Minha Frase preferida desde o mes de julho de 2013


"A felicidade de um amigo deleita-nos. Enriquece-nos. Não nos tira nada. Caso a amizade sofra com isso, é porque (ela a amizade) não existe." Jean Cocteau

Seres Espelhados Espalhando Sonhos e Delírios como eu

Translate

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Samuel Balbinot: SOMBRAS POÉTICAS


SOMBRAS POÉTICAS

Ó sombras fulgurantes de outras eras;
Guiem-me por caminhos infinitos;
Mostrem-me as flores de outras primaveras
Que reinam nos jardins tão mais bonitos!...

Ó sombras das fantásticas esferas;
Tirem minha alma dos lodos malditos;
Dos espaços sombrios... das quimeras;
Tirem-me dos desertos mais finitos!...

Não me deixem sozinho, sombras poéticas...
Nesta solidão que me prende aos anos
Trágicos do fim dos vermes humanos!

Não me deixem ó sombras tão benéficas;
Não quero ficar no mundo sozinho...
Vivendo os anos sem um só carinho!...

22-10-08 SONETO

18/11/12 23:29

2 comentários:

  1. Linda poesia... Lembra-me o estilo de Álvares de Azevedo...

    ResponderExcluir
  2. Samuel, nós poetas
    apesar de sós
    estamos sempre rodeados de nossas
    ideias e de nossas palavas.
    Até as sombras
    vão e vem...
    mas nosso versos
    ficam...
    Bjins CatiahoAlc.

    ResponderExcluir

Que bom que veio, fique a vontade o quanto desejar.
Se apenas leem eu gosto. Mas se comentam eu adoro!
Volte sempre para o abraço entre sonhos e delírios
Catiaho Alc/Reflexo dAlma
http://reflexodalma.blogspot.com/
http://reflexosespelhandoespalhandoamigos.blogspot.com/
,

Venho aqui e Olho pro amanhã dessa forma: com ALEGRIA!

Venho aqui e Olho pro amanhã dessa forma: com ALEGRIA!
Já caminhei muito tempo sem me dar conta do quanto é importante o que eu sei, quero e posso. Passei muio tempo dando prioridade a todos ao meu redor. Daqui pra frente meu olhar obedece a uma nova perspectiva, pois minha palavra de ordem é ALEGRIA.Não quero e não vou viver mais um segundo sem esse ingrediente essencial.. Experimentem e depois de contem o resultado. CatiahoAlc, terça feira 05 de janeiro de 2015

Eu sempre entre meus sonhos realizados e meus delírios incessantes...

Eu sempre entre meus sonhos realizados e meus delírios incessantes...