Espalhados Espelhando

Translate

OBSERVAÇÃO NECESSÁRIA

LEITORESAMIGOS, Vocês já devem ter notado que as Publicações no Espelhando são compostas de mais de um item: Um Texto - Uma Can Cão - Uma Poesia - Imagens. Deixo claro que: 1- Sou a única responsável pelas publicações e seus conteúdos. 2- Os Itens das Publicações é para que CADA UM AMIGOLEITOR POR FAVOR SÓ LEIA O QUE DESEJAR: OU O COM TEXTO E/OU CON VERSA) OU A POESIA (COM VERSOS) OU OUÇA A MÚSICA (CAN ÇÃO) OU AS IMAGENS (FOTOS). CONTO COM A COMPREENSÃO DE VOCÊS QUERIDOS LEITORESAMIGOS CatiahoAlc.

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024

Con Versa sobre Meu Tempo - Com Canção Anjo - Con Texto silvioafonso UMA LÁGRIMA UM SORRISO - Com Versos Braço em Abraços



CON VERSA SOBRE MEU TEMPO

AmigosLeitores,
Não entendo como não me justificar por 
não estar visitando vocês aqui mesmo 
ou em seus Blogs. Sou defensora de que 
O Tempo, nós administramos e se algo 
fica sem fazer é porque estamos 
administrando mal, consequentemente 
contra nós mesmos.
Porém, apesar de amar escrever 
e conseguir escrever em qualquer lugar 
ou circunstância; eu tenho um viés 
de não apreciar escrever quando 
estou com atividades da minha vida 
pessoal acumuladas e em andamento. 
Pois é exatamente o que se passa comigo 
nesse momento. 
Estou em fase de mudança de morada, 
o que me toma tempo para embalar minhas coisas,           
me desfazer de outras que não 
seguirão comigo, decidir quais plantas levarei 
e o que farei com as demais, pois assim 
que me mudar, os responsáveis pelo condomínio, 
de posse da chave do jardim, entrarão e cortarão 99% 
do que plantei nesses últimos 5 anos. 
Esse jardim é um 
dos últimos que o morador ainda tem a 
chave e autonomia para cuidar. 
Ao longo desses 18 anos que moro nesse condomínio, 
eles foram assumindo dessa 
forma e transformando os jardins em 
placas de cimento. Tenho praticado o 
desapego para não sofrer pensando 
nos funcionários cortando e pondo 
no lixo plantas tão bonitas e úteis. 
Mas eu tenho consciência desse espaço
 não ser minha propriedade.
 Voltando ao assunto tempo, 
eu tenho estado pouco no celular 
ou no Notebook onde leio bastante 
blogsamigos, o fato é que tenho 
um prazo para mudarmos e entregarmos 
o imóvel, todavia precisávamos 
esperar o carnaval passar e 
os turistas deixarem a cidade 
para o preço dos 
imóveis voltarem ao normal. 
O carnaval passou e está quase  
chegando ao fim essa fase de 
transição e espero em Deus 
ter de volta meu pacato 
e bem aproveitado
dia a dia aqui em Pasargada.
Bons dias e ótimas noites a todos.
Bjins
CatiahoAlc.

 Com Canção
Saulo


Con Texto 
silvioafonso



UMA LÁGRIMA, UM SORRISO.

Voltou correndo à casa aonde o filho ardia em febre. 
Devido a sua importância o local se transformara
 em um moderno ambulatório
 aonde médico e equipe não faziam 
outra coisa senão olhar o paciente 
depois de medicá-lo. 
Ninguém teve a coragem de dizer 
a mãe daquele jovem que o seu 
mal era de amor. 
Um toco, diria o velho Palhaço, 
um fora, diria eu.  
Nada havia de mais importante 
para aquele rapaz senão a certeza 
de suas conquistas, 
e aquele adeus não foi auspicioso 
à sua vaidade, ao seu amor próprio 
e aos que a ele queriam bem. 
Ela foi, enfim, tranquilizada por 
um senhor grisalho que nos hospitais 
levava o sorriso aos que só das lágrimas compartilhavam. 
Um braço sobre o ombro aproximou 
os dois. 
Ele, gentil, falou de coisas das quais 
ela nem se apercebia. 
Dizia do cheiro da rosa no final da tarde, 
do som dos passarinhos que em 
bando revoavam no cair da noite 
e da alegria das crianças pobres que
 mesmo sabendo
 que o papai Noel não conhecia o seu endereço, 
torcem pela chegada do natal. 
Ela baixou a guarda e por terra 
viu cair sua defesa. 
O cheiro do homem que fazia 
rir era contundente. 
Um misto de força misturado 
com suor e bondade. 
Um riso como cobertor de um corpo 
que tremia no frio de todos os desejos. 
Uma vontade louca de cair nos 
braços dele, 
não como uma pessoa frágil como 
se mostrava, mas como a mulher 
vibrante que 
em sua alma adormecia... 
A voz era calma e doce. 
Certeira como as flechas de Guilherme Tell 
e mornas como a chegada da primavera. 
Ela mal entreabriu os olhos e do homem 
ao seu lado sentiu o hálito confundindo o seu. 
Num gesto de loucura ofereceu-lhe 
os lábios e um meigo beijo viu ser 
depositado em sua boca. 
Ela pirou de vez. 
Esqueceu o motivo de sua
 indignação, 
de sua ida ao local aonde 
o riso se mostrava e se abriu em leque, 
em curvas e retas e se deu, 
não aos caprichos de quem ama, 
mas à vida que lhe era apresentada 
como o perfume de flor em manhã 
chuvosa e doçura de festa 
de criança. 
Um momento como nem os contos 
que escrevia faziam jus 
ou os versos rimavam parecidos.
silvioafonso.

Com Versos


Braço em Abraços

 Braços que envolvem, 
apertam 
e puxam cada vez mais mais 
para perto o outro ou a outra; em um 
movimentar 
de afagos, afetos afoitos.
Abraços tão singulares ainda 
acontecendo em momentos e momentos.
Gesto e Gestual 
daqueles entre amantes predestinados
 perfeitamente amoldados um
 ao outro.
Braços em Abraços,
 entregar 
inteira,  
sem defesa e sem lembrar
 o tempo enquanto tudo 
ao redor 
perde o significado 
e não exige mais mais 
razão. 
CatiahoAlc.
                                  


De 

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2024

Com Versos Gostosura de viver - Com Canção - Com Frase de silvioafonso - Con Versa sobre Livros &Leituras

 

Com Versos

Gostosura de viver

Gostosura de viver
é saber encantamentos fazer
 florescer.
Aprecio todas as cores e por isso
 sempre que posso 
o arco-íris aprecio ver.
Todo dia é dia de 
a esperança renovar
sem em muita pedra
parar ou tropeçar.
Sou assim sempre que puder e
vou seguir sempre alegrando 
o dia a dia
dos que comigo puderem 
conviver.

CatiahoAlc.
Com Canção
Samba de Uma Nota Só


Com Frase de silviofonso


Con Versa sobre Livros&Leituras

Lido

Lendo



Lerei

Sempre relendo 
meus Livros publicados





terça-feira, 13 de fevereiro de 2024

Com Texto silvioafonso em MILAGRE DE CARNAVAL - Com Canção - Con Texto Eu sou meu maior e melhor Milagre

 

Con Texto 

MILAGRE DE CARNAVAL

 Estou pronto para sair. 
Vinte e três penas de ganso
 presa a cintura, sandália de tiras
 amarradas nos tornozelos, 
uma pena, que roubei da peteca 
do filho, presas numa tira amarrada 
na parte de trás da cabeça, 
riscos verde e amarelo que fiz 
com os dedos nos lados da face, 
um chocalho enfeitado com penas 
e contas, documentos e dinheiro
 (escondidos). 
Purpurina na pele, não muita, 
mas o suficiente para o resto 
do ano. 
Assim, vestido de índio, 
eu me vejo pronto 
para brincar não só hoje, 
como amanhã, depois e sempre. 
Saio de casa, de um barraco
 alugado na subida do morro de 
uma cidade onde o trabalho, 
quando se está empregado, 
nunca nos cansa, mas honra
e nos fortalece para cuidar da família.                                                           Sambando, eu vou me juntar 
aos amigos, em uma roda de 
brincadeira. 
Sorriso bem largo estampado 
na cara, lantejoulas no corpo 
para enfeitar 
e lá vou eu, brasileiro, pobre, 
favelado, morro abaixo, 
feliz da vida, cantar o samba 
que ajudei a compor para o bloco 
que nos abraça uma 
vez por ano, como se fosse 
canção de ninar para a criança 
que teima em brincar na 
alma da gente.
silvioafonso

Com Canção
Marchinhas
Sossego








Meu Milagre de Carnaval

Nesse Tempo
Eu quero mais é sossego, 
como diz
 o Tim Maia,
Ou seja ainda que eu queira
 e promova o dito sossego,
só que não.
minha alma e meu coração estão 
em ritmo frenético, 
pois muitas mudanças acontecem 
nesse tempo intervalo
de carnaval no Brasil, onde vivo.
Podem me arguir: 
-Mas mudança nesse meio tempo 
Catiaho? Sim caros AmigosLeitores. 
Mudanças em minha vida pessoal, 
em minha vida no coletivo e ainda 
uma outra que é a mudança
de endereço.
Mesmo pronta para tudo isso, 
preciso aguardar o intervalo passar 
para concluir o que está em pleno 
andamento.
Dentro do meu sossego interno, 
consigo ver: 
tanta gente confusa, 
Tanta gente incoerente,
Tanta gente sem noção de realidade...
 Tudo sem necessidade de plantar 
  sentimentos positivos ou negativos em                                                 plataformas flutuantes e até mesmo inconstantes.
Minha vida por inteira está plantada 
em Deus e no que ele tem para mim, 
com Ele eu não discuto, pois ainda
 que figueira não floresça 
(no meu tempo) eu me alegrarei, 
isso que dizer que me alegrarei 
com o passado, 
com o meu presente e no futuro.
Assim tenho vivido desde 1979 
quando fui resgatada de
mim mesma, lá em Santo Aleixo/Magé/RJ,                                                      diante daquela esplendida cachoeira.
 Sozinha ali: 
Éramos Eu e Deus na Natureza. 
Sem sermão, sem apelo e sem
 testemunhas.
Hoje com 61 anos eu olho pra 
mim e vejo aquela mesma menina 
que foi em 1979, 
no sábado pro retiro da igreja para 
literalmente fugir uns dias de 
uma casa conturbada e viveu 
nos dias de carnaval como esses
 de 2024, a mais incrível e fantástica                                                         experiência que um ser pode 
vivenciar que é a mudança de 
dentro para fora e a descoberta 
de que nunca mais eu 
me sentiria sozinha em nenhum
 lugar no mundo!
Minha verdade e alegria é que: 
Eu sou meu próprio Milagre e que
creio ainda
como em 1979 que nada, e nenhuma 
situação está fora do controle do Criador.
Em paz me deito e logo pego no sono,
porque tu me faz repousar .(TB)
Bjins de ótimo tempo de recesso 
para todos que por aqui pousarem 
os olhos.
CatiahoAlc.





domingo, 4 de fevereiro de 2024

Con Versa sobre Leitura - Com Versos - Com Canção - Com Frase de silvioafonso

 Con Versa sobre Leitura 


Eu por gosto  dedico um bom tempo diário a leitura.
Leio pelo menos três vezes ao dia
quando não tenho trabalho ou tarefas.
No momento me dedico a ler ouvindo, o livro Dom Quixote.
Recomendo aos que desejarem deixar a imaginação trabalhar. Amo Dom Quixote e sua entrega.
Amo Sancho Pança e sua fidelidade.
E amo as pessoas que se preocupam em regatar Dom Quixote.
Nesse momento estou no capítulo 80 quando Eles chegam em um
lugar que os recebem bem, mas...
E esse mas me deixa refletir bastante...
Leio ainda o livro presente O Pianista  de Hitler que exige atenção 
redobrada para não perder nenhum detalhe.
E para distrair

acabei de ler o Alienista que de fato eu gostarei trocar impressões a respeito caso haja disposição de algum de vcs que leem aqui...
Terminei de ler o excelente livro da
Collen Hoover, É assim que acaba, maravilhosa indicação com muitos bons títulos que vou ler.

Gosto não somente de Ler, mas de conversar a respeito do Lido, infelizmente isso é raro.
CatiahoAlc.

Com Canção
Zeca Baleiro
Sete Vidas

Com Versos

Tudo na Vida

Tudo na Vida
Tem jeito
Desde a alegria 
Até a desilusão
Vamos seguindo 
Adiante 
Sem medo 
E sem precisar
De explicação
Tudo na vida
Tem jeito
E para tudo
Há solução
Vamos seguindo
Assim a nossa vida
Sendo feliz
E fazendo da poesia
A nossa canção
CatiahoAlc./Reflexod'Alma

Com Frase de silvioafonso



quarta-feira, 24 de janeiro de 2024

Com Versos Riso Solto - Com Canção - Com Texto de silvioafonso

  

Riso Solto

Riso solto acontece quando a alma leve
Torna os sonhos palpáveis e possíveis 
E as verdades já não se ausentam
da gente.

É esse riso que ilumina meu caminhar
E me apontando a direção me renova
As forças para avançar 
na jornada.

Com esse riso assim solto
A esperança é renovada
Todo tempo e inspirando
Poesia.

Riso solto
é simples
e gostosamente delicioso
assim.

CatiahoAlc./Reflexod'Alma
entre sonhos e delírios
121020211200/TI

Com Canção
Fivers
Elas por Elas

Com Texto de silvioafonso


LÁGRIMAS DE VIDRO

Chove uma chuva miúda, 
daquelas que escorrem na vidraça.
Molha como as lágrimas que
eu chorei no dia em que tu te foste.
Chovia a chuva da tristeza
 e sobre a mesa a tua carta de despedida.
 Não quiseste saber de mim 
e com a minha
dor, tu pouco te importaste.
Não quiseste olhar nos meus olhes 
e dizer na minha cara que
dos meus beijos enjoaste. 
Não quiseste sentir, 
mesmo que pela última vez,
o calor e o
perfume do meu corpo. 
De uma coisa, no entanto, 
tu jamais te livrarás; 
é do momento em que falavas da tua vida,
dos teus erros e pecados, e
quando tu pensavas que eu te puniria, 
segurei teu rosto em minhas mãos
 e beijei teus lábios como surdo, 
 sem querer saber de nada.
silvioafonso




Venho aqui e Olho pro amanhã dessa forma: com ALEGRIA e com ESPERANÇA

Venho aqui e Olho pro amanhã dessa forma: com ALEGRIA e com ESPERANÇA
Já caminhei muito tempo sem me dar conta do quanto é importante o que eu sei, quero e posso. Passei muio tempo dando prioridade a todos ao meu redor. Daqui pra frente meu olhar obedece a uma nova perspectiva, pois minha palavra de ordem é ALEGRIA.Não quero e não vou viver mais um segundo sem esse ingrediente essencial.. Experimentem e depois de contem o resultado. CatiahoAlc, terça feira 05 de janeiro de 2015

Selo Parceria&Poesia

Selo Parceria&Poesia
Escritor José Maria Sousa Costa

Lançamento Duplo Parceria&Poesia

Lançamento Duplo  Parceria&Poesia
Escritores Catiaho Alc. e Silvio Afonso

ABRINDO AS COMEMORAÇÕES DE ANIVERSÁRIO DO BLOG ESPELHANDO

Aos que por aqui passaram e passarão minha gratidão e...:

Aos que por aqui passaram e passarão minha gratidão e...:
Esse não é o final da nossa historia, mas sim o marco de uma parada

.

.

Selo Parceria&Poesia

Selo Parceria&Poesia
Livros com suas tiragens ESGOTADAS

GALERIA DA MINHA SAUDADE DE SERES QUE DEIXAM SEUS BLOGS COMO LEGADO

HÁ SERES QUE FAZEM FALTA NO NOSSO DIA A DIA, MESMO NA VIDA VIRTUAL. ELAS DEIXAM DE PUBLICAR POR VÁRIAS RAZÕES ALGUMAS VEZES POR VONTADE PRÓPRIA E OUTRAS NÃO. ENTÃO NESSE TÓPICOE EU QUERO REGISTRAR A FALTA QUE FAZEM AO DIA A DIA DESSA MULHER POETA. ESSE É MEU JEITO DE REGISTRAR O QUE SINTO. CatiahoAlc 29 DE ABRIL DE 2021


.

Ei!

O que estou escrevendo aqui NÃO É PESSOAL E NÃO SE

REFERE A NINGUÉM DA VIDA VIRTUAL E SIM DOS MEUS VIZINHOS

DE BAIRRO, OK?

Escrevo aqui para me expressar somente. Penso que estamos vivendo mais um dia e que devemos ser gratos a Deus e aproveitarmos todo aprendizado que esse dia nos trouxer. Devemos: usar máscara, mesmo os já vacinados , usar álcool gel, lavar as mãos ao chegarmos da rua, deixarmos os sapatos do lado de fora até serem limpos, evitarmos contato físico com pessoas que não vivem no mesmo recinto, evitar viajar (sem ser necessário) viajar a lazer nem pensar, não é hora de lazer, ainda que secos para tal estejamos. Eu ando com muita saudade dos meus amigosafilhados, das minhas irmãs e meu cunhado e de ver minha casa no RJ que está fechada desde janeiro de 2020, quando lá estive. Uma coisa tem me chamado muito a atenção: Parece que já terem sido contaminados e terem sobrevivido e a possibilidade da vacina, já deu a algumas muitas pessoas a ideia de estarem totalmente livres de contaminação, bem como os que já tomaram a vacina e passaram a ficar descuidados. Isso me preocupa muito. Estou reclusa em casa com meu marido e filho caçula há mais de 1 ano, vejo muito pouco meu filho mais velho, esposa e filhas que moram na cidade vizinha. Detesto não me sentir livre para ir e vir e mesmo para caminhar na orla que fica ha 3 ruas da minha casa. Vamos resistir mais um pouco, vamos preservar nossa saúde física e mental o mais que pudermos. Por hoje é o que eu penso; caso entendam que eu esteja errada: me perdoem. Bjins de bons dias a todos. CatiahoAlc.

.

.

Imagens do Lugar que Amo

Imagens do Lugar que Amo

IMAGEM DO NOSSO LUGAR

IMAGEM DO NOSSO LUGAR

IMAGENS DO MEU LUGAR

IMAGENS DO MEU LUGAR

Selo Parceria&Poesia Lançamento Duplo

Selo Parceria&Poesia Lançamento Duplo
Escritoras Mary Trabach e CatiahoAlc.


.

.

.

.

IMAGEM DO NOSSO LUGAR

IMAGEM DO NOSSO LUGAR

.

.

GALERIA DA MINHA SAUDADE

MINHA HOMENAGEM A SERES QUE FAZEM FALTA NO MEU/NOSSO DIA A DIA, MESMO NA VIDA VIRTUAL, NÃO É UMA HOMENAGEM SOMENTE IN MEMORIAM, MAS HÁ SERES QUE POR MOTIVOS AVERSOS DEIXARAM DE PUBLICAR; ALGUMAS VEZES POR VONTADE PRÓPRIA E OUTRAS NÃO. UMAS SABEMOS O RAZÃO E OUTRAS NÃO. REFORÇANDO: NESSE TÓPICO EU QUERO REGISTRAR A FALTA QUE FAZEM AO DIA A DIA DESSA MULHER POETA. ESSE É MEU JEITO DE REGISTRAR O QUE SINTO. CatiahoAlc 29 DE ABRIL DE 2021


.

.

.

.

.

.

E o Tempo segue adiante...

E o Tempo segue adiante...

.

.



ACONTECEU E FOI MARAVILHOSO!

ACONTECEU E FOI MARAVILHOSO!

Selo Parceria&Poesia

Selo Parceria&Poesia
Escritor José Maria Sousa Costa

Verdade

Verdade

.

.

Parceria&Poesia

Parceria&Poesia
Escritor Gilmar Sousa

Deixo aqui minha sugestão de palavras não muito usados e poderão abrilhantar nossos escritos.

Trambolhões masc. plu. de trambolhão tram·bo·lhão (trambolho + -ão) substantivo masculino 1. Queda ruidosa ou aparatosa. = BAQUE, TOMBO, TRALHO 2. [Figurado] Estado de degradação. = DECADÊNCIA, DECLÍNIO 3. [Figurado] Contratempo inesperado. = ADVERSIDADE aos trambolhões • Rebolando durante a queda. • [Figurado] Desordenadamente. andar aos trambolhões • [Figurado] Passar por grandes dificuldades. Palavras relacionadas: cambalhota, palhaça, espalhanço, boléu, rebolão, queda, tombo. "trambolhões", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/trambolh%C3%B5es [consultado em 06-01-2022].

.

.

.

.

Aconteceu e foi perfeito.

Aconteceu e foi perfeito.

ACONTECEU E FOI MARAVILHOSO!

ACONTECEU E FOI MARAVILHOSO!

Selo Parceria&Poesia

Selo Parceria&Poesia
Escritor Silvio Afonso

Minha Leitura Atual

Minha Leitura Atual
Sugestão do Clube do Livro por Antonio Fagundes - Podercast

Parceria&Poesia

Parceria&Poesia

Eu sempre entre meus sonhos realizados e meus delírios incessantes...

Eu sempre entre meus sonhos realizados e meus delírios incessantes...

Amigo Rubens,

Amigo Rubens,
Sou e serei grata pra sempre por ter me apontado a direção as 12:22hs dessa 6a feira, quando me ligou; um pouco antes de nos deixar e seguir...Sentirei sua ausência, farei minha parte. Catiaho Alc.