Web Statistics

Minhas Frases preferidas desde sempre:

"A felicidade de um amigo deleita-nos.

Enriquece-nos. Não nos tira nada.

Caso a amizade sofra com isso, é porque (ela a amizade)

não existe."

Jean Cocteau

...

"Saudade é a nossa alma dizendo para onde ela quer voltar."

Rubem Alves

Seres Espelhados Espalhando Sonhos e Delírios como eu

Translate

OBSERVAÇÃO NECESSÁRIA

LEITORESAMIGOS, Vocês já devem ter notado que as Publicações no Espelhando são compostas de mais de um item: Um Texto - Uma Can Cão - uma Poesia - IMagens. Deixo claro que: 1- Sou a única responsável pelas publicações 2- e seus conteúdos. 2- OS Itens das Publicações é para que CADA UM AMIGOLEITOR SÓ LEIA O QUE DESEJAR: OU O TEXTO (CON VERSA) OU A POESIA (COM VERSOS) OU OUÇA A MÚSICA (CAN ÇÃO) OU AS IMAGENS (FOTOS). CONTO COM A COMPREENSÃO DE VOCÊS QUERIDOS LEITORESAMIGOS CatiahoAlc.

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Eu Creio Piamente nesse Escrito e sou Grata por saber o Valor do Amor Verdadeiro em minha Vida..


 " Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o sino que ressoa ou como o prato que retine.
Ainda que eu tenha o dom de profecia e saiba todos os mistérios e todo o conhecimento, e tenha uma fé capaz de mover montanhas, mas não tiver amor, nada serei.
Ainda que eu dê aos pobres tudo o que possuo e entregue o meu corpo para ser queimado, mas não tiver amor, nada disso me valerá.
O amor é paciente, o amor é bondoso. 
Não inveja, não se vangloria, não se orgulha.
Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor.
O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade.
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
O amor nunca perece; mas as profecias desaparecerão, as línguas cessarão, o conhecimento passará.
Pois em parte conhecemos e em parte profetizamos; quando, porém, vier o que é perfeito, o que é imperfeito desaparecerá.
Quando eu era menino, falava como menino, pensava como menino e raciocinava como menino. 
Quando me tornei homem, deixei para trás as coisas de menino.
Agora, pois, vemos apenas um reflexo obscuro, como em espelho; mas, então, veremos face a face.
 Agora conheço em parte; então, conhecerei plenamente, da mesma forma como sou plenamente conhecido.
Assim, permanecem agora estes três:
a fé, a esperança e o amor. 
O maior deles, porém, é o amor." 
1 Coríntios 13:1-13

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Samuel Balbinot: SOMBRAS POÉTICAS


SOMBRAS POÉTICAS

Ó sombras fulgurantes de outras eras;
Guiem-me por caminhos infinitos;
Mostrem-me as flores de outras primaveras
Que reinam nos jardins tão mais bonitos!...

Ó sombras das fantásticas esferas;
Tirem minha alma dos lodos malditos;
Dos espaços sombrios... das quimeras;
Tirem-me dos desertos mais finitos!...

Não me deixem sozinho, sombras poéticas...
Nesta solidão que me prende aos anos
Trágicos do fim dos vermes humanos!

Não me deixem ó sombras tão benéficas;
Não quero ficar no mundo sozinho...
Vivendo os anos sem um só carinho!...

22-10-08 SONETO

18/11/12 23:29

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Mesmo em tempos difíceis é imperativo seguir adiante.


Esse é o meu  real pensamento. Pois de nada vai adiantar eu parar, sentar e chorar.
Pois a vida vai seguir da mesma forma sem minha presença, com ou sem minha indignação.
Nasci mulher poeta e chorar ou  sorrir acontece primeiro dentro, onde ninguém tem  acesso para julgar em aprovação ou desaprovação.
Faz um empo que ouço e vejo a tragédia ambiental se espalhar e chegar até aqui e seguir rios e mar a fora ou melhor a dentro, pois a contaminação é além de onde os olhos conseguem ver.
Enquanto o terror também contamina as mentes e os corações com medo e revolta; eu resolvi me seguir
com meu trabalho, pois os livros que eu edito já são história e se caso muitas coisas ruins aconteçam ,
a maior quantidade de obras que eu ajudar os autores  a "parirem" ficarão como legado e patrimônio literário universal e em cada obra mesmo não sendo minha obra, lá esta o meu simplório nome na ficha catalográfica como organizadora e editora. 
Portanto eu faço minha parte na história da humanidade enquanto ela existir, sigo executando o meu trabalho com honestidade, transparência, verdade e arte.
Esse é meu melhor poema e acredito ser perfeito para esse meu momento.

Pequenos Rostos

São tantos pequenos rostos
     São tantos pequenos traços
       São tantos infindos poros
          São rostos alegres ou tristes
              São traços de amor ou ódio
São poros que exalam os odores da vida
São rostos
     São traços
        São poros
           Visíveis
              Presumíveis.
Mas os corações são mistérios enterrados
E as almas prisioneiras invisíveis.
Ah!
    Se...
       Se... se pudesse trazer à tona
            Os corações e as almas...
               E torná-las visíveis
           Presumíveis
             Então o mundo seria diferente
                 Feliz.
                   Com rostos e traços
                         Trazendo pelos poros
                            O restante do bendito
                                   Hálito da vida.
Então...                                                                                                   Seriam...
   Muitos rostos felizes!
     Muitas almas cristalinas
        Muitos traços realçados                        
           Trans... pi... ran... do
                  Res... pi... ran... do
                                VIDA!

Catiaho Alcantara
Texto integrante do livro Reflexo d' Alma lançado em janeiro de 2010

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Carlos Soares Menino Beija Flor: ARA A CARA









FOTO VEIO JUNTO COM TEXTO DO BLOG DO AUTOR

Meu corpo mudou.
A embalagem mudou depois de tantas datas.
Tingi meus sonhos de ouro e os cabelos de prata.
Alguns quilos a mais. Uma ruga aqui e outra ali.
Até a miopia aumentou.
Até o coração mudou um pouco.
Não endurecido, mas precavido.
Mais rouco, menos louco.
Cabelos nos ombros não mais.
Minhas mãos ainda escrevem alegrias e ais.
Quando meus lábios se calam,
meus olhos falam muito mais.
Não, eu não venci o tempo, tampouco perdi.... foi ele que me ajudou.
Obrigado por dizer cara a cara
que nada mudou nos meus olhos
que olham de lado fingindo não enxergar.
É só uma jeito de dizer
que não consigo me ver
de novo no seu olhar  //
postado por Carlos Soares http://gvpoeta.blogspot.com.br/

sábado, 14 de novembro de 2015

Não é Fácil NÂO.

É fácil levar a vida como se o mundo além do nariz da gente não existisse.
Também é fácil fechar os olhos para toda e qualquer tragédia existente ao redor e fazer e de conta que ninguém da gente comete erros, sofre de algum modo, adoece ou  morre.
Aliás é bem fácil fazer caras e bocas, olhar para o lado e até mesmo ignorar tudo que nos fizer sombra de dor ou medo.
Difícil mesmo é encarar a verdade que somos frágeis, que erramos mais que acertamos nessa vida e que viver não é só festa.
Eu por exemplo, sei quanto tempo de vida perdi a cada vez que não aceitei passear ou esquecer o tempo ao lado de quem bem me quer. Hoje nem bem ouço o convite já estou pronta e nem penso duas vezes. Aproveito todo tempo de vida que tenho com qualidade e alegria.
O mundo fervilha em violência.
Nosso país segue mergulhado na nojeira da distorção política e da corrupção.
A natureza se contorce com o mal cuidar da humanidade.
Esse mês o Estado em que eu moro, se já não bastasse a falta de chuvas,  esta agora com rios de algumas cidades coberto de lama.
 A vida de ninguém para, muito menos a minha( ufa!ainda bem).
É como diz o poeta "A vida não para, não para não."
Mas ainda que eu me esforce e tente, a minha poesia não flui, desde ontem depois desse absurdo acontecido na França.
Então, aqui deixo meus sentimentos e minha total e absoluta repulsa a  falta de respeito a Vida, a  falta de respeito ao Outro. Isso tudo somente em favor de ideias facciosas que jamais consideram ou considerarão  as consequências de seus atos.
Não é fácil  viver assim com essa espada no peito, não é não.
Catiaho Alc.
Sábado , 14 de novembro de 2015

domingo, 8 de novembro de 2015

Já fui de tanto jeito... mas com certeza nunca deixei de ser Eu.



Já fui quietinha , caladinha no meu canto.
Já fui envergonhada, escondida em qualquer sombra.
Já me senti perdida, dentro, fora de mim, e só via o mundo girar..
Até cheguei a pedir desculpas ao mundo pelo meu simples respirar.
Não ousava se quer os meus castanhos olhos levantar.
O tempo passou e tal qual uma rosinha
Que hoje tenho aqui hoje na minha janela,
Parece que aos poucos fui assim
De sa bro chan do...
E quando dei por mim
Mulher feita , destemida e vestida de vermelho
Tomei de pronto as rédeas da  minha vida
E ao levantar minha cabeça
Tive a grata surpresa de perceber
Um mundo fervilhante do qual
Sou eu também participante.
Passei a ver muita coisa feia e triste
Vi a Morte por perto passar,
 Porém extasiada  vi a Magia da Vida
me tirar pra dançar e aceite.
Hoje ainda me aquieto pois sei bem o meu lugar
Mas também faço farra e algazarra
Na hora da minha vida eu celebrar.
Como eu fui:
Já é sem dúvida, parte da minha historia.
Como sou: 
É uma historia que feliz estou a contar.
Mas como serei no futuro:
Só vindo comigo para poder de perto testemunhar.
Vem? Garanto: Vai valer á pena!
Ja fui de tanto jeito, sem jeito, mas o que vale é Quem Hoje eu Sou.
 Catiaho Alc. entre sonhos realizados e delírios constantes.
Bjins, abraço e
Feliz nova semana  pra nós todos!
Bjins





sábado, 7 de novembro de 2015

A VIDA É ASSIM: SE EM UNS DIAS A GENTE PERDE; EM OUTROS A GENTE GANHA E TIRA A DIFERENÇA.

Ser feliz é uma escolha e uma questão de aproveitar bem as oportunidades.
Não se esqueçam disso.
Não é uma verdade absoluta, mas sim uma feliz observação.
Otimos dias pra vocês todos e
 bjins e abraço aos amigos mais chegados
que irmãos.
CatiahoAlc



quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Carlos Soares em: e você, como eu ( quem dera)












também quisera,
não me deixasse à espera
ia ser primavera
e não só sonhos e quimeras;
Amor deveras!
Se você quiser como eu quero, com esmero
só um pouquinho mais,
tristezas não mais...
são meras
são meras
são meras.
Se você quiser como eu peço,
nada mais eu peço.
Quem dera...
quem dera...
quem dera...
Carlos - menino beija-flor

.

Ei!

O que estou escrevendo aqui NÃO É PESSOAL E NÃO SE

REFERE A NINGUÉM DA VIDA VIRTUAL E SIM DOS MEUS VIZINHOS

DE BAIRRO, OK?

Escrevo aqui para me expressar somente. Penso que estamos vivendo mais um dia e que devemos ser gratos a Deus e aproveitarmos todo aprendizado que esse dia nos trouxer. Devemos: usar máscara, mesmo os já vacinados , usar álcool gel, lavar as mãos ao chegarmos da rua, deixarmos os sapatos do lado de fora até serem limpos, evitarmos contato físico com pessoas que não vivem no mesmo recinto, evitar viajar (sem ser necessário) viajar a lazer nem pensar, não é hora de lazer, ainda que secos para tal estejamos. Eu ando com muita saudade dos meus amigosafilhados, das minhas irmãs e meu cunhado e de ver minha casa no RJ que está fechada desde janeiro de 2020, quando lá estive. Uma coisa tem me chamado muito a atenção: Parece que já terem sido contaminados e terem sobrevivido e a possibilidade da vacina, já deu a algumas muitas pessoas a ideia de estarem totalmente livres de contaminação, bem como os que já tomaram a vacina e passaram a ficar descuidados. Isso me preocupa muito. Estou reclusa em casa com meu marido e filho caçula há mais de 1 ano, vejo muito pouco meu filho mais velho, esposa e filhas que moram na cidade vizinha. Detesto não me sentir livre para ir e vir e mesmo para caminhar na orla que fica ha 3 ruas da minha casa. Vamos resistir mais um pouco, vamos preservar nossa saúde física e mental o mais que pudermos. Por hoje é o que eu penso; caso entendam que eu esteja errada: me perdoem. Bjins de bons dias a todos. CatiahoAlc.

Postagens mais visitadas

Atua LIz Ações