Web Statistics

Minhas Frases preferidas desde sempre:

"A felicidade de um amigo deleita-nos.

Enriquece-nos. Não nos tira nada.

Caso a amizade sofra com isso, é porque (ela a amizade)

não existe."

Jean Cocteau

...

"Saudade é a nossa alma dizendo para onde ela quer voltar."

Rubem Alves

Seres Espelhados Espalhando Sonhos e Delírios como eu

Translate

OBSERVAÇÃO NECESSÁRIA

LEITORESAMIGOS, Vocês já devem ter notado que as Publicações no Espelhando são compostas de mais de um item: Um Texto - Uma Can Cão - uma Poesia - IMagens. Deixo claro que: 1- Sou a única responsável pelas publicações 2- e seus conteúdos. 2- OS Itens das Publicações é para que CADA UM AMIGOLEITOR SÓ LEIA O QUE DESEJAR: OU O TEXTO (CON VERSA) OU A POESIA (COM VERSOS) OU OUÇA A MÚSICA (CAN ÇÃO) OU AS IMAGENS (FOTOS). CONTO COM A COMPREENSÃO DE VOCÊS QUERIDOS LEITORESAMIGOS CatiahoAlc.

domingo, 28 de maio de 2017

Sobre (Poesia de 2010 e Considerações)


Sobre
Sobre a página da vida
Meus sonhos vou desenhar
Quero cores bem vivas
Pra eu poder me expressar
A cada cor quente desejo
Passar o meu calor
E nunca deixar que a tristeza
Apague o meu valor
Espero manter a esperança
Que brilha no olhar contente

De uma bela criança
 Que vive a encantar a gente
Catiaho Alc./ 
Do meu 1º Livro Reflexod'Alma2010

Então...
Desde o mês de março vivo muitas novidades. 
Aliás pensando bem, desde o mês de julho de 2016 parece que entrei em um túnel do tempo e um turbilhão de eventos (acontecimentos) foram me envolvendo de uma forma bem parecida de quando levamos um caldo no mar. Não acontece de repente, mas sempre achamos insperado e somente nos damos conta quando tudo volta ao normal. 
No caso do caldo no mar, já de pé na areia, com a boca e cabelos cheios da mesma,
 insistimos em nos perguntar: 
Como deixei isso acontecer?
Já nos acontecimentos da vida, fatos 
apresentados como irreversíveis se mostram totalmente inversos, lagrimas teimosas cedem lugar aos sorrisos  novos e cheios de esperanças. Foi dessa forma que de julho de 2017 eu me prontifiquei a não criar expectativas e sim a apenas viver um dia de cada vez. Nesse tempo além da alegria da segunda gravidez florescendo em nossa família, pareceu estarem meus olhos sendo abertos para uma realidade desconhecida ou ignorada por mim até então: INDEPENDÊNCIA. Após 53 anos de vida eu consegui me ver livre de muitas armadilhas emocionais desnecessárias e que me impediam de ver com clareza a realidade. Quase dois meses após o nascimento da nossa neta a pequena Alice que muito me deixou contente e pronta para praticar a tal INDEPENDÊNCIA. Na verdade ao pensar sobre a pequena Alice eu realmente gosto de confirmar a validade da prática do sobrenome Alcântara que é Ponte. Se nossa 1a  neta, a Ana Clara me trouxe muitos aprendizados e revelou muitas verdades ocultas a essa Mulher Poeta; já o nascimento da pequena Alice me trouxe Compreensão e Prática. 
Dia 31 de maio sessenta dias completos Eu tenho da continuidade da vida e do marco de um tempo com novos ares e perspectivas alvissarei-ras. Tenho plena Ciência das Adversidades enfi-leiradas a espera do tempo certo, isso não me atemoriza, pelo contrário: me faz atenta e pronta.

Nós, Nossa Família 
e Nossos AmigosAfilhados mais chegados que Irmãos seguem bem, obrigada.
 Adoro essa vida de desafios constantes e  amo Viver bem cada dia e  Viver é uma Dádiva.
Catiaho Alc./Reflexos d'Alma
                                  entre sonhos e delírios
domingo, 28 de maio de 2017


quinta-feira, 25 de maio de 2017

Encontro Eu Você e os Outros (Revendo/Revisando minha Obra/Texto de 2008)



Me encanto diante do encontros 
Que a vida proporciona
Eu
 Você
Um ao outro
Um outro
Os outros
Assim
Vamos
Todos nos misturando
Virando uma essência 
Exalando um cheiro bom
Deixando um gosto delicioso
Desses cheiros 
Que ficamos tentando reter
Destes gostos que ficamos
 Estalando a língua de prazer de tão bom
Nos misturarmos sempre assim
Encontro é isso
Coisa boa de sentir
E mais boa de guardar
E de somar
CatiahoAlc./Reflexo d'Alma 07.59h

domingo, 21 de maio de 2017

Poesia é assim (Revendo/Revisando minha Obra/Texto de agosto de 2011)

Poesia  é saudade
Aperto no peito
 vontade de ver
de ouvir 
ou mesmo de saber

Poesia é com certeza
amor
pois entende 
percebe e
aceita

Poesia lembrar do sorriso
visto uma só vez
é saber o gosto
sem ter
 provado

Poesia é respeito
ao mesmo tempo 
que
desrespeito
se faz
Poesia e sentir as mãos
que tocam
sem tocar
que vasculham
sem perguntar

Poesia é assim
é sonhar
delirar de saudade
antes de ao sono
a alma entregar

CatiahoAlc/Reflexo d'Alma 
entre sonhos delírios e saudades

01342607011
2308201


sexta-feira, 19 de maio de 2017

Chuva na Janela


Hoje o céu esta cinza quase chumbo
A água transparente e gelada
é derramada em pingos
Poças se formam e transbordam
fazendo veios rua a fora
Minha alma se encanta com o som dessa chuva
Com o ar que quente que embaça o vidro da janela
Os sentimentos diversos se misturam e
desejam também
Saírem de dentro do peito assim
Como as nuvens que vão levadas ao vento
Ou os pingos que caem e apressadas
correm...
O peito deseja soltar
os sentimentos
Mas num ato de renúncia
O suspiro os prende
E o peito lateja
A alma como que chora
Então uma lágrima foge pelo
canto do olho
E uma, e duas e muitas
Assim também fazem veios
que descem corpo a baixo
Mas nunca chegam ao chão
São contidas pela mão que as colhe
E as guardam apenas na lembrança
Do ímpeto de um momento
Só um momento...
De Liberdade Feliz.
CatiahoAlc.
171120070819


Texto integrante da obra Momentos Cristalizados
27 022008

terça-feira, 16 de maio de 2017

Simples abrir e fechar de pernas...(.VOU RECOMEÇANDO A REVISÃO DE MEUS TEXTOS/OBRA COM ESTE TEXTO)



E num  vai e vem de abrir
e fechar de pernas
Os olhos já não movem
no indo e vindo,
apenas se fixa e atravessa
Atravessa
através passa
transpassa
peneta
No universo de seu desejo
ainda por satisfazer
Mas pronto
riste
teso
 atento
ao tempo
 e ao contratempo
Impregnando na verdade
inundado de vontade
de seu desejo satisfazer
E assim as pernas
que quietas
se movem sem noção
de quem em pura provocação
faz o pobre ser perecer
padecer
e menino 
de novo ser
CatiahoAlc./ReflexodAlma

Copyright©soempalavras
20552607012

Abaixo algumas musicas que eu gosto de
ouvir desde sempre.


Sonhos
com Paulinho Moska





domingo, 14 de maio de 2017

silvioafonso (TEXTO ESCOLHIDO POR CATIAHO PARA DIA DAS MAES 2017)


Por um motivo forte, mas que não justificava aquele gesto, eu me afastei da casa aonde fui criado. Pela minha pouca idade eu não fiz juízo do mal que causava a minha mãe e a mim mesmo. Com o passar dos anos fui descobrindo que aquela ausência era o mesmo que perder as articulações das pernas e dos braços e até o meu coração mudava de compasso; eu estava paralisado de saudade. 
Mutilado com a sua ausência como se a minha alma tivesse ido embora do meu corpo. Nas festas e reuniões, por mais amigos que acercassem de mim, eu me via só.
 Larguei os compromissos assumidos, das minhas obrigações eu esqueci e fui ao encontro dela.
 Em qual dia do mês eu não me lembro e de que maneira eu cheguei até onde ela estava eu também não me recordo, mas sabia que era ali, no lugar de sempre; na mesma cidade e bairro, na mesma rua e número aonde eu cresci menino e me formei rapaz, ela me esperava. Nada dissemos um para o outro, só nos olhamos para nos entregar a um abraço demorado e tão intenso que até agora sinto o seu cheiro e o calor do seu colo, como se o seu bebê eu fosse, ainda.



quinta-feira, 11 de maio de 2017

Sede




Tenho sede de sugar teu ser.
Sede...
Tenho sede de buscar teu bem querer.
Sede...
Tenho sede de dar vida a tua ilusão
Sede...
Sede...
Sede.
Tenho sede de sugar
Teu querer e de...
Viver tua emoção.
CatiahoAlc./Reflexo d ‘Alma

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Vida Trans... bor... dan... te



A essência da vida hoje transborda
Escapa de minha alma como perfume suave.
Vai se espalhando sem que
 Se saiba ao certo de onde vem
Só se percebe que ele segue avançando
Causado intenso bem estar e prazer
É algo extraordinariamente bom
Porque nos invade uma certeza
De que viver vale à pena
De que o mundo é belo
De que o amor existe
E os seres chamados humanos
Somos todos são
 Bons 
E perfeitos
É algo de uma certeza tão profunda
De que sabemos exatamente 
Pra que viemos a esse mundo
E que viver tem um sentido ainda maior 
Do que nossa fé ou crença
Essa essência é algo tão perfeito
 Que nos gruda na pele
Sai-nos pelo brilhos dos olhos
Pode ser expresso pelo simples 
Toque de nossas mãos
Ou do ligar de nossa mente que pensa junta
Quem pode provocar tal sentimento 
Nesse dia comum como todos os outros 
Se não o amor
Essência perfeita do
Nosso eterno bem querer
Assim entendo viver  minha
Vida Vida  
Trans... bor... dan... te
CatiahoAlc/ReflexodAlma
      entre 
sonhos e delírios





segunda-feira, 1 de maio de 2017

Juramento (Revendo/Revisando minha Obra/Texto de 2008)





Não falo teu nome
Juro
Mas conto a plenos pulmões
Que amo
Declamo os versos  mais lindos
Aos gritos
Alimento os sonhos  mais
Loucos
Detenho as possibilidades  mais Insanas
Me entrego às  vontades
Mais livres
Assim teu nome juro
Não revelo
Mas sim deixar que nossa Alma
Siga
Numa viagem  sem prumo
Nem rumo
De olhos fechados
Saltar no
Vazio
E que a vida não tenha
Limite e em nós
Apenas a poesia
Habite

CatiahoAlc./Reflexo d'Alma entre Sonhos e Delírios180609 2158

.

Ei!

O que estou escrevendo aqui NÃO É PESSOAL E NÃO SE

REFERE A NINGUÉM DA VIDA VIRTUAL E SIM DOS MEUS VIZINHOS

DE BAIRRO, OK?

Escrevo aqui para me expressar somente. Penso que estamos vivendo mais um dia e que devemos ser gratos a Deus e aproveitarmos todo aprendizado que esse dia nos trouxer. Devemos: usar máscara, mesmo os já vacinados , usar álcool gel, lavar as mãos ao chegarmos da rua, deixarmos os sapatos do lado de fora até serem limpos, evitarmos contato físico com pessoas que não vivem no mesmo recinto, evitar viajar (sem ser necessário) viajar a lazer nem pensar, não é hora de lazer, ainda que secos para tal estejamos. Eu ando com muita saudade dos meus amigosafilhados, das minhas irmãs e meu cunhado e de ver minha casa no RJ que está fechada desde janeiro de 2020, quando lá estive. Uma coisa tem me chamado muito a atenção: Parece que já terem sido contaminados e terem sobrevivido e a possibilidade da vacina, já deu a algumas muitas pessoas a ideia de estarem totalmente livres de contaminação, bem como os que já tomaram a vacina e passaram a ficar descuidados. Isso me preocupa muito. Estou reclusa em casa com meu marido e filho caçula há mais de 1 ano, vejo muito pouco meu filho mais velho, esposa e filhas que moram na cidade vizinha. Detesto não me sentir livre para ir e vir e mesmo para caminhar na orla que fica ha 3 ruas da minha casa. Vamos resistir mais um pouco, vamos preservar nossa saúde física e mental o mais que pudermos. Por hoje é o que eu penso; caso entendam que eu esteja errada: me perdoem. Bjins de bons dias a todos. CatiahoAlc.

Postagens mais visitadas

Atua LIz Ações