Web Statistics

Minhas Frases preferidas desde sempre:

"A felicidade de um amigo deleita-nos.

Enriquece-nos. Não nos tira nada.

Caso a amizade sofra com isso, é porque (ela a amizade)

não existe."

Jean Cocteau

...

"Saudade é a nossa alma dizendo para onde ela quer voltar."

Rubem Alves

Seres Espelhados Espalhando Sonhos e Delírios como eu

Translate

OBSERVAÇÃO NECESSÁRIA

LEITORESAMIGOS, Vocês já devem ter notado que as Publicações no Espelhando são compostas de mais de um item: Um Texto - Uma Can Cão - uma Poesia - IMagens. Deixo claro que: 1- Sou a única responsável pelas publicações 2- e seus conteúdos. 2- OS Itens das Publicações é para que CADA UM AMIGOLEITOR SÓ LEIA O QUE DESEJAR: OU O TEXTO (CON VERSA) OU A POESIA (COM VERSOS) OU OUÇA A MÚSICA (CAN ÇÃO) OU AS IMAGENS (FOTOS). CONTO COM A COMPREENSÃO DE VOCÊS QUERIDOS LEITORESAMIGOS CatiahoAlc.

segunda-feira, 19 de julho de 2021

SEM REMO e SEM DIREÇÃO. CAN ÇÕES - COM VERSOS



O azul do céu e a verde cor do mar confundiam-lhe a
vista numa linha reta no infinito, mas isso não 
importava no momento. A preocupação era com a volta 
à casa depois de tantos anos e tão importante quanto 
o barco rasgando as águas no gemido rouco do motor. 
Seus olhos, os pensamentos e o
casco do barco avançavam na intenção da praia 
batendo as ondas de um passado não tão remoto, 
mas triste por ter dito
adeus a quem não esperava. 
Caminho encrespado, ondulado,
salpicando lágrimas de maresia. 
Horas de sol na cara, onda entortando a proa 
aspergindo água pra cada lado. 
Peito apertado sem saber se ela o receberia. 
Vestido branco, fino, solto sobre a pele amorenada de sol. 
Pés descalços chutando marolas, correndo na areia. 
Cabelo solto aos beijos do vento, lembrança
que não sai do pensamento. 
Saudade do toque, do abraço sem jeito, 
do beijo molhado, da falta de vergonha e do respeito. 
Do sorriso escachado, das safadezas no leito.
- Duas horas sem ouvir o canto das gaivotas. 
Só o barulho
do motor empurrando o vento. No jardim da casa, antes, 
muitas flores brancas e na entrada uma leva de rosas amarelas. 
Hoje, sem cor, desbotada, morta. Borboletas pintadas numa tela 
era como se pensava ver a natureza; uma linda aquarela. 
Voavam numa rota estranha em torno do corpo dela. 
Trazia na testa a segurar-lhe os cabelos negros uma fita amarrada,
 como donzela.
Braços cruzados, debruçada na janela olhos perdidos no infinito
do azul do mar, talvez, a sua espera.
Um grito, um tiro, correria. Num sobressalto vazou de
onde se estendia e na cidade o silêncio. Nada se movia. 
Só a tevê no último volume que um filme de bangue-bangue exibia.
Não fosse esse pequeno impasse, com certeza, ele dormia.
                                                                   silvioafonso

CANÇÕES 
COM MELIM
CANÇÃO NAVIO

CANÇÃO
FICO ASSIM SEM VOCÊ

Com Versos
Minha verdade

Não quero escrever
Uma  só linha
Que não seja Poesia
Gosto do sol amarelo
Da lua prateada
Do brilho das estrelas
Mas nunca pretendo
Compor nada
Que não me seja
 Inspirado
Por pura e inconsequente
 Paixão
Essa é minha
Única regra
Na
Verdade
CatiahoAlc./Reflexod'Alma



6 comentários:

  1. Amei muito, muito os dous poemas!!!

    ResponderExcluir
  2. Bom dia:- Publicação encantadora, majestosa, deslumbrante. O meu elogio
    .
    Tenha um dia feliz
    Cuide-se
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderExcluir
  3. Muita nostalgia por aqui...
    Uma boa semana com muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  4. Adorei o texto do Sílvio, bem como o seu poema, Amiga! Parabéns
    --
    Procuro a paz que anda perdida
    -
    Beijo, e uma excelente semana..

    ResponderExcluir
  5. Texto e poema, muitoo bom!

    Tenha uma boa tarde, Catiaho.
    Beijos

    ResponderExcluir

Que bom que veio, fique a vontade e o quanto desejar.
Se apenas ler; eu gosto. Se comenta: eu adoro!
Volte sempre para os
Bjins e Abraço entre sonhos e delírios
CatiahoAlc./Reflexod'Alma
https://frasesemreflexos.blogspot.com
https://aprendendocomelessempre.blogspot.com/


.

Ei!

O que estou escrevendo aqui NÃO É PESSOAL E NÃO SE

REFERE A NINGUÉM DA VIDA VIRTUAL E SIM DOS MEUS VIZINHOS

DE BAIRRO, OK?

Escrevo aqui para me expressar somente. Penso que estamos vivendo mais um dia e que devemos ser gratos a Deus e aproveitarmos todo aprendizado que esse dia nos trouxer. Devemos: usar máscara, mesmo os já vacinados , usar álcool gel, lavar as mãos ao chegarmos da rua, deixarmos os sapatos do lado de fora até serem limpos, evitarmos contato físico com pessoas que não vivem no mesmo recinto, evitar viajar (sem ser necessário) viajar a lazer nem pensar, não é hora de lazer, ainda que secos para tal estejamos. Eu ando com muita saudade dos meus amigosafilhados, das minhas irmãs e meu cunhado e de ver minha casa no RJ que está fechada desde janeiro de 2020, quando lá estive. Uma coisa tem me chamado muito a atenção: Parece que já terem sido contaminados e terem sobrevivido e a possibilidade da vacina, já deu a algumas muitas pessoas a ideia de estarem totalmente livres de contaminação, bem como os que já tomaram a vacina e passaram a ficar descuidados. Isso me preocupa muito. Estou reclusa em casa com meu marido e filho caçula há mais de 1 ano, vejo muito pouco meu filho mais velho, esposa e filhas que moram na cidade vizinha. Detesto não me sentir livre para ir e vir e mesmo para caminhar na orla que fica ha 3 ruas da minha casa. Vamos resistir mais um pouco, vamos preservar nossa saúde física e mental o mais que pudermos. Por hoje é o que eu penso; caso entendam que eu esteja errada: me perdoem. Bjins de bons dias a todos. CatiahoAlc.

Postagens mais visitadas

Atua LIz Ações