Web Statistics

Minhas Frases preferidas desde sempre:

"A felicidade de um amigo deleita-nos.

Enriquece-nos. Não nos tira nada.

Caso a amizade sofra com isso, é porque (ela a amizade)

não existe."

Jean Cocteau

...

"Saudade é a nossa alma dizendo para onde ela quer voltar."

Rubem Alves

Seres Espelhados Espalhando Sonhos e Delírios como eu

Translate

OBSERVAÇÃO NECESSÁRIA

LEITORESAMIGOS, Vocês já devem ter notado que as Publicações no Espelhando são compostas de mais de um item: Um Texto - Uma Can Cão - uma Poesia - IMagens. Deixo claro que: 1- Sou a única responsável pelas publicações 2- e seus conteúdos. 2- OS Itens das Publicações é para que CADA UM AMIGOLEITOR SÓ LEIA O QUE DESEJAR: OU O TEXTO (CON VERSA) OU A POESIA (COM VERSOS) OU OUÇA A MÚSICA (CAN ÇÃO) OU AS IMAGENS (FOTOS). CONTO COM A COMPREENSÃO DE VOCÊS QUERIDOS LEITORESAMIGOS CatiahoAlc.

domingo, 28 de fevereiro de 2021

A Vida acontece Hoje, porque o Amanhã só a Deus pertence.


É Hoje

Que o dia vai um novo
colorido ganhar
Para que o relógio as horas não
venha somar

É hoje que meu desejo
valer vai e sem da realidade fugir
em versos vou sim
me transformar

E espalhadada por aí
como o pó do pirlimpliplim
palavras soltas vou
sim espelhar

Mas será hoje e por hoje
porque amanha outro dia será
e de outras prioridades
vou cuidar

Portanto é hoje o dia de a vida
tecida ser toda em retalhos de poesia
e todas as vinte e quatro horas com versos
vou celebrar

É hoje pois é
o tempo que integral 
e intransferivelmente me cabe 
por responder
CatiahoAlc./Reflexod'Alma
entre sonhos e delírios de poesia

IMAGENS
COM A LUZ DA INSPIRAÇÃO DE DIAS DE DOMINGO
QUANDO AINDA TÍNHAMOS NOSSO IR E VIR...
GOSTO DE REVER PARA MANTER ACESA A ESPERANÇA
DE QUE UM DIA VOLTAREMOS A SER DONOS DELE.
Foto tirada em uma manhã em Rio das Ostras,
acordei cedo como de costume fui escrever a beira da piscina.

Registro de um lindo dia em família.
Essa foto já perdeu um componente, e ao longo
ganhou mais dois.


E s gente acordou e resolveu passear...


Em um aniversário meu há 11 anos, fomos comprar
flores para os arranjos de mesa do ano novo.
E para surpresa nós duas ganhamos flores
eu e moça dos olhos da cor da esperança.

Essa imagem não tem preço

Nossas caretas




Aninha olhando o mar e a lua em noite de domingo,
essa imagem será capa de um novo livro meu, anotem.


CANÇÃO
COM LUDIMILA
É HOJE
2 videos da mesma música
cada um com um contexto



quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021

A Vida tão Bela

 



                       
A vida tão bela
Com pressa 
Já passa
Na gente esbarra
Trazendo a razão
Mas vida de poeta
É um pouco de cada jeito
Tem hora que é festa
Tem hora que é só solidão
Prever o imprevisto
Dos que sabem viver
Um dia de cada vez
Sou apenas viajante
De tempo de nome Poesia
Meu verbo é hoje
Essa é minha ousadia
CatiahioAlc./Reflexo d‘Alma 
entre sonhos e delírios

 09291003012
                                                                                                                   26032012 2100TNIR



CANÇÃO COM
OSWALDO MONTENEGRO
A LISTA



CONVERSA

Como eu já disse aqui: tenho trabalhado bastante. 
Procuro começar meu dia com um copo de água fresca e um café forte e sem açucar em seguida vou caminhar descalça na areia, 
na ida vou pela areia seca e na volta pela areia molhada, 
gosto de sentir a água indo e vindo. Essas coisas eu faço 
quase todos os dias independente da lista de trabalho que eu tiver.
Quando o tempo fica nublado eu não arrisco, pois venta e eu já não tenho mais 20 anos... rs
Ontem as seis comecei a seguir meu dia, seguia me aquecendo/alongando e  há 1 rua da minha casa uma senhora
me abordou na calçada pedindo uma informação, imediatamente
recorri a uma outra pessoa que passava para confirmar o que eu dissera a ela, atravessei a rua e preocupada com a senhora
eu ao invés de passar pela rua ou pela rampa eu optei por um degrau, meu celebro não assimilou a mudança de percurso 
e cai de joelho na quina, sim de joelho porque um só bateu 
no degrau. Levantei rápido para não dar oportunidade
de alguém querer me ajudar, detesto chamar atenção.
Sentindo uma dor danada pensei e conversei comigo:- Ou eu volto pra casa ou sigo; voltar? nem sonhando. E segui em frente. Nessa
hora há muitas pessoas caminhando, e até chegar no calçadão, que são mais duas ruas, ainda olharam pro sangue escorrendo no joelho. mas já na praia fui logo no mar, lavei bem e segui a caminhada.
Depois dos 20 anos, depois de uma queda o corpo fica todo
dolorido, mas não deixei nada impedir que nada desse 
meu dia programado fosse modificado. Assim que cheguei em casa, sorrateiramente entrei logo no banho, cuidei eu mesma do estrago, escolhi uma roupa leve que cobrisse os joelhos e saí 
para cumprir as metas do dia que só terminou a noite.
Claro que contei da queda e mostrei o joelho, mas só bem a noite.
Durante o dia choveu, e eu na rua, vim em casa almoçar e
voltei ao trabalho fora de casa, mais chuva, a noite terminei as
tarefas bem cansada, deixei duas para hoje bem cedo
e já as terminei antes de caminhar. O joelho?
 ah ele não doí
porque não foi no osso e sim na pele, arde, mas
poderia ter sido pior o preço da minha desatenção.
Por que estou conversando sobre isso com vocês?
Para deixar realçado que independente de ajudarmos alguém, não
devemos perder nosso foco, para ajudar a moça eu me distraí
e atravessei a rua onde nunca atravesso. E que mesmo que 
sejamos surpreendidos por imprevistos; nada deve
nos fazer desistir de nossos objetivos. Adiar talvez se necessário, mas desistir NÃO.
Bons dias para todos nós, como diz o slogan do trabalho dos meus filhos os Irmãos Kyosky's: "O Impossível é a nossa prática".
Bjins
CatiahoAlc.
Esta foto foi tirada na cidade de Penedo/RJ
                                                        Esta foto foi tirada em Penedo/RJ, 
                                           durante um passeio maravilhoso nossos amigosfilhados



domingo, 21 de fevereiro de 2021

Fruto novo chamado ESPERANÇA


Ar novo que oxigena o todo
 renovando;
som ecoando preenchendo 
o vazio 
de cores formando arco-íris 
no céu 
após tempo tão incerto.
 Noite de céu estrelado com brisa 
refrescando.
Lua cheia no céu depois de tarde 
de sol e calor 
intenso ; 
dia novo no horizonte 
após 
madrugada cinza
 Eis 
que assim a vida se mostra 
descortinada 
depois de ausência tão 
prolongada, 
simples encanto de encontro sutil 
rápido 
porém tão impregnado 
não 
somente dessa saudade 
doída;
mas de esperança de dias 
cheios 
dessa nova florada que anuncia 
fruto novo 
após essa espera que ate 
parece
não ter mais 
fim; 
mas tem 
sim
CatiahoAlc./Reflexod'Alma
 2304131209





CANÇÃO
Essa canção é meu registro da saudade intensa
que tenho do meu ir e vir e
que segue apertando a cada instante.
Saudade de viajar para ver, estar e abraçar minha família.
Saudade muita de viajar para ver, abraçar e ficar junto
sem compromisso com meus amigosafilhados.
CANÇÃOAMIGO É CASA
ZELIA DUNCAN E SIMONE  


_______________________________________

IMPORTANTE NÃO ESQUECERMOS ESSA


                                             Conversa

Aproveito esse tempo de recesso para visitar 
queridos amigos leitores em seus Blogs  e deixar aqui
uma nota que responda a 2 perguntas: 1- como se pronuncia meu nome? Respondendo: - Catiarrô, mas escreve-se Catiaho.
Pergunta 2 - Por que administro tantos
Blogs e qual deles é de maior expressão?
Ao longo da minha vida envolvida com a
Palavra, entendi que transito em muitas vertentes
na minha escrita; então fui concebendo Blogs em
linhas diversificadas. Cada Blog é um Projeto
de Livro já lançado e com a edição esgotada
ou um Projeto de Livro que ainda será lançado.
Como defino a atualização de cada um? De acordo
com a minha intuição, inspiração e tempo. 
Não escrevo nem visito ou comento em Blogs por obrigação
e sim porque aprecio essa forma de escrita e de leitura.
Lógico que amo primeiramente a leitura de livros em papel.
Abaixo deixo uma lista por ordem de criação dos Blogs
e de movimentação:
 Blog Reflexo d'Alma 
Que é meu espaço original e foi através dele que 
percebi a necessidade se separar os assuntos.
Este é de Poesia:
https://reflexodalma.blogspot.com/

Blog Espelhando e Espalhando Amigos
Este é meu Blog atualizado com mais frequência e 
que já abrigou mais de 20 autores nos dias de domingo  
na Maratona Poética. Com  esse espaço tenho o ideal
de chegar a um  formato de uma Revista eletrônica: ou seja a cada publicação trago alguns assuntos para que os amigos leitores 
escolham ao longo da publicação o que desejam ler (textos), 
ouvir (canções) ou imagens (fotos): cada um lê ou
vê o que lhe for de gosto.
https://reflexosespelhandoespalhandoamigos.blogspot.com

Blog Frases em Reflexos
Este se atem a frases para nossa inspiração no dia a dia:
http://frasesemreflexos.blogspot.com

Blog Vermelho
Entendendo que nem todos apreciam textos mais
excitantes, criei esse. Quem desejar é só vir aqui:
http://meusreflexoscontostextoseafins.blogspot.com

Blog Deles&Delas
Este é o meu espaço caçula onde busco trazer textos
que alimentem nossa mente e criatividade em
assuntos não eróticos, mais perto desse assunto:
https://delasdelesouviceversa.blogspot.com

Podem ainda me perguntar: - Mas Catiaho, esses são todos?
Não, não são todos, tenho uma longa lista, até porque
tenho vários livros lançados tanto sozinha quanto com
outros autores. Pois além de amar LER E ESCREVER,
tenho a alegria e a opção de ser Editora e representante 
de um Selo Editorial: Parceria&Poesia
Bjins de afeto e de gratidão
CatiahoAlc.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2021

"UM SOL NO NASCEDOURO. UMA ÁGUA DE COCO E NADA MAIS."


 


Acordou muitas vezes naquela noite até que, cansada, decidiu levantar-se. 
Jogou uma água no corpo,  fez café, que tomou junto à janela que dava para a rua,
vestiu um short com o forro dos bolsos aparecendo,  amarrou na cintura uma blusinha curtinha e foi caminhar.  Andou a esmo por uma hora e meia, duas horas até um quiosque aonde parou para uma água de coco. 
O sol mal saíra das fraldas quando chegou ao quiosque.
Sentou-se a contemplar as ondas ralas se esparramando
na areia até onde estavam os foliões que saiam do baile para uma cerveja.
Para ela tanto fazia o que eles fizessem por ali se o mais importante
era o que achava da própria vida. Fugindo aos olhares furtivos
voltou os pensamentos ao que a levara até aquele lugar.
E pensava, não como uma mulher como as outras, mas como mãe,
como esposa e avó, que vinha sendo. 
Vida de conselheira, empregada e amante do próprio marido
com quem se casara há séculos. Pagou a despesa e saiu caminhando pela areia que o sol começava a esquentar.  Caminhou com pensamentos  de carrasco em
relação ao mártir. Café na mesa, almoço pronto, casa limpa, tudo à (tempo) e à hora. 
E se tudo está pronto, como há anos nunca deixou de estar, por que incomodá-la com assuntos banais?
Quanto a sua vida...
Ah! O que importa se na vida de uma dona de casa o que interessa
é o resultado de suas obrigações?
– Pensava olhando os pés  que nem pegadas deixavam. 
Nunca olhara na cara de um homem que não fosse o seu
e até os amigos do marido tinham por ela o respeito que merecia,
mesmo que não fosse o que ela desejasse que tivessem por ela, mas enfim...
era a esposa do amigo deles.  
Um beijo quente e doce, 
uma amasso mais arrojado, 
uma tapa na mão boba, como dava na dos namorados 
audaciosos e nada mais. 
Nada mais se lembrava e nem mesmo o sabor que tinha os beijos roubados se lembrava mais. Com os olhos perdidos no nada foi que ela pensou em beber naquela fonte.
 Não foi e não era um sonho ou uma fantasia, mas,
por que não provar antes que ela secasse? 
Por que não alugar uma fantasia, cobrir sua cara e beijar as bocas que ela escolhesse,
se entregar aos arrojos mais intensos para acordar no dia seguinte com cara de,
quero mais? 
O sol ardia na pele quando se decidiu por viver um vez que fosse
o que a vida lhe havia negado e na manhã do dia seguinte o marido
abriu a porta do quarto e a encontrou nos braços de um folião.
O grito que deu por ela não ter feito o café até aquele momento,
 foi tão alto que ela acordou.  Pulou da cama e foi ao banheiro aonde,
pensando no sonho, lembrou que nem o nome do homem o amante deixou.

             silvioafonso  

                                              
CANÇÃO
O BEM E O MAL
DANILO CAYMMI



IMAGENS DO MEU JARDIM









Muitas vezes


Viver poesia é algo tão simples
Bastar fechar os olhos e sonhar
Outras vezes basta abrir os braços
E viver

Mas tem gente tão complicada
Precisa de sofrimento
Duvidas culpas  perdões
E amarras

Mas  vejo a vida assim não
Preciso de nada disso não
Necessito só viver 
Em paz

Mas primeiro paz comigo
Depois com o outro
Respiro melhor assim
E prossigo

Mas não vivo sozinha no mundo
A vida com paz não depende somente de mim
Ser feliz  e viver me é simples assim
Pura poesia

CatiahoAlc../ Reflexo d'Alma 
2304 2204011

domingo, 14 de fevereiro de 2021

Conversa - Poesia - Canção e Imagens


                                             Conversa

Aproveito esse tempo de recesso para visitar 
queridos amigos leitores em seus Blogs  e deixar aqui
uma nota que responda a 2 perguntas: 1- como se pronuncia meu nome? Respondendo: - Catiarrô, mas escreve-se Catiaho.
Pergunta 2 - Por que administro tantos
Blogs e qual deles é de maior expressão?
Ao longo da minha vida envolvida com a
Palavra, entendi que transito em muitas vertentes
na minha escrita; então fui concebendo Blogs em
linhas diversificadas. Cada Blog é um Projeto
de Livro já lançado e com a edição esgotada
ou um Projeto de Livro que ainda será lançado.
Como defino a atualização de cada um? De acordo
com a minha intuição, inspiração e tempo. 
Não escrevo nem visito ou comento em Blogs por obrigação
e sim porque aprecio essa forma de escrita e de leitura.
Lógico que amo primeiramente a leitura de livros em papel.
Abaixo deixo uma lista por ordem de criação dos Blogs
e de movimentação:
 Blog Reflexo d'Alma 
Que é meu espaço original e foi através dele que 
percebi a necessidade se separar os assuntos.
Este é de Poesia:
https://reflexodalma.blogspot.com/

Blog Espelhando e Espalhando Amigos
Este é meu Blog atualizado com mais frequência e 
que já abrigou mais de 20 autores nos dias de domingo  
na Maratona Poética. Com  esse espaço tenho o ideal
de chegar a um  formato de uma Revista eletrônica: ou seja a cada publicação trago alguns assuntos para que os amigos leitores 
escolham ao longo da publicação o que desejam ler (textos), 
ouvir (canções) ou imagens (fotos): cada um lê ou
vê o que lhe for de gosto.
https://reflexosespelhandoespalhandoamigos.blogspot.com

Blog Frases em Reflexos
Este se atem a frases para nossa inspiração no dia a dia:
http://frasesemreflexos.blogspot.com

Blog Vermelho
Entendendo que nem todos apreciam textos mais
excitantes, criei esse. Quem desejar é só vir aqui:
http://meusreflexoscontostextoseafins.blogspot.com

Blog Deles&Delas
Este é o meu espaço caçula onde busco trazer textos
que alimentem nossa mente e criatividade em
assuntos não eróticos, mais perto desse assunto:
https://delasdelesouviceversa.blogspot.com

Podem ainda me perguntar: - Mas Catiaho, esses são todos?
Não, não são todos, tenho uma longa lista, até porque
tenho vários livros lançados tanto sozinha quanto com
outros autores. Pois além de amar LER E ESCREVER,
tenho a alegria e a opção de ser Editora e representante 
de um Selo Editorial: Parceria&Poesia
Bjins de afeto e de gratidão
CatiahoAlc.


Viver com Atitude e sem Amarras


É dia de sol
Dia de luz
Dia de paz
Sem amarras
Vou caminhar sem sapatos
Gritar se der vontade
Dizer que amo sem reservas
Escutar a canção que quiser
Decidir se quero seguir ou ficar parada
Fechar os olhos e deixar o mundo girar a meus pés
Pois ser feliz é juntar um pouco disso 
Com mais um pouco daquilo
E muito de amor próprio
Com o dobro de liberdade
Celebro a Deus por existir
E a mim mesma por amar viver
E vivo encantada de verdade
Vem
Venham todos pra ciranda maravilhosa do viver
Quero todos que quero bem
 Junto 
Perto
Sem amarras
Mas sempre dentro desse coração
 Que vive em chamas 
Sempre
A vida é bela dessa forma assim
Livre
Aeeee!!!
CatiahoAlc./Reflexod'Alma
entre sonhos e delírios

CANÇÃO E VAMOS A LUTA COM GONZAGUINHA






quarta-feira, 10 de fevereiro de 2021

SAPATADA - Nesse Tempo



Cornélio era um amigo dos tempos de escola e segundo ele próprio me disse era muito azarado com as garotas, até conhecer Geni.  Com ela Cornélio namorou, noivou e se casou antes de sumir do nosso convívio.  Geni, a mulher com quem teve seus filhos,  era uma garota bonitinha, boa filha e muito bem comportada. Jamais fora vista aos beijos e abraços com quem quer que fosse. 
Nada se podia dizer contra a sua conduta. Essa era Geni, a mulher que encantou e levou Cornélio para o altar e para longe do nosso convívio. 
Na semana passada esse cara, depois de tantos anos, apareceu no pedaço e como eu estava saudoso das suas conversas o convidei para umas cervejas  num  barzinho ali perto.  Depois de três caipirinhas e  nem lembro mais quantos chopes,  Cornélio se entregou. 
Confessou que  a mulher, com quem teve quatro filhos,  é sapatão.  
– Mas como  assim, sapatão,  se vocês tiveram esses filhos lindos, que pelo tempo as meninas já devem estar moças e o menino um rapagão, como você mesmo falou assim que chegou?
 – Eu disse pra ele.  Foi  quando me  disse que as filhas,  assim como a mãe delas, também eram gays. 
 Aí, brincando, eu perguntei se na casa deles ninguém gostava de homem.  
Então o Cornélio, abaixando a cabeça me disse que tinha, sim.  O filho dele.  O filho dele gostava.  
 Na hora me deu vontade de rir.  Aliás, eu nem sei se a vontade era de rir ou de chorar já que enxugava os olhos com as costas da mão enquanto falava. 
E terminou dizendo que tão logo tomou conhecimento do fato arrumou suas coisas e veio morar num hotel.Depois de ouvir o que disse não me ocorreu ideia melhor do que a de pedir ao garçom duas cachaças bem caprichadas.  
Levantei a minha num brinde e a tomei em duas goladas.  Cornélio, que eu nunca viu bebendo cachaça, esvaziou a dele num gole só.
O garçom, a quem me lembro de ter dado uma boa gorjeta, nos arrastou para um táxi que nos levou para minha casa aonde, aos trancos e barrancos entramos para dormir. 
O sol ia alto quando me levantei. 
Na sala Cornélio, de cuecas, roncava e babava na minha poltrona.  
Tinha uma perna encolhida sobre as almofadas e a outra do lado de fora de onde estava deitado. 
No banho foi que eu me toquei do risco que tinha corrido levando esse cara pra minha casa; vai que o “maluco”, que viveu tantos anos com aquela mulher e os filhos, talvez, sei lá,
 pudesse arranjar uma desculpa e querer dormir no meu quarto, comigo...
 Imagina ele, com aquela cueca de oncinha rasgada no rego estirado na minha cama, imagina.
Silvio Afonso
Palhaço Poeta

                           CANÇÃO SAMBA DA BENÇÃO COM                                                                  VINICIUS DE MORAES


Nesse Tempo

Eu não quero nem prosa e nem verso
Quero apenas em palavras
Meu coração derramar

Não quero saber nem de pontuação
Quero mesmo é me envolver
Sem a necessidade de dar explicação

É bem nesse tempo
Que a hora é o agora
E vamos seguindo vivendo a paixão

Como bem já diz a  canção
Quem sabe faz hora
E assim sigo como manda meu coração

CatiahoAlc./Reflexod'Alma




domingo, 7 de fevereiro de 2021

Passeio por PROSA EM VERSOS e algumas PRAÇAS


MENINA DOS OLHOS TRISTES

Ainda na adolescência rabiscava os seus primeiros versos.
Rimava palavras e pensamentos e entre sonhos e delírios,
escreveu o primeiro livro.
Vivenciou o amor com o primeiro namorado e entre pontos e vírgulas,
formou sua família, criou seus filhos.
Os versos cresceram embasando novos paraísos,
forjando vida e morte criando tramas na ficção e romance na realidade.
Seus proventos advieram da literatura que antes era um passatempo,
uma forma de expressar os sentimentos da menina que amava o vento,
as flores e agora se entrega ao mar, às águas que lhe banham os pés
toda vez que o procura para as suas queixas ou novas inspirações.
Mar de amargura, onde chora as suas tristezas e de alegria ao partilhar
as suas aventuras. Entre aspas, parênteses, sonhos e delírios.
Entre as flores, as dores, entre as pessoas, mesmo que pra ficar sozinha.
Entre e bate a porta, entre as rochas, entretanto, entremente,
na vida da gente. Passam as horas, e o tempo passa.
Arrasta os versos, as poesias, os contos de todos os dias.
Suas lágrimas empoeiradas, secas de tempos atrás, não choram mais.
Olhos arregalados no futuro, livros rascunhados, um, dois,
as vezes mais, embaixo do braço para editar com grossas capas,
personagem com outros nomes, outras histórias,
pois as suas ficaram estampadas na alma, cujo corpo luta para
manter-se ativo, belo, vivo,
como antes vivia a menina dos versos rimados,
que ficou pra trás. 
Silvio Afonso
Palhaço Poeta


CANÇÃO A PRAÇA COM RONNIE VON


CONVERSA
Nosso conversar hoje será a respeito de PRAÇAS.
Moro bem perto de uma e aprendo muito com tudo que vivencio dia a dia.
Esta praça da foto é de uma linda praça na cidade de Nova Friburgo/RJ. Espero que apreciem o passeio e caso comentem, se desejarem citem uma praça que vocês gostam. Tenho lindas histórias vividas ali ao longo da minha vida. 
CatiahoAlc,


AO PASSEIO

As 5 praças mais charmosas do mundo

Elas são o lugar perfeito para sentar e  saborear um café, 
comprar produtos frescos nos mercados locais ou simplesmente admirar a arquitetura. 
Hoje a equipe do Holiday Lettings revela ao Love and Road todos os detalhes das praças mais charmosas do mundo.
Photo credit: Mark Rowland (license) Flickr.com


De manhã caminhe pela praça Djemaa el Fna no coração da medina e você será cativado pelos encantadores de serpentes e macacos malabaristas. O dia vai passando e os mágicos, 
os contadores de história e os vendedores de produtos naturais se transformam na atração principal.
 Quando a noite chega,  centenas de barracas de comida tomam a praça – o tagine e cuscus são deliciosos.
Caminhe até o labirinto dos Souks para tomar uma chá de menta e explorar a área.
 Enquanto isso os artesões lidam com as faíscas e o trabalho manual de transformar o cobre em luminárias.
 Prove o verdadeiro safrão no bazar de especiarias Kasbah e depois vá ao Semmarine Souk para comprar
 deliciosas olivas, sapatilhas de Aladin e tapetes mágicos. 
Para encerrar relaxe em um hammam ao delicioso aroma dos oléos feitos de flores de laranja. 



A Plaza Mayor tem sido o coração da cidade há mais de 250 anos. Construída para ser uma arena de tourada,
 a plaza que data do século 17 é uma das praças mais bonitas da Espanha. A arquitetura barroca vai te deixar 
de queixo caído.  No entardecer a iluminação dá um brilho especial a praça, grupos de musica tradicional
 agitam o espaço, e o burburinho continua até o amanhecer.
Seja nos primeiros raios de sol da manhã ou no dourado do pôr do sol, Salamanca tem uma energia mágica. 
A praça é feita de pedras de sandstone esculpidas na época de ouro da Espanha. Estude as referências
 bíblicas nas igrejas, aprecie os anjos e gárgulas que estão sobre você e tente achar o sapo da sorte 
que fica escondido no portal da universidade.

Grand Place em Bruxelas, Bélgica
Você vai sentir que mergulhou num livro de história medieval quando ver essa incrível praça do século 15. 
Observe o prédio da prefeitura, a torre em estilo gótico que domina a paisagem e as casas ao redor 
com uma decoração espetacular. Em agosto prepare-se para admirar o tapete de flores feito com mais de 700 mil begônias, 
todas perfeitamente organizadas para criar grandes desenhos.
A cidade não é apenas mariscos, cerveja, waffles, batata frita e chocolate (embora tudo isso seja uma delícia!). 
Vá ao topo do Atomium com 102 metros de altura, uma âtomo feito de aço e cromo em um tamanho gigante. 
E depois que tal visitar  o Museu de Comic Books? 
Mais de 5mil desenhos originais e uma sessão especial dedicada a TinTin.
 
Piazza Navona em Roma, Itália
Por acaso essa praça é um museu a céu aberto? As cafeterias são super estilosas, 
as sorveterias irresistíveis e a arquitetura espetacular. Com fontes fabulosas – dê uma olhada 
na Fontana dei Quattro Fiumi, de Bernini – palácios chiquérrimos e prédios decorados que circundam a praça. 
Piazza Navona é o cenário perfeito para você saborear até a última gota do seu espresso.
História, gênios mundiais e o calor do sol de verão fazem de Roma um dos melhores lugares do mundo para visitar. 
Caminhe pelo Forum Romano, aprecia a magnitude do Coliseum. Saboreie os dias da sua viagem com cremosos 
cappuccinos, massas de dar agua na boca e bares com vinhos de primeira. Bellissimo!!



O coração e alma da Rússia, a incrível Praça Vermelha é onde ficam os prédios mais
 icônicos do país, o Kremlin e a Catedral de Santo Basílio. Com domos, torres gigantes e paredes 
imensas de tijolo vermelho, é sinônimo de opulência e poder. 
Se você quiser pode até visitar o corpo de Lenin no mausoléu que fica na praça.
Ali por perto, o mercado Vernisazh tem uma infinidade de bonecas, arte em laca e marchetaria. Aprecie a arquitetura Soviética fazendo um tour nas estações de mêtro. E que tal uma apresentação do Bolshoi para encerrar a noite perfeita? O auditório de apresentações existe há mais de 235 anos e é perfeitamente romântico.
FONTE:
https://loveandroad.com/pt-br/pracas-mais-charmosas-do-mundo/




segunda-feira, 1 de fevereiro de 2021

Perder-se em Bibliotecas Incríveis ao Som de Caetano

                                        


COM VERSOS

Perder-se para encontrar o saber

Leitura e Palavras
Esse conjunto pode muita a vida transformar
Pois em cada livro muitas lições
Sem dúvida vamos sempre aprender

Aprecio sempre as capas
O formato e o assunto
Que sempre acabo 
Por me envolver

E quando os vejo todos juntos
Nas estantes em um só lugar
Me emociono de tal forma
Que quase sempre me ponho a chorar

Cada Biblioteca é um universo
Um lugar sem fronteira que emana saber
Feliz é o que se permite
Dentro de uma se perder 
Catiaho Alc./Reflexod'Alma


CONVERSA
Sou envolvida com a 
PALAVRA desde menina, como já citei ao 
longo da vida. Minha mãe lia muito, 
mas nunca  me mostrou um livro ou 
uma revista ou sugeriu que eu lesse. 
Eu que era curiosa (era porque não sou mais) 
aprendi onde ela escondia (em baixo do colchão) 
e de forma muito sorrateira pegava um 
de cada vez e lia escondido e com pressa. 
Para passar a escrever foi um pulo e 
por toda vida escrevi e guardei. 
É verdade que joguei muito escrito 
fora até meus 27 anos, mas dai em diante 
entendi o que é literatura e parei de 
descartar meus escritos, exceto os pessoais. 
Quando fui para uma escola que tinha biblioteca, 
isso à partir da 5ª série, lá era meu lugar preferido; 
e aí então eu lia sem parar, tanto lá quanto 
levando livros para ler em casa. 
Durante a vida escolar os Sescs me foram 
e ainda são referência  para essa minha  
paixão: Bibliotecas! 
No centro do RJ frequentei a Biblioteca 
Nacional (que é incomparável!), SBT 
(biblioteca de assuntos ligados a teatro), 
CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil). 
Por essa minha paixão é que depois de encontrar
 uma matéria sobre Bibliotecas decidi expor
 algumas aqui. 
Espero que apreciem. 
                               Catiaho Alc.


Algumas Bibliotecas Incríveis
SUÍÇA — Manuscritos com iluminuras do 
século 9 e o primeiro projeto arquitetônico 
desenhado em pergaminho são apenas 
alguns dos tesouros literários da resplandecente, 
e barroca, Abadia de St Gallen. 
FOTO DE HEEB/LAIF/REDUX

1. Biblioteca Nacional de Praga, República Tcheca


Em estilo barroco (FOTO: WIKIMEDIA COMMONS)

A Biblioteca do Trinity College, localizada 
em Dublin, é a maior biblioteca da Irlanda. 
A biblioteca tem mais de 4,5 milhões de 
volumes de livros. 
Suas maiores atrações são a Old Library, 
biblioteca com 200.000 volumes decorada com 
bustos de acadêmicos, a harpa mais antiga 
da Irlanda e o Livro de Kells.
3. Biblioteca Nacional do Brasil, Rio de Janeiro
O hall da biblioteca, construído em 
1776 para projetos do arquiteto Joseph Hueber, 
tem 70 metros de comprimento, 
14 metros de largura e 13 metros de altura e 
é a maior biblioteca de mosteiros do mundo. 
Contém 70.000 volumes 
de todo o acervo do mosteiro de 200.000 volumes.
 O teto consiste de sete cúpulas, decoradas
 com afrescos de Bartolomeo Altomonte,
 mostrando as etapas do conhecimento humano 
até o ponto alto da Revelação Divina. 
A luz é fornecida por 48 janelas e 
é refletida pelo esquema de cores original 
de ouro e branco. A arquitetura e o design 
expressam os ideais do Iluminismo.
5. Biblioteca da Abadia de St. Florian, 
Áustria.
A construção da ala da biblioteca foi iniciada 
1744, por Johann Gotthard Hayberger. 
A biblioteca dispõe de cerca de 130.000 
volumes, entre muitos manuscritos. 
A galeria contém numerosas 
obras dos séculos 16 e 17, 
mas também algumas obras do
 medieval-tardio da Escola Danúbio, 
particularmente por Albrecht Altdorfer.

6. George Peabody Library - Baltimore, Estados Unidos
(FOTO: WIKIMEDIA COMMONS)

A Biblioteca George Peabody está 
localizada no campus da Peabody em Mount 
Vernon Place, na cidade de Baltimore, 
Maryland, EUA. Inaugurada em 1878,
 é reconhecida pela sua impressionante 
arquitetura interior. A biblioteca é composta
 por uma coleção de referência contendo 
mais de 300.000 títulos, a maioria dos quais
 datam do período entre os séculos XVIII e XX. 
Entre as áreas mais importantes estão as 
coleções de arte, arqueologia e arquitetura 
britânica, história britânica e americana, 
biografia, literatura inglesa e americana, 
línguas românicas e da literatura, clássicos 
gregos e latinos, história da ciência, geografia,
 além de livros sobre exploração e viagens,
 incluindo uma grande mapoteca.

7. Handelingenkamer - Haia, Holanda
Antiga biblioteca do Ministério da Justiça (FOTO: WIKIMEDIA COMMONS)

A Antiga Biblioteca foi construída no 
século XIX e, como não havia eletricidade, 
o teto foi construído com uma cúpula de vidro 
com chumbo para permitir o máximo de luz 
possível. Embora a biblioteca tenha quatro andares, 
a luz passa pelo térreo devido às escadarias
 e balaustradas abertas de ferro fundido.

8. Biblioteca Nacional Austríaca - Viena, Áustria
Sala imperial

A Biblioteca Nacional Austríaca, 
localizada em Viena, foi fundada na 
Idade Média pelos Habsburgos e 
chamada de Biblioteca do Tribunal de Justiça
 até 1920. 
Com mais de 7,4 milhões de registros, 
é uma das mais ricas biblioteca da Áustria.
 Contém o depósito legal, a bibliografia nacional, 
o depósito de trabalhos acadêmicos, 
e também grandes coleções de incunábulos, 
mapas e atlas confeccionados em papiro 
e escritos em línguas artificiais, 
para além de vários documentos inconográficos.

9. Biblioteca Beinecke de Livros Raros 
e Manuscritos da Universidade de Yale - Connecticut, Estados Unidos
(FOTO: ERZA STOLLER/ESTO)

Inaugurada em 1963, a biblioteca é conhecida 
por sua fachada de mármore translúcido e pela 
torre envidraçada protegendo os renomados 
livros mundiais — um arranjo dramático 
resultante das exigências particulares de 
um conjunto de artefatos literários. 
Este projeto único, muito na linhagem 
modernista, mas em contraste com 
os estilos revivalistas do restante do campus 
de Yale, apenas tornou-se apreciado 
graças à passagem do tempo; 
as mesmas escolhas ousadas que hoje são 
celebradas, foram vistas como causa de 
desprezo e críticas.

10. Bibliothèque Nationale de France 
- Paris, França
(FOTO: WIKIMEDIA COMMONS)

A Biblioteca Nacional de França destina-se 
a ser o repositório de tudo o que é 
publicado na França. 
Projetado pelo arquiteto Labrouste, 
o edifício foi construído em uma armação de ferro.
 O espaço mais notável é a sala de leitura, 
povoada por finas colunas com os seus 
capitéis coríntios e cúpulas com 
claraboias envidraçadas que, elevando-se 
a mais de nove metros do solo, são o meio 
difusor de luminosidade no interior da sala.

11. Biblioteca Joanina - Coimbra, Portugal
(FOTO: WIKIMEDIA COMMONS)

A Biblioteca Joanina é uma biblioteca do 
século XVIII situada no Palácio das Escolas
 da Universidade de Coimbra, no pátio 
da Faculdade de Direito da Universidade 
de Coimbra. 
Apresenta um estilo marcadamente barroco, 
sendo reconhecida com uma das mais
 originais e espetaculares bibliotecas
 barrocas europeias. Além de local de 
pesquisa de muitos estudiosos, o espaço
 é ainda frequentemente utilizado para 
concertos, exposições e outras manifestações
 culturais.
 Fonte desta Matéria/Publicação: Editora Contexto Mar 25, 2009
https://medium.com/@editoracontexto/25-bibliotecas-mais-incriveis-do-mundo-4db5c8474ebf  


CANÇÃO COM CAETANO VELOSO





.

Ei!

O que estou escrevendo aqui NÃO É PESSOAL E NÃO SE

REFERE A NINGUÉM DA VIDA VIRTUAL E SIM DOS MEUS VIZINHOS

DE BAIRRO, OK?

Escrevo aqui para me expressar somente. Penso que estamos vivendo mais um dia e que devemos ser gratos a Deus e aproveitarmos todo aprendizado que esse dia nos trouxer. Devemos: usar máscara, mesmo os já vacinados , usar álcool gel, lavar as mãos ao chegarmos da rua, deixarmos os sapatos do lado de fora até serem limpos, evitarmos contato físico com pessoas que não vivem no mesmo recinto, evitar viajar (sem ser necessário) viajar a lazer nem pensar, não é hora de lazer, ainda que secos para tal estejamos. Eu ando com muita saudade dos meus amigosafilhados, das minhas irmãs e meu cunhado e de ver minha casa no RJ que está fechada desde janeiro de 2020, quando lá estive. Uma coisa tem me chamado muito a atenção: Parece que já terem sido contaminados e terem sobrevivido e a possibilidade da vacina, já deu a algumas muitas pessoas a ideia de estarem totalmente livres de contaminação, bem como os que já tomaram a vacina e passaram a ficar descuidados. Isso me preocupa muito. Estou reclusa em casa com meu marido e filho caçula há mais de 1 ano, vejo muito pouco meu filho mais velho, esposa e filhas que moram na cidade vizinha. Detesto não me sentir livre para ir e vir e mesmo para caminhar na orla que fica ha 3 ruas da minha casa. Vamos resistir mais um pouco, vamos preservar nossa saúde física e mental o mais que pudermos. Por hoje é o que eu penso; caso entendam que eu esteja errada: me perdoem. Bjins de bons dias a todos. CatiahoAlc.

Postagens mais visitadas

Atua LIz Ações