Web Statistics

Minhas Frases preferidas desde sempre:

"A felicidade de um amigo deleita-nos.

Enriquece-nos. Não nos tira nada.

Caso a amizade sofra com isso, é porque (ela a amizade)

não existe."

Jean Cocteau

...

"Saudade é a nossa alma dizendo para onde ela quer voltar."

Rubem Alves

Seres Espelhados Espalhando Sonhos e Delírios como eu

Translate

OBSERVAÇÃO NECESSÁRIA

LEITORESAMIGOS, Vocês já devem ter notado que as Publicações no Espelhando são compostas de mais de um item: Um Texto - Uma Can Cão - uma Poesia - IMagens. Deixo claro que: 1- Sou a única responsável pelas publicações 2- e seus conteúdos. 2- OS Itens das Publicações é para que CADA UM AMIGOLEITOR SÓ LEIA O QUE DESEJAR: OU O TEXTO (CON VERSA) OU A POESIA (COM VERSOS) OU OUÇA A MÚSICA (CAN ÇÃO) OU AS IMAGENS (FOTOS). CONTO COM A COMPREENSÃO DE VOCÊS QUERIDOS LEITORESAMIGOS CatiahoAlc.

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Na verdade Eu não tenho mais pressa...


Ja corri tanto...
Me cansei deveras.
Olhei incessantemente pro horizonte tentado ver o alem.
Já quase, quase vendi minha alma por uma centelha de atenção.
Todas as tentativas resultaram no silêncio absoluto da minh'alma.
Foi então que parei onde estava
E sem pensar duas vezes
Mudei minha rota e pude vislumbrar uma outra realidade.
Reconheço que
Não sei se  fui eu que mudei ou
Se realmente tudo esta
Completamente diferente nessa nova direção.
Até o nascer  e o por do sol me parece ser  novo
 Mesmo sendo cada um deles único.
Na mais pura essência da Verdade
Em minha vida cotidiana nada mudou:
Amo minha família.
Amo e tenho saudades dos mesmos únicos amigos mais chegados que irmãos que eu tenho...
E assumo que adoro estar vislumbrando e
Vivendo esse
 Delicioso
                                                                                                       Meu
Pros
Se
Guir
Tão sem pressa...
Catiaho Alc.
4a feira 29/01/015  20:15hs

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Otima sexta-feira gente linda! Mas... acreditando que "Ouvir é o mais simples gesto de generosidade."



Passei os últimos três dias acamada com uma crise alérgica que jamais havia tido, depois de devidamente  medicada melhorei e somente quinta e sexta feira retomo a minhas atividades pessoais e profissionais, por isso não visitei os blogs dos amigos tão presentes aqui no Espelhando e  em meus demais blogs.
Seguindo com a vida, eu como todos,  tenho muitas  informações boas e ruins,  lembranças só minhas  bem guardadas. 
Duas  eu faço questão de lembrar sempre para não errar da mesma forma: uma delas independe de querer tira-la ou ignora-la, é uma cicatriz no pulso  direito de quando tentei idiotamente tirar minha vida aos 16 anos.
A outra é uma tatuagem que fiz em julho de 2007 uma letra A no pulso esquerdo,a fiz para não esquecer nunca de um acontecimento ruim de minha vida. Olhar para ela me alerta.
Já outras lembranças eu faço questão de deixar no esquecimento e delas as vezes de acordo com a gravidade e a minha mágoa, só me lembro inconsciente ao falar dormindo e meu marido coitado, tem que ouvir uma por uma e no outro dia eu realmente não me recordo de nada. Algumas poucas vezes fico sabendo porque ele me conta , outras vezes noto a feição dele denunciando que falei dormindo.
 Na verdade tenho grande chance de ter a doença  com nome de alemão, pois sou a mulher mais velha da quarta geração de mulheres da minha família paterna e todas sem exceção apresentaram a doença, a sorte é que somente depois dos 80 anos. 
Sinceramente?  Não me preocupo com isso, pois esquecerei tudo de bom e de ruim e ficarei enchendo o saco da família ou dos colegas de asilo contando as  mesmas histórias  e eu nem desconfiarei, acredito até que nos poucos  momentos de sanidade vou até me divertir. 
Por isso prezo esse meu hoje cheio de alegria e beleza e não  acredito que guardar sentimentos bons ou ruins vá ajudar em nada. Não pensem que não tenho brio ou amor  próprio, pois tenho sim e por tê-los é que minha vida sempre segue adiante com qualidade.
Vivo em uma terra linda, perto do mar que amo. Procuro não me apegar a pessoas fora
  o meu marido,a meus dois  filhos, a minha neta, a minhas irmãs e família de amigos  mais chegados que irmãos.  Cada um dos citados na frase anterior sem exceção  me servem de exercício de amor incondicional e abnegação, pois sem se darem conta me  provam,  reprovam, aprovam e desaprovam todo tempo. Eu simplesmente os amo e ponto. 
E francamente confesso que espero amor deles sim, não deveria mas espero sim.
 Dos demais seres dessa terra, seres lindos e maravilhosos que se aproximam de mim e são e
 são poucos, a esses eu me dedico, gosto e usufruo da companhia,  mas cuido de não me deixar prender e procuro não esperar nada deles.
O meu hoje tem sido de superação e alegrias.
Pois ainda que o amanhã traga complicações e até dissabores, é do hoje que vou me lembrar, 
 com a presença da doença com nome de alemão ou sem ela.
Por isso vivo sem medo e no limite a todo custo e sempre, mas sempre entre meus sonhos e delírios.
É importante que lembremos de guardar e dividir as coisas boas e positivas.
Mas se alguém precisar falar, desabar para dividir o peso, não as evitemos, 
não sejamos insensíveis e covardes virando as costas ou tapando os ouvidos.
Não custa escuta-las e ao final de ouvi-las, então dividamos esperança e boa vontade. 
Pois é por falta de atitudes de generosidade e solidariedade que o mundo anda tão frio,
tão cruel e os seres cada vez mais insanos e pobres de espírito. 
Ouvir alguém não é envolver-se, muito menos resolver ou dar solução. 
Ouvir é mais simples gesto de generosidade.
Ótima sexta feira para todos nós.
Com carinho 
Catiaho Alc.

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

silvioafonso: CRIATURA E CRIADOR...


Que o tempo



Distante daqueles que amamos
seja aproveitado em aprendizados
possiveis.
Em encontros conosco  diante
do espelho, pois
esse
é o melhor exercício de espera.
e amadurecimento.
Linda semana para todos nós.
Bjins para todos em especial bjins e abraços para
a família de amigos mais chegados que irmãos.
CatiahoAlc.

domingo, 18 de janeiro de 2015

Chega um Tempo


Que a gente depois de demonstrar
todo nosso amor sem vergonha ou reservas,
 em paz
simplesmente segue adiante
sem nenhuma vontade de olhar pra trás;
pois o que importa
já esta  indiscutivelmente
conquistado e definido.
Ninguém perde o que nunca teve.
Depois dessa frase eu aprendi a não ter
mais medo.
CatiahoAlc.

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Como diz o mestre silvioafonso A Morte é Burra ; e eu digo que ela tem passado muito perto...



Lembro bem de um título da postagem de quem tenho por mestre na escrita, o escritor e amigo silvioafonso, o título é: A Morte é Burra ou algo assim .http://palhacopoeta.blogspot.com.br/2012/07/morte-e-burra.html
Não tenho medo da morte. Não tenho medo de perder para ela os que eu amo, simplesmente não dá para medir forças com ela. Mas eu assumo sofrer a cada vez que ela sem esmurrar a porta entra e leva alguém que fará muita falta aos que a amam com toda certeza.
Foi assim que nessa ultima terça feira recebi a noticia da perda de um dos  componentes de uma família muito querida na minha vida enquanto morei no RJ... Roberto, Maria das Graças e o Roberto Jr.
Nesse mes de janeiro a família  foi passar férias em Búzios, tudo ia bem até na terça-feira a Graça,
com eu a chamo,  sentir-se mal e sem nem olhar pra trás, foi desligada da vida deixando sem rumo
o marido e o filho. Não dá pra pensar o Roberto sem a Gracinha dele.
Cara, simplesmente não dá! Tenho muitas lembranças uma foi do dia  em que em uma reunião de oração
a Graça em voz alta fez sua oração: Senhor obrigada porque hoje tudo esta propício  e certamente eu
engravidarei. Ao final da reunião todos olhavam para o casal e sorriam, outros como o Al batiam nas costas do Roberto e diziam: É hoje hein! Outra lembrança  por exemplo é de nosso acampamento em Ponta Negra... o Al, eu, meus filhos ainda pequenos,o Murilo(filho do do primeiro casamento do Roberto),
 o Rogério meu irmão e o Márcio amigo de todos nós, o Roberto e a Graça já gravida do Roberto
Jr. Era engraçado ver o Roberto lavando panelas pela primeira vez na vida ou então a cada ida
 ao banheiro que a Graça ia, lá ia Roberto  com balde pegar água do mar para usar como descarga improvisada. Meses depois quando Roberto Jr. resolveu nascer, lá fomos eu e Márcio para o RJ
 levar a Graça as pressas...  depois do parto que foi de alto risco, vi mãe e filho serem separados
pois ela ficaria internada em um hospital em São João de Meriti e o Jr. em uma Neo Natal lá
em Botafogo.  Quantas lembranças me vêem a mente....
A Morte é Burra sim. Mas nós somos mais burros que ela, pois ao invés de
agradecermos os bons momentos  vividos junto com quem amamos,
ficamos remoendo dores de achismos ou julgando nosso amor maior que o dos outros.
Eu estou sofrendo por pensar o Roberto sem a Gracinha dele... é certo
que um pouco do brilho nos olhos dele vai sumir, mas ele vai seguir adiante...
Já eu, quero muito, muito que os meus poucos e únicos amigos acreditem no meu
 amor enquanto estou viva, posso estar ausente fisicamente, pois não da pra se estar em
dois lugares ao mesmo tempo e tenho que dar conta de minha vida.
Por isso quero fazer o meu melhor, seguir adiante sorrindo e sempre aguardando com vontade
 e pressa o próximo encontro. Todavia caso ele não aconteça por um  de nós não pertencer
 mais a esse plano, ficará esse vazio que sinto ao pensar naqueles que  foram embora a contra minha vontade como: meus irmãos, minha cunhada e agora  a sem graça da Graçinha do Roberto.
Ando me remoendo em saudades dos que amo e não posso rever quando quero e nem posso
sentir a força do abraço deles. Mas nós ainda estamos aqui nesse plano...
A Morte como disse silvioafonso em seu texto, é burra, nós podemos até ser burros
também por nos apegarmos a pequenos detalhes que separam os que se amam ,
 mas podemos mudar isso a hora que quisermos... ainda há tempo.
Ufa! Pelo menos isso...
Enquanto isso a morte vai passando por perto da gente e nós vamos  nos esquivando
 enquanto pudermos...
Para Roberto e para seu filho Roberto Jr., meu carinho e meu obrigado por terem
cuidado tão bem de Graça...
É isso...
Catiaho Alc



segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

ELOS, O ROMANCE.



Eu já vi pessoas se misturando com porcos.
Já vi mulheres vendendo seus corpos.
Já vi homem se curvarem frente à mentira.
Já vi o forte se calar com o berro do fraco e o
pecador reclamar do contrassenso alheio.


Eu vi muita gente tratando dos porcos sim, sujando suas botas sim, mas comer 
farelo com eles, não.
Já vi mulher vender seu corpo em troca de comida pros filhos. De remédio pro pai, mas sem ter prazer com o que fazia, e se chorasse, não era pelo gozo que poderia estar sentindo.
Eu já vi homem se curvar diante da mentira do patrão para manter seu emprego, sua família abastada e seus filhos no colégio, mas concordar com as mentiras que ouvia, acredito que não.
Vi com esses olhos da cor de melado que Deus me deu, verdadeiros gigantes se calarem diante do grito do mais fraco, perpetuando o ditado que diz; quando um não quer dois não brigam.
Já gritei com meu filho por fazer o que eu fazia na sua idade. Já desejei mulheres casadas e a elas prometi o que jamais poderia cumprir.
Assim é o livro ELOS que acaba de ser lançado. É um romance que mostra a saga de uma mulher que nasceu e se criou numa casa onde mulheres ganhavam a vida. Ali ela serviu aos porcos, sem que do farelo sentisse o gosto. 

silvioafonso:AQUI, NÃO JAZ.


sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Eu Feliz pra Caramba!



Além de toda minha felicidade e alegria, hoje ainda é sexta-feira, dia que eu adoro!

Ontem fechei um novo trabalho e isso me desafia e anima bastante.

Hoje as 16:00hs meu filho caçula volta para SP para seguir com seu trabalho e suas metas.









Meu filho mais velho começa um trabalho de Oficina de Circo aqui no shopping Praia da Costa, que fica a 3 ruas de minha casa.
http://www.hypeonline.com.br/index.php?page=db&secao=39&info=1864




Já eu e o par que não somos bobos nem nada, depois de levarmos o caçula para o embarque,
vamos voltar direto pra casa  e queimar nosso pé em grande estilo,


































Amanhã(sábado) cedinho viajamos para descansar, pois desde o dia 23 de dezembro somente agora vamos dar uma parada para nos dois, ai sim vamos namorar e nos curtirmos em um lugar lindo e tranquilo a 3 horas de distancia daqui de nossa casa.
Voltaremos de fato a vida normal e ao trabalho que nos aguarda na segunda feira. Na verdade até
ontem nós acertamos a agenda com varias reuniões de planejamento(rs).
Beijos de carinho e saudades para a família de amigos mais chegados que irmãos que eu e o Al temos.
Carinho para todos que por aqui passam e tem acompanhado o Espelhando.
Abraço de gratidão e carinho para os colunistas silvioafonso, Samuel, Nádia e
Daniel. 
Vocês são parte de minha alegria, creiam.
Sem mais,
Catiaho Alc.
Sempre entre meus sonhos e delírios.


domingo, 4 de janeiro de 2015

Seguimos adiante em passos firmes e forças renovadas.



Bem é assim comigo.
Olho para trás e não tenho como esquecer as perdas  irreparáveis do no mês de julho do ano que passou: a irmã do Al (meu marido) e meu irmão...
Olho para frente e reconheço os laços de família que foram refeitos
após a morte do meu irmão Henrique, que foi o nascimento de dois bebês na família, o Miguel Henrique que nasceu em outubro e a Mariana que nasceu dia dois de janeiro último e mãe e filha já foram para casa hoje em Niterói.
Alimento minha saudade com a alegria das lembranças dos bons momentos vividos junto com os amigos mais chegados que irmãos. Foram muitos desses lindos momentos nesse 2014, ressalto o mais marcante que fica dançando em minha mente: nós exaustos e contentes sentados á beira do campo de futebol sorrindo e tomando nossa bebida. Ali entre nós não havia jovens ou adultos, éramos somente gente que gosta de estar estar junto pelo simples desfrutar da companhia uns dos outros.
Gosto de manter na mente também o lindo dia de Natal, quando  viajamos de Pasargada cedinho para o RJ com o objetivo do abraçar a quem nos faz bem  abraçar e por eles sermos abraçados.  Mas em fim... É hora de proteger as boas lembranças e  com carinho seguirmos adiante guardando as saudades e as vontades.
Bora seguir sem puxar o país, mas sim fazendo a nossa parte com satisfação e alegria?
Linda nova semana e um  ótimo ano inteirinho para todos nós.
Bjins
CatiahoAlc
entre sonhos e delírios



quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

"Quanto mais areia escorreu no relógio de nossa vida, mais claramente deveríamos ver através do vidro."Jean-Paul Sartre


Se ano ano de 2014 eu cumpri todas as minhas metas pessoais
e consegui estar satisfeita com meu desempenho profissional;
posso dizer que já tenho todo ano de 2015 planejado, isso no
que depender de mim.
Também estou preparada para os imprevistos e oscilações
prováveis e improváveis.
Já sei que terei muito trabalho a começar pelo livro do 
Samuel que esta na editora gráfica já sendo produzido.
Não quero sustos ou incertezas, deve ser a idade nova,
ela me chegou dia 30 com muitas alegrias e belas surpresas.
Então, mãos a obra e desejo a vocês todos um ano eficaz
e recheado de decisões positivas sempre a nosso favor.
Vamos seguir adiante prontos para assistir mais esse novo
amanhecer  que é o ano de 2015.
Deixo algumas frases que me fazem diferença lembrar sempre.
Catiaho Alc,  1º de janeiro de 2015, tarde lindamente banhada pelo Sol em Pasargada.

"Não importa o que o passado fez de mim. Importa é o que farei com o que o passado fez de mim."

"É o que posso expressar dizendo que o homem está condenado a ser livre. Condenado porque não se criou a si mesmo, e como, no entanto, é livre, uma vez que foi lançado no mundo, é responsável por tudo o que faz."

"É sempre fácil obedecer quando se sonha comandar."

"É o que posso expressar dizendo que o homem está condenado a ser livre. Condenado porque não se criou a si mesmo, e como, no entanto, é livre, uma vez que foi lançado no mundo, é responsável por tudo o que faz."

"Quando os ricos fazem a guerra, são sempre os pobres que morrem."

"Quando, alguma vez, a liberdade irrompe numa alma humana , os deuses deixam de poder seja o que for contra esse homem."

"Quanto mais areia escorreu no relógio de nossa vida, mais claramente deveríamos ver através do vidro."

 E a minha frase preferida dele:
"O inferno são os outros."
Jean-Paul Sartre



.

Ei!

O que estou escrevendo aqui NÃO É PESSOAL E NÃO SE

REFERE A NINGUÉM DA VIDA VIRTUAL E SIM DOS MEUS VIZINHOS

DE BAIRRO, OK?

Escrevo aqui para me expressar somente. Penso que estamos vivendo mais um dia e que devemos ser gratos a Deus e aproveitarmos todo aprendizado que esse dia nos trouxer. Devemos: usar máscara, mesmo os já vacinados , usar álcool gel, lavar as mãos ao chegarmos da rua, deixarmos os sapatos do lado de fora até serem limpos, evitarmos contato físico com pessoas que não vivem no mesmo recinto, evitar viajar (sem ser necessário) viajar a lazer nem pensar, não é hora de lazer, ainda que secos para tal estejamos. Eu ando com muita saudade dos meus amigosafilhados, das minhas irmãs e meu cunhado e de ver minha casa no RJ que está fechada desde janeiro de 2020, quando lá estive. Uma coisa tem me chamado muito a atenção: Parece que já terem sido contaminados e terem sobrevivido e a possibilidade da vacina, já deu a algumas muitas pessoas a ideia de estarem totalmente livres de contaminação, bem como os que já tomaram a vacina e passaram a ficar descuidados. Isso me preocupa muito. Estou reclusa em casa com meu marido e filho caçula há mais de 1 ano, vejo muito pouco meu filho mais velho, esposa e filhas que moram na cidade vizinha. Detesto não me sentir livre para ir e vir e mesmo para caminhar na orla que fica ha 3 ruas da minha casa. Vamos resistir mais um pouco, vamos preservar nossa saúde física e mental o mais que pudermos. Por hoje é o que eu penso; caso entendam que eu esteja errada: me perdoem. Bjins de bons dias a todos. CatiahoAlc.

Postagens mais visitadas

Atua LIz Ações