Web Statistics

Minhas Frases preferidas desde sempre:

"A felicidade de um amigo deleita-nos.

Enriquece-nos. Não nos tira nada.

Caso a amizade sofra com isso, é porque (ela a amizade)

não existe."

Jean Cocteau

...

"Saudade é a nossa alma dizendo para onde ela quer voltar."

Rubem Alves

Seres Espelhados Espalhando Sonhos e Delírios como eu

Translate

OBSERVAÇÃO NECESSÁRIA

LEITORESAMIGOS, Vocês já devem ter notado que as Publicações no Espelhando são compostas de mais de um item: Um Texto - Uma Can Cão - uma Poesia - IMagens. Deixo claro que: 1- Sou a única responsável pelas publicações 2- e seus conteúdos. 2- OS Itens das Publicações é para que CADA UM AMIGOLEITOR SÓ LEIA O QUE DESEJAR: OU O TEXTO (CON VERSA) OU A POESIA (COM VERSOS) OU OUÇA A MÚSICA (CAN ÇÃO) OU AS IMAGENS (FOTOS). CONTO COM A COMPREENSÃO DE VOCÊS QUERIDOS LEITORESAMIGOS CatiahoAlc.

quinta-feira, 31 de outubro de 2019

Poesia é sangue nas veias a correr...


Poesia é água
que escorrendo molha  boca seca.
É brisa que acaricia
de leve eriçando os pelos.
Poesia e semente de fruto maduro
que na terra e loto trata
de germinar.
É pólen de flor
que as aves carregam
por onde seu caminho forem.
Poesia é sangue que corre
quente nas veias
de quem não pediu pra nascer.
Poesia sou Eu
é Você que nesse
momento parou aqui pra ler.
Poesia é esperança, verdade,
é saudade,
é paixão disfarçada.
É canção de ninar de todo aquele
que se perde
de amor...
CatiahoAlc./Reflexod'Alma 
entre sonhos e delírios
190920111959



                                         IMAGENS DO MEU DIA A DIA 
QUE TRANSFORMO EM MATERIAL DE ESTUDO
Imagem trabalhada de foto do entardecer 
da minha última  recente vinda do RJ pra Pasargada



Trabalho usado em Blogs que publico e sou responsável pelas imagens


Foto  tirada e trabalhada
de uma Escultura da entrada da escola de uma das minhas netas

Foto  tirada e trabalhada
de uma Escultura da entrada da escola de uma das minhas netas

Essas ficam a disposição do entendimento dos Srs Leitores 


CANÇÕES LINDAS  COM
MARCELO JENECI

 

TRABALHO EM IMAGEM DE UMA FRASE MUITO ESPECIAL

terça-feira, 29 de outubro de 2019

DE TERÇA GORDA À QUARTA DE CINZAS

Os foliões deixavam o Sambódromo onde a Portela retumbava os últimos acordes do samba de enredo e a Sapucaí bocejava de sono. Sozinha com o calçado na mão uma jovem, fugitiva de um amor mal resolvido no sertão nordestino, entendia que no momento não só o carnaval chegara ao fim, mas a esperança que tinha de encontrar alguém com quem desabafasse, falasse de sua vida e, quem sabe, se identificasse com ela.   Os tamborins sentiam no couro ainda o tocar das varetas quando ele apareceu não se sabe de que planeta, para, em ritmo de festa, cruzar seu caminho. Sambava na ponta dos pés ao seu redor o rapaz como se fora Carlinhos de Jesus, o senhor de todos os carnavais.  Depois de giros, cruzadas de pernas e de braço sem perder o compasso,  "Carlinhos", o rei dos salões, se dobrou sobre um joelho, olhou nos olhos dela com um bonito e grande sorriso e na mão dela, que antes havia beijado, deixou a flor que trazia presa ao chapéu. E ela, sem saber como se portar diante do distinto cavalheiro vergou-se de maneira que "Carlinhos" pudesse prender nos cabelos da bela morena a flor que lhe dera. Mal tinha arrumado a flor entre os grampos nos curtos fios de cabelo  e o jovem, que não tinha a malandragem que demonstrava, mas trazia consigo o trejeito dos grandes dançarinos, tocou-a nos lábios, com os seus, de maneira que a deixasse esmorecida.  Viajou na espiral da mais bela fantasia.  Poderia achar que fora dopada, caso não fosse com o rei dos salões o acontecido. O surdo cadenciava o compasso da escola no final da avenida enquanto o coração brejeiro da morena que se permitira enfeitiçar com o que o rapaz dera a ela,  sambava no pulsar dos orgasmos que, no vazio da apoteose, ali, enlaçada ao seu descobridor, a vários espasmos se entregou. Enfim, como diz o velho Palhaço Poeta, eram os últimos suspiros de um carnaval que agonizava, como essa jovem,  para não morrer.

                   LIVROS DO AUTOR

CANÇÃO COM O ARTISTA CAPIXABA
SERGIO SAMPAIO


FRASES DE LIVROS















LIVROS DA GENTE 

SOB NOSSO SELO


































.

Ei!

O que estou escrevendo aqui NÃO É PESSOAL E NÃO SE

REFERE A NINGUÉM DA VIDA VIRTUAL E SIM DOS MEUS VIZINHOS

DE BAIRRO, OK?

Escrevo aqui para me expressar somente. Penso que estamos vivendo mais um dia e que devemos ser gratos a Deus e aproveitarmos todo aprendizado que esse dia nos trouxer. Devemos: usar máscara, mesmo os já vacinados , usar álcool gel, lavar as mãos ao chegarmos da rua, deixarmos os sapatos do lado de fora até serem limpos, evitarmos contato físico com pessoas que não vivem no mesmo recinto, evitar viajar (sem ser necessário) viajar a lazer nem pensar, não é hora de lazer, ainda que secos para tal estejamos. Eu ando com muita saudade dos meus amigosafilhados, das minhas irmãs e meu cunhado e de ver minha casa no RJ que está fechada desde janeiro de 2020, quando lá estive. Uma coisa tem me chamado muito a atenção: Parece que já terem sido contaminados e terem sobrevivido e a possibilidade da vacina, já deu a algumas muitas pessoas a ideia de estarem totalmente livres de contaminação, bem como os que já tomaram a vacina e passaram a ficar descuidados. Isso me preocupa muito. Estou reclusa em casa com meu marido e filho caçula há mais de 1 ano, vejo muito pouco meu filho mais velho, esposa e filhas que moram na cidade vizinha. Detesto não me sentir livre para ir e vir e mesmo para caminhar na orla que fica ha 3 ruas da minha casa. Vamos resistir mais um pouco, vamos preservar nossa saúde física e mental o mais que pudermos. Por hoje é o que eu penso; caso entendam que eu esteja errada: me perdoem. Bjins de bons dias a todos. CatiahoAlc.

Postagens mais visitadas

Atua LIz Ações