Minha Frase preferida desde o mes de julho de 2013


"A felicidade de um amigo deleita-nos. Enriquece-nos. Não nos tira nada. Caso a amizade sofra com isso, é porque (ela a amizade) não existe." Jean Cocteau

Seres Espelhados Espalhando Sonhos e Delírios como eu

Translate

sábado, 6 de fevereiro de 2016

MaryTrarbach em SOLIDÃO /Daniel Costa em AMOR NA DIÁSPORA/ Samuel Balbinot em COMO UMA CRIANÇA NOVAMENTE / silvioafonso em:UM TIRO NO CORAÇÃO /CatiahoAlc. em Muita ALEGRIA e Muitas Lembranças BOAS pra Nós!



SOLIDÃO

Minha amiga, companheira,
Em teu ombro me recosto e posso chorar sem medo.
Diante de ti, posso cantar... Sorrir... Dançar e me despir sem pudor.
Posso dormir... Sonhar ou simplesmente devanear...
Posso falar... Gritar e me emocionar...
Posso ouvir minha música no volume que eu quiser...
Ir ao banheiro de porta aberta, sem medo do voyer...
Posso comer... Xingar e liberar meus flatos.
Diante de ti, posso esvaziar-me por completo, liberando todo o meu ser...
Posso ler... Estudar... Escrever... Comemorar um bom trabalho... Pular...
Enfim, diante de ti posso sempre ser eu em toda a minha plenitude.
Não preciso de ética, etiquetas ou pudores...
Tu nunca argumentas, mas seu som cala forte em meu coração.
Às vezes, em meio à multidão, sinto a tua presença...
Nas madrugadas frias, sinto-te comigo.
Muitos te odeiam, mas eu te amo!
E agradeço por estares sempre comigo e por me trazeres a inspiração.
Minha melhor amiga, teu nome é solidão.
©MaryTrarbach







AMOR NA DIÁSPORA

Pelo mundo afora
Esquecendo o que foi a Babilónia
Amor na diáspora
Ainda não havia a Rondónia
Já não temos a humanidade de outrora
            “Em verdade vos digo”, ficou sempre a agonia!
A agonia devastadora
Sempre a esperança, como espora
O saber esperar de baronia
Esperar com otimismo a nossa hora
Olhar carinhosamente, o azul do amor, da harmonia!
Esperar a auscultadora viajar sem demora
Ver o seu mundo, em tons que não pressagia
A insana calculadora!
Esperando, amadureça com amónia
Que fique com a sua ânfora,
Para acabar com a insónia!
A pode utilizar a imaginar, como foi devastadora!
Se metamorfoseando sem parcimónia,
Da devassidão é promotora
Orgulho de pretender ser da Caledónia
Do pecado de desejar desamor é detentora
A tentar criar desarmonia…
… Amor na diáspora,
Que vencerá com terna polifonia!
Amor na diáspora!

©DanielCosta



©SamuelBalbinot

..
UM TIRO NO CORAÇÃO
Eu já fui carregado nos braços, nos ombros e no coração, mas nas costas 
ninguém me levou ou eu carreguei ninguém.  Tem vez que tentam fazer de mim um cara mais fraco do que sou e por isso me fazem de gato e sapato e como eu lhes dou as costas me chutam a bunda e riem de mim. Assim é a humanidade, paradoxal. As pessoas escolhem seus alvos para se mostrarem bons atiradores, mas se esses alvos, antes do primeiro disparo caírem em sofrimento com uma doença desconhecida, por incrível que possa parecer esses mesmos atiradores se envolvem na causa e sem medir esforços se doam, se entregam como os americanos se doaram aos vietcongues depois da guerra,  e fazem isso de tal maneira que se tornam em mais um Charles entre muitos que fizeram questão de trocar o próprio nome. Eu não posso deixar de falar na histórica França que nas ruas colocou o que tinha de melhor na presidência e nos seus ministérios e com esse gesto viu formar a corrente humana com presidentes, príncipes e reis de países que se deram os braços em elos reforçando a corrente da indignação. Tal seriedade para a morte de alguns trabalhadores da imprensa calou a boca brasileira que tem seu povo mal tratado pela governança que não se comoveu com meia dúzia de gatos pingados que, em passeata como a de junho passado, sofreu com a infiltração de mascarados, paus mandados. 
Tive muita vontade de ofertar meus braços para fortalecer a corrente daquele milhão e meio de franceses e não franceses que, revoltados com a fé estremada de alguns que, em nome de Alá, não respeitam o deus dos outros. É duro ter que engolir o sapos que nos enfiam goela abaixo sem uma bebida para companhar, é duro ter que aceitar na tua trincheira um amigo que vai esvaziar o teu cantil  para te matar de sede. Dormir na tua cama para te ver mal na manhã seguinte e achar que te faz um favor enorme. Eu não bebo se o meu amigo não saciou a sua sede e só me deito em sua cama se ele se deitou primeiro.
Tem vez que você fica triste e não sabe por que motivo. Eu me sinto assim não faz muito tempo, mas também não sei, ou acho que não sei por que.
©silvioafonso




De repente...
Estou com uma deliciosa vontade
De relembrar somente coisas boas
E linda
Que são parte do meu doce
 Viver.
Catiaho Alc.


















































21 comentários:

  1. Isso é o melhor da vida... Lembrarmos de momentos inesquecíveis e felizes!
    Lindas fotos! Parabéns!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Muito bem Fotos excelentes! Adorei


    Beijinho e uma excelente semana
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. Lindas fotografias, salpicadas de bons momentos.
    Feliz fevereiro!

    ResponderExcluir
  4. Lindas fotografias, salpicadas de bons momentos.
    Feliz fevereiro!

    ResponderExcluir
  5. Lindas imagens, bom final de semana
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Oi Catiaho
    Uma linda e colorida postagem, assim deveria ser a vida de todos.
    Estou sumida, estou com problemas nos pés e o tratamento é muito dolorido. Só quando durmo a dor passa, mas o sono é curto, pois ele me acorda e a dor vem a cavalar.
    Beijos no coração
    Minicontista2

    ResponderExcluir
  7. Querida unir poesias, amigos e família
    é tudo de bom, adorei o post colorido e real
    Bjuss de bom crnaval
    Rita

    ResponderExcluir
  8. Lindos poemas, lindas fotos.

    Tenha um bom dia, moça.

    Beijo*

    Renata

    ResponderExcluir
  9. Ola cathia,
    Que linda postagem!!
    Fotos maravilhosas.
    O poema da solidão muito lindo, adorei.
    Seus filhos lindos.
    Feliz carnaval.
    beijos

    ResponderExcluir
  10. Uma rica postagem! Você escolheu poemas belos e nos mostrou fotos que registram momentos especiais. Gostei muito!!! Bjs.

    ResponderExcluir
  11. Boa poesia e excelentes fotos recordando momentos especiais.
    Parabéns pela linda família.

    ResponderExcluir
  12. Oi amiga. como é bom vir aqui visitar seu blog. Me identifiquei com a sua solidão, adoro essa liberdade que ela me concede sem nada reclamar, há quem sofra de medo da solidão, mas ela e minha gatinha são excelentes companheiras. Lindos poemas, lindas e memoráveis imagens.

    Gratissima pela visita e leitura.
    Qdo puder visite-me no htt://testandoacreatividade.blogspot.com.br

    htt://somospoetascappazes.blogspot.com.br

    Feliz dias de carnaval com muita paz e alegria.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  13. Que magnifica postagem...ainda bem que reencontrei você!
    Vou levar o teu link para nunca mais me desencontrar de você!
    Beijinho

    ResponderExcluir
  14. Linda postagem, enriquecida com poemas e prosa de amigos que admiro.
    Adoro a leveza dos versos do amigo Samuel.
    Belos momentos registrados nas fotos. São instantes que alimentam a alma e colorem a vida.

    Feliz feriadão carnavalesco.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  15. Olá, obrigada pela visita. A solidão? É sempre complicado falar, mas acho que temos que a saber escutar para depois abrir a alma e o coração.
    Até já
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderExcluir
  16. Olá

    Muito bom este espaço pela diversidade de temas. Boa poesia, bons textos e belas fotos.

    Obrigada pela simpática visita

    Um excelente carnaval

    Bjgrande do Lago

    ResponderExcluir
  17. Tulipa vem agradecer a sua visita ao meu blog

    Gosto de Clarice Lispector
    e vi que você será homenageada na entrega do prémio Clarice Lispector em Literatura!
    Parabéns.

    Muito obrigada por partilhar tantos temas neste seu espaço.

    Bjs Tulipa

    ResponderExcluir
  18. Uma retrospectiva maravilhosa. Gostei!

    Um Bom dia de Carnaval

    Beijo
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  19. Catiaho, friso de excelente literatura, que a bela galeria de fotos culmina. É de gostar de todo o conjunto.
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Espalhou legal poesia amiga e depois nos encantou com uma explosão de alegria em momentos que ficam nas lembranças. Gosto de ver seus dois filhos em ações.
    Um abração amiga.
    Bjs

    ResponderExcluir
  21. Catiaho
    Obrigado querida pelas suas simpáticas palavras. O que estou a fazer é mesmo só uma pausa, mas logo volto!

    Beijinho doce e obrigado!
    :))

    ResponderExcluir

Que bom que veio, fique a vontade o quanto desejar.
Se apenas leem eu gosto. Mas se comentam eu adoro!
Volte sempre para o abraço entre sonhos e delírios
Catiaho Alc/Reflexo dAlma
CONFIRAM MEUS OUTROS BLOGS
http://reflexodalma.blogspot.com/
http://reflexosespelhandoespalhandoamigos.blogspot.com/
http://eunoseossinos.blogspot.com.br/
http://refletindosobrealimentacao.blogspot.com/
http://reflexotrocandoimpressoes.blogspot.com.br/
http://catiahoalcseloparceriapoesia.blogspot.com.br/
http://frasesemreflexos.blogspot.com.br/

Venho aqui e Olho pro amanhã dessa forma: com ALEGRIA!

Venho aqui e Olho pro amanhã dessa forma: com ALEGRIA!
Já caminhei muito tempo sem me dar conta do quanto é importante o que eu sei, quero e posso. Passei muio tempo dando prioridade a todos ao meu redor. Daqui pra frente meu olhar obedece a uma nova perspectiva, pois minha palavra de ordem é ALEGRIA.Não quero e não vou viver mais um segundo sem esse ingrediente essencial.. Experimentem e depois de contem o resultado. CatiahoAlc, terça feira 05 de janeiro de 2015

Eu sempre entre meus sonhos realizados e meus delírios incessantes...

Eu sempre entre meus sonhos realizados e meus delírios incessantes...