vontade o quanto desejar.
Se apenas leem eu gosto. Mas se comentam eu adoro!
Volte sempre para o abraço entre sonhos e delírios
Catiaho Alc/Reflexo dAlma
http://reflexodalma.blogspot.com/
http://reflexosespelhandoespalhandoamigos.blogspot.com/
,

Venho aqui e Olho pro amanhã dessa forma: com ALEGRIA!

Venho aqui e Olho pro amanhã dessa forma: com ALEGRIA!
Já caminhei muito tempo sem me dar conta do quanto é importante o que eu sei, quero e posso. Passei muio tempo dando prioridade a todos ao meu redor. Daqui pra frente meu olhar obedece a uma nova perspectiva, pois minha palavra de ordem é ALEGRIA.Não quero e não vou viver mais um segundo sem esse ingrediente essencial.. Experimentem e depois de contem o resultado. CatiahoAlc, terça feira 05 de janeiro de 2015

Eu sempre entre meus sonhos realizados e meus delírios incessantes...

Eu sempre entre meus sonhos realizados e meus delírios incessantes...