Minha Frase preferida desde o mes de julho de 2013

"A felicidade de um amigo deleita-nos. Enriquece-nos. Não nos tira nada. Caso a amizade sofra com isso, é porque (ela a amizade) não existe." Jean Cocteau

Parceria&Poesia

Translate

domingo, 15 de julho de 2018

Tempo Novo

Essa foto é uma homenagem a esses 2 amigos lindos no dia
que nos conhecemos Marcelo (Canadá) e Alfredo (MG)
Eu estou vivendo um tempo bom.
Um tempo sem atropelos ou frustrações; comigo com o outro ou com os  outros .
Vivo em um lugar que gosto e que me dá prazer acordar  nas manhãs e olhar pela janela,  ver lá fora as pessoas indo e vindo. Elevando minha cabeça constato estarem lindas as flores sob meus cuidados. Meu amigoafilhado afirma estar Eu velha, pois converso com plantas, minhas orquídeas e agradeço por me presentearem com a flora de cada vez.
Nesse momento tenho 5 delas com pendões lindos se espichando momento a momento.
A família segue seu rumo dia a dia, cada um na sua sina. 
As crianças crescem e nos alegram com seu desenvolvimento natural.
Com os amigosafilhados, mantemos acesa a chama da amizade, do afeto amor que nos deixa com saudade planejando quando acontecerá o próximo encontro.
Já do passado não sustento lembranças, quero mesmo alimentar a qualidade do tempo chamado presente.
Na vida profissional estou passando do rascunho escrito a mão desde 2008 para o arquivo o meu próximo livro. Um projeto bonito que resolveu ser hora de ser editado e de dividi-lo com o mundo. Faz tempo que não publico nada solo,  somente meu. A cada página passada a limpo eu me lembro de como foi escrever na papel e contei pro meu Mestre na escrita o quanto foi emocionante terminar a digitação da 1ª historia. Eu disse a ele que ele riria, mas eu contaria assim mesmo. Eu contei e ele riu mesmo! Foi bom ter noção antecipada da reação dele. 
Desejo muito que esse livro cause impacto em quem passar os olhos por minhas letras.
Deixa eu explicar algo: Eu adotei como Mestre na escrita a única pessoa que não contestou meu modo de me expressar na escrita, mas ao longo do tempo da conquista da minha confiança me explicou pequenos detalhes de uma escrita publicada. 
Orientação 1: 
Escreva pra você.
Leia pra você: 1, 2, 3, 4 e na 5ª vez releia em voz alta e só então publique.
Isso foi difícil, foi e é pois o dedo tem pressa de apertar o enter.
Eu sempre escrevi bem.
Sei organizar as idéias.
Mas eu errava usando as publicações para por pra fora sentimentos guardados.
Isso me dava uma impressão externa de ter um emocional instável. E depois do enter apertado: não dá pra voltar atrás e desfazer. 
Eu continuo errando, mas estou 1 por cento melhor.
Orientação 2: Presta atenção nos espaços entre as palavras e entre a pontuação.
Isso eu tenho exercitado e tem dado certo.
Tive algumas pessoas que me chamavam atenção, me davam bronca e faziam me sentir humilhada. Entretanto nunca me disseram  o que eu precisava prestar mais atenção.
Quando precisei por no lugar a pessoa certa Ela já havia era parte da minha vida e da minha escrita. Ela já havia me mostrado pelo menos essas duas orientações.
Pensei: Ah era isso? Porque não me disseram antes de bagunçar minha cabeça? Mas Ele disse e Eu procuro observar para errar menos, pelo menos nesses dois pontos.
Por tudo isso estou vivendo um tempo bom e vim compartilhar esse meu sentimento de vida aqui com vocês amigos da Blogsfera.
Pensamento meu: "Nem sempre quem nos afronta apontando nosso erros quer nosso bem, querem na verdade sim exercer poder e domínio sobre nós e sobre nossas ideias. 
Quem quer nosso bem faz como aconteceu e acontece: Ela aponta sutilmente  a direção e aguarda o amadurecimento no tempo certo da razão. Eu percebo o apontar, me calo e no tempo certo exercito."
OBS PERTINENTE: NESSE TEMPO NOVO ME PERMITO QUE ESTE TEXTO DEVA CONTER OS ERROS QUE CITEI, MAS ESTOU RELAXADA E NÃO QUERO CORRIGIR,TA BÃO?
CatiahoAlc./ReflexodAlma
"O amigo não é o que vem à sua festa,
mas o que fica para a limpeza." silvioafonso


Pequenos Rostos


São tantos pequenos rostos
     São tantos pequenos traços
       São tantos infindos poros
          São rostos alegres ou tristes
              São traços de amor ou ódio
São poros que exalam os odores da vida
São rostos
     São traços
        São poros
           Visíveis
              Presumíveis.
Mas os corações são mistérios enterrados
E as almas prisioneiras invisíveis.
Ah!
    Se...
       Se... se pudesse trazer à tona
            Os corações e as almas...
               E torná-las visíveis
           Presumíveis
             Então o mundo seria diferente
                 Feliz.
                   Com rostos e traços
                         Trazendo pelos poros
                            O restante do   4bendito
                                   Hálito da vida.
Então...                                                                   Seriam...
   Muitos rostos felizes!
     Muitas almas cristalinas
        Muitos traços realçados                    
           Trans... pi... ran... do
                  Res... pi... ran... do
                                VIDA!
CatiahoAlc./ReflexodAlma
Texto integrante do livro Reflexo d' Alma lançado em janeiro de 2010


Canção dessa Postagem
Tim Maia












sexta-feira, 13 de julho de 2018

Doce delirar

Acontece


Nesse universo do sentir
Cada instante um movimento
Tanto encanto pelos cantos
Canto da boca
Canto da canção de 
Ins 
Pi 
Rar
Brisa leve do querer
Que logo se torna em puro desejar
Ambos sentindo
Um do outro o pulsar
É a dança dos sentidos
Em sintonia sentem
Ela nele
Ele nela
Eles neles
Nós neles
Movimentos em sincronia
Canção desse reencontro
Desse longe que perto faz ficar
Coisa louca que só acontece entre seres
Que nessa vida
Muito bem sabem
Tanto sonhar quanto delirar
Eis que ato chega ao ápice
Pra depois um no outro
 Re 
Pou
Sar
CatiahoAlc./Reflexo'dAlma
Copyright©soempalavras
 23342005012
2105120008
Hoje para essa postagem temos 2 Canções 
Martiália com Soneto do Teu corpo
Moska com Namora comigo


Meus momentos de liberdade: Eu e Ele (o Mar)


segunda-feira, 9 de julho de 2018

O Mundo precisa

Essa é Alice de 1 ano e 4 meses, ontem em um                     
momento  de cumplicidade da gente (meu e dela e do avô).
De gente que acredite no outro
Na vida
Na sina

Eu não sou exemplo
Mas acredito em
Mim

Exercito ser fiel a meus objetivos
Objetos e
Substantivos

O Mundo não precisa de
Foice
Faca ou Bandeira

Precisa de esperança
Encanto e
Poesia

Nada de rótulos
Classificações ou
Fracionamentos

O mundo precisa de
Gente contente com sorriso franco
De gente desarmada

Gente de bem consigo
Comigo e com o
Outro

Sem culpas
Cobranças ou
Julgamentos

O mundo precisa
Da e Gente sem limites
Como a Gente é Eu e Você
CatiahoAlc./Reflexod'Alma
810270010911

Canção para essa publicação
Gonzaguinha
E Vamos À Luta

LETRA DA CANÇÃO
Eu acredito
É na rapaziada
Que segue em frente
E segura o rojão
Eu ponho fé
É na fé da moçada
Que não foge da fera
E enfrenta o leão
Eu vou à luta
É com essa juventude
Que não corre da raia
À troco de nada
Eu vou no bloco
Dessa mocidade
Que não tá na saudade
E constrói
A manhã desejada...(2x)

Aquele que sabe que é negro
O coro da gente
E segura a batida da vida
O ano inteiro
Aquele que sabe o sufoco
De um jogo tão duro
E apesar dos pesares
Ainda se orgulha
De ser brasileiro
Aquele que sai da batalha
Entra no botequim
Pede uma cerva gelada
E agita na mesa
Uma batucada
Aquele que manda o pagode
E sacode a poeira
Suada da luta
E faz a brincadeira
Pois o resto é besteira
E nós estamos pelaí...

Acredito
É na rapaziada
Que segue em frente
E segura o rojão
Eu ponho fé
É na fé da moçada
Que não foge da fera
E enfrenta o leão
Eu vou à luta
É com essa juventude
Que não corre da raia
À troco de nada
Eu vou no bloco
Dessa mocidade
Que não tá na saudade
E constrói
A manhã desejada...

Aquele que sabe que é negro
O coro da gente
E segura a batida da vida
O ano inteiro
Aquele que sabe o sufoco
De um jogo tão duro
E apesar dos pesares
Ainda se orgulha
De ser brasileiro
Aquele que sai da batalha
Entra no botequim
Pede uma cerva gelada
E agita na mesa logo
Uma batucada
Aquele que manda o pagode
E sacode a poeira
Suada da luta
E faz a brincadeira
Pois o resto é besteira
E nós estamos pelaí
Eu acredito
É na rapaziada!

Foto tirada em Guarapari/ES/Brasil/2017



domingo, 8 de julho de 2018

De todas as vezes



Tenho 54 anos, sou filha de um homem que amava esporte em geral, mas expressivamente amava o Flamengo/RJ. Coisa boa, pois meu esposo só difere dele no time que ama, ele é Fluminense/RJ. Mas em esporte assiste e vibra em quase todas as modalidades: não é só futebol, viu?
Tenho na mente bem viva a lembrança de copa do mundo de 1970.
Meu pai reunia em nossa casa uma família de amigos e juntos os adultos torciam, festejavam e sofriam, isso acontecia em futebol e em Telequete (luta livre). Eu bem criança nem dava bola pra esse movimento.
Depois fui crescendo e o esporte não era ontem como não é hoje meu foco de fato.
Não guardo nenhuma outra recordação desse tempo de Copa do Mundo até ter minha família 
e meu esposo ser um fã confesso de todos os esportes.
Na Copa passada assisti o jogo dos 7x0. Foi uma sensação estranha ver a turma decepcionada e até triste com o resultado.
Agora nesse 2018 tive a graça de receber aqui em Pasargada os amigosafilhados para juntos assistirmos o primeiro jogo  do Brasil. Foi uma experiência única e especial. Depois assisti os demais jogos e me mantive na opinião de sempre sobre
o esporte: muita emoção e muito jogo psicológico em cima de 90 minutos de um embate que exige muito e dá pouco ou nenhum retorno. Eu gosto do envolvimento das pessoas em geral, gosto da agitação do coletivo, mas não em entrego a essa paixão.
Talvez vocês que me leem pensem:
- Que bobagem essa de Catiaho?
- E eu respondo:
- Deve ser essa postagem a minha forma de desabafar e de por pra fora algo assim tão sem
 importância como a forma como me sinto, só isso.
Agora é seguir a Vida, voltar a normalidade e dar prosseguimento aos projetos meio parados por conta dos recessos na hora dos jogos.
É assim ou não é? Será que somente eu me sinto dessa forma? Sei não...
Ótimo prosseguir pra Nós Todos.
Bjins
CatiahoAlc./ReflexodAlma
Canção pra essa postagem
Jair Rodrigues
Deixa que pensem...


quinta-feira, 5 de julho de 2018

Acordando para a Vida


Encantada 
sempre
 sigo
Ao sabor de 
cada
 verso
Caminhando 
não 
desisto
Palavras  
sonhos
 delírios
São
Encantada 
para a
vida
Sigo 
Sem me 
preocupar
com 
a tal 
da
 razão
CatiahoAlc./ReflexodAlma

Nas canções desta postagem eu deixo J Quest

 para vocês se encaixarem  na que melhor lhes for o caso.









LEMBRETE

SEMPRE EM UMA PUBLICAÇÃO EU COMPARTILHO QUATRO OPÇÕES: IMAGEM, POESIA, TEXTO OU CRONICA E UMA CANÇÃO. PROCEDO ASSIM POR ENTENDER QUE NEM TODOS GOSTAM DE POESIA OU DE LER CRONICAS OU DE CANÇÕES, MAS É CERTO QUE UMA DAS OPÇÕES AGRADARÁ. GRATA POR LEREM E COMENTAREM OU NÃO AQUI. CREIAM: VIREM AQUI É UMA DAS ALEGRIAS DA MINHA VIDA. CatiahoAlc./Reflexod'Alma

Aos que por aqui passaram e passarão minha gratidão e...:

Aos que por aqui passaram e passarão minha gratidão e...:
Esse não é o final da nossa historia, mas sim o marco de uma parada

Eu sempre entre meus sonhos realizados e meus delírios incessantes...

Eu sempre entre meus sonhos realizados e meus delírios incessantes...

Venho aqui e Olho pro amanhã dessa forma: com ALEGRIA!

Venho aqui e Olho pro amanhã dessa forma: com ALEGRIA!
Já caminhei muito tempo sem me dar conta do quanto é importante o que eu sei, quero e posso. Passei muio tempo dando prioridade a todos ao meu redor. Daqui pra frente meu olhar obedece a uma nova perspectiva, pois minha palavra de ordem é ALEGRIA.Não quero e não vou viver mais um segundo sem esse ingrediente essencial.. Experimentem e depois de contem o resultado. CatiahoAlc, terça feira 05 de janeiro de 2015