Web Statistics

Minha Frase preferida desde o mês de julho de 2013

"A felicidade de um amigo deleita-nos. Enriquece-nos. Não nos tira nada. Caso a amizade sofra com isso, é porque (ela a amizade) não existe." Jean Cocteau


Translate

domingo, 18 de fevereiro de 2018

Será?





Será que construo 
ou reconstruo
 enquanto isso
me desconstruo?
Eu penso 
enquanto repenso
e dispenso?
Penso insisto 
conquisto
mas desisto?
Ando farta 
da farsa
que disfarça.
Hoje estou 
desnuda
nua 
e isso me aponta
a rua.
Então me sinto 
cansada de
 ceder
 interceder
e
 me despender.
Me recinto?
 e 
não insisto
só desisto e
ponto?
Será?
CatiahoAlc./Reflexod'Alma

Sapato Velho


Roupa Nova

Letra e Cifra



Tom: A
[Intro]  A9  G  D  E9
         A9  G  D  A9  D  E
         A9  G  D  E9
         A9  G  D  A9  D  E
         E

[Solo]

E|---------------10-9h10p9--------------------------|
B|-----10-10/12-----------10-10/12------------------|
G|-9/11---------------------------------------------|
D|--------------------------------------------------|
A|--------------------------------------------------|
E|--------------------------------------------------|

E|-----------------10-9-10-9--9-10-12-10-9----------|
B|-------10-10/12-------------------------12-10-----|
G|-7/9-11--------------------------------------11---|
D|--------------------------------------------------|
A|--------------------------------------------------|
E|--------------------------------------------------|

E|---------------10-9h10p9--------------------------|
B|-----10-10/12-----------10-10/12------------------|
G|-9/11---------------------------------------------|
D|--------------------------------------------------|
A|--------------------------------------------------|
E|--------------------------------------------------|

E|-------------------10-9-10-9----10-9-10-10/12-----|
B|---------10-10/12-------------10------------------|
G|-9-9-9/11-----------------------------------------|
D|--------------------------------------------------|
A|--------------------------------------------------|
E|--------------------------------------------------|
                  
E|--------------------------------------------------|
B|-----------------7--------------------------------|
G|-----------------7--------------------------------|
D|-2h4p2-----------7--------------------------------|
A|------4-5-2-4----7--------------------------------|
E|--------------0-----------------------------------|


 A9   D/A     E/A
Você lembra, lembra 
 D7M  C#m7  Bm7   A    G#º   F#m7  
Na__que____le    tempo eu   ti___nha
    F#m7     B/A        G#m7       C#m7
Estrelas nos olhos, um jeito de herói
F#m7       D7M   C#m7  Bm7  A
Era  mais forte  e    ve___loz
      G#º       F#m7  F7M(11+)     A9
Que qualquer mocinho de        cowboy

D/A  E/A  D/A

E|------------------12-10-9h10p9--9------|
B|----2h3p2---3/5---------------12-10----|
G|-2-4-----4-2---------------------------|
D|---------------------------------------|
A|---------------------------------------|
E|---------------------------------------|

 A9   D/A     E/A
Você lembra, lembra
D7M  C#m7  Bm7  A    G#º  F#m7  
Eu  cos___tu___mava  an__dar   bem
 F#m7        B/A        G#m7     C#m7
Mais de mil léguas pra poder buscar
  F#m7     D7M  C#m7  Bm7  A
Flores de ma___io     a___zuis
  G#º        F#m7  F7M(11+)  A9
E os seus cabelos  en____feitar

D/A  E/A  A4(7/9)

D        E/D      C#m7     F#4  F#
Água da fonte cansei de beber
  B   F#/A#  G#m7  F#   G#m6  Eb
Pra  não     en___ve__lhe____cer

G#/A#  Eb7M  Eb4/7(9)

 G#      Bb/Ab    Gm7       C4  C
Como quisesse roubar da manhã
F   C6/E  Dm  C   G#º  A9  D/A  E/A
Um lin___do  pôr de   sol


 D7M  C#m7  Bm7  A   G#º  F#m7     F#m7     B/A
Ho___je    não  co_lho   mais   as flores de maio
     G#m7       C#m7(9)  Bbm7      D#7(9)
Nem sou mais veloz      como os heróis


Bm7   E7(9)      A9   D/A    E/A
É... talvez  eu seja simplesmente
 D7M  C#m7  Bm7  A  G#º  F#m7  
Como  um   sa___pa_to   ve___lho
 F#m7      B/A       G#m7    C#m7
Mas ainda sirvo, se você quiser
 F#m7    D7M  C#m7  Bm7  A
Basta você   me    cal__çar
       G#º        F#m7  F7M(11+)       A9
Que eu aqueço o frio   dos       seus pés

D/A  E/A  G6

[Solo]  F  G  F  G
        A9  D/A  E/A  G6
        F  G  F  Dm/F  E4 E
        G  A

E|-8--7--8/10-7-------5-8-7-8/10-8-10-10/12-9-9h10p9-----------------|
B|-10--10------8---5h6------------------------------10-12-10---------|
G|-9-----------------------------------------------------------------|
D|-10----------------------------------------------------------------|
A|-------------------------------------------------------------------|
E|-------------------------------------------------------------------|

E|------9-12-9-10---9------------------------------------------------|
B|-10/12---------12---12--9-10-12-9-10--9----------10-12-12b11-9-11--|
G|----------------------11------------11----9-10-12------------------|
D|----------------------------------------11-------------------------|
A|-------------------------------------------------------------------|
E|-------------------------------------------------------------------|

E|----5----8-----10-----12-----13-15-13-12---------------------------|
B|-5h6-8/10-10/12--12/13--12/14--------------12----12----------------|
G|-------------------------------------------11h13-11h13-------------|
D|-------------------------------------------------------------------|
A|-------------------------------------------------------------------|
E|-------------------------------------------------------------------|

E|------9-12-9-10---9------------------------------------------------|
B|-10-12----------12-10-12--9-10-12-9-10--9--------------------------|
G|------------------------11------------11---9-11--------------------|
D|-----------------------------------------11------------------------|
A|-------------------------------------------------------------------|
E|-------------------------------------------------------------------|

D        E/D      C#m7     F#4 F#
Água da fonte cansei de beber
  B   F#/A#  G#m7  F#   G#m6  Eb
Pra  não     en___ve..lhe____cer

G#/A#  Eb7M  Eb4/7(9)

 G#      Bb/Ab    Gm7       C4 C
Como quisesse roubar da manhã
F   C6/E  Dm  C   G#º  A9  D/A  E/A
Um lin___do  pôr de   sol


 D7M  C#m7  Bm7  A   G#º  F#m7    F#m7     B/A
Ho___je    não  co_lho   mais  as flores de maio
     G#m7       C#m7(9)  Bbm7      D#7(9)
Nem sou mais veloz      como os heróis


Bm7   E7(9)      A9   D/A    E/A
É... talvez  eu seja simplesmente
 D7M  C#m7  Bm7  A  G#º  F#m7  
Como  um   sa___pa_to   ve___lho
 F#m7      B/A       G#m7    C#m7
Mas ainda sirvo, se você quiser
 F#m7    D7M  C#m7  Bm7  A
Basta você   me    cal__çar
       G#º        F#m7  F7M(11+)       A9
Que eu aqueço o frio   dos       seus pés

    E9
Talvez eu seja simplesmente
Como um sapato velho
Mas ainda sirvo, se você quiser
Basta você me calçar
Que eu aqueço o frio dos seus pés

A9  D/A  E/A  D/A
A9





14 comentários:

  1. Aplausos à postagem!!


    Beijos...Bom Domingo

    ResponderExcluir
  2. Maravilhoso momento querida amiga ,desejo-lhe uma semana cheia de felicidade ,beijinhos

    ResponderExcluir
  3. gostei grande musica

    https://caminhos-percorridos2017.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. Lindo poema. Musica fantástica...Parabéns


    Bjos
    Noite feliz

    ResponderExcluir
  5. Roupa nova, roupa usada
    Já nem sei o que dizer
    Mas sei que dentro do nada
    Gostei tanto de a ler.
    .
    * Aroma da papoila ... E a outra face do sentimento *
    .
    Inicio de semana feliz.

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito do poetar e da publicação bem diferente amiga Catiaho!
    Roupa Nova,dos velhos tempos e que encantam sempre!
    Bjs e uma ótima semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  7. Um belo exercício de escrita, o poema. A música, excelente.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  8. Adorei cifra ...post adorável ...da uma passadinha no meu cantinho bjsss
    http://cantaalegremente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. A poesia, assim como outras formas de arte, são prá isso mesmo: para indagar, forçar a reflexão, questionar...Interessante também questionar a si mesmo..Como sempre, um excelente exercício de poesia..mas eu sou suspeito.sou seu admirador...paz epoesia...

    ResponderExcluir

Que bom que veio, fique a vontade e o quanto desejar.
Se apenas lê eu gosto. Se comentam eu adoro!
Volte sempre para o abraço entre sonhos e delírios
Bjins e Abraço
CatiahoAlc./Reflexod'Alma

Aos que por aqui passaram e passarão minha gratidão e...:

Aos que por aqui passaram e passarão minha gratidão e...:
Esse não é o final da nossa historia, mas sim o marco de uma parada

Eu sempre entre meus sonhos realizados e meus delírios incessantes...

Eu sempre entre meus sonhos realizados e meus delírios incessantes...

Venho aqui e Olho pro amanhã dessa forma: com ALEGRIA!

Venho aqui e Olho pro amanhã dessa forma: com ALEGRIA!
Já caminhei muito tempo sem me dar conta do quanto é importante o que eu sei, quero e posso. Passei muio tempo dando prioridade a todos ao meu redor. Daqui pra frente meu olhar obedece a uma nova perspectiva, pois minha palavra de ordem é ALEGRIA.Não quero e não vou viver mais um segundo sem esse ingrediente essencial.. Experimentem e depois de contem o resultado. CatiahoAlc, terça feira 05 de janeiro de 2015

Parafraseando Clarice "Sou como você me vê.""

EU "TENTO" ACOMPANHAR OS BLOGS QUE GOSTO DE LER.
COMO FAÇO?
SIGO AS ATUALIZAÇÕES DE CADA UM E TENTO IR A PÁGINA DOS QUE ME DÃO A HONRA DE AQUI COMENTAR.
LEIO MUITO MAIS QUE COMENTO, POIS LER É UMA DAS MINHAS PAIXÕES, POIS LEIO E REFLITO PARA COMENTAR SABENDO O QUE LI.
COMENTAR É UM ATO RESPONSÁVEL E DEVE SER FEITO COM CARINHO E CUIDADO.
Por isso cito Clarice "Sou como você me vê. Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania, Depende de quando e como você me vê passar."
CatiahoAlc.