Web Statistics

Minhas Frases preferidas desde sempre:

"A felicidade de um amigo deleita-nos.

Enriquece-nos. Não nos tira nada.

Caso a amizade sofra com isso, é porque (ela a amizade)

não existe."

Jean Cocteau

...

"Saudade é a nossa alma dizendo para onde ela quer voltar."

Rubem Alves

Seres Espelhados Espalhando Sonhos e Delírios como eu

Translate

OBSERVAÇÃO NECESSÁRIA

LEITORESAMIGOS, Vocês já devem ter notado que as Publicações no Espelhando são compostas de mais de um item: Um Texto - Uma Can Cão - uma Poesia - IMagens. Deixo claro que: 1- Sou a única responsável pelas publicações 2- e seus conteúdos. 2- OS Itens das Publicações é para que CADA UM AMIGOLEITOR SÓ LEIA O QUE DESEJAR: OU O TEXTO (CON VERSA) OU A POESIA (COM VERSOS) OU OUÇA A MÚSICA (CAN ÇÃO) OU AS IMAGENS (FOTOS). CONTO COM A COMPREENSÃO DE VOCÊS QUERIDOS LEITORESAMIGOS CatiahoAlc.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Vivendo o Slogan na Prática


    Quando Eu e o Al decidimos unir nossas vidas e nos casarmos lá nos anos 80, falando por mim mesma, Eu somente desejava viver o amor e ser feliz  tendo uma vida tranquila. Como já citei muitas vezes eu antes de me casar, diferente do meu par, não idealizei ter filhos, casa própria, carro e coisas assim. Realmente Ser feliz era minha meta e ponto. Quando passamos a somar nossas vidas, aí sim o
planejamento da vida veio e juntos sonhamos; dois filhos homens e formas de  criá-los com conforto  e educação possível. A partir daí a casa própria, o carro e os bens passaram a fazer parte de nossas metas. Em 1988 quando nasceu o nosso caçula, já éramos uma família classe média normal. 
Normal era a palavra para a vida que tínhamos e sequer Eu imaginava me envolver com a Arte e muito menos com a Literatura; apesar de atuar como atriz nas peças de teatro das datas festivas da igreja e também de escrever poesia desde menina... isso até 1992. 
Foi quando O Al e Eu fizemos um acordo e nos profissionalizamos como artistas e técnicos. 
Ele faria a direção geral, produziria, venderia e atuaria nos espetáculos e eu administraria a direção produção, escreveria as peças e projetos e dirigiria os elencos. 
   Assim literalmente passamos a Viver DE e NA Arte. Nos primeiros tempos essa foi a nossa rotina: durante o dia Ele saía de casa cedo, portando uma pasta com os projetos e se dirigia a escolas, creches, shoppings.  Enquanto eu tão logo Ele saía, eu me arrumava, abria o portão e me postava atras da minha escrivania escrevendo mais textos e projetos. A noite reuníamos o elenco e ensaiávamos até a exaustão (Luiz Tadeu Filho e Líbia Busquet são testemunhas). Demorou para vermos o resultado, mas ele veio e a casa grande e confortável foi transformada em Escola de Arte (teatro, dança, música, capoeira, artes plástica). O carro de passeio foi transformado em transporte para material dos espetáculos. Em seguida veio o inevitável: Criamos, Organizamos, Legalizamos e demos o nome a Empresa: Arttheatrum Produções Artísticas Ltda. Não vivemos em nenhum momento o tal conforto financeiro, mas vimos muitos jovens e adultos se profissionalizarem depois de passarem por nossa escola. Presenciamos muita gente rir, gargalhar, chorar, refletir com nossas peças de teatro. Muitas são as experiências guardadas conosco. Eu como diretora artística então!
   Em fim um dia os nossos 2 filhos  escolheram a arte circense ,que também é arte cênica, mas o foco não é o teatro. Depois da 1ª viagem Internacional deles em 2006 como circense eu decidi deixar de trabalhar com a família e me voltei para minha escrita e meus projetos.
  Em 2007 viemos morar no ES, o Al ficou sozinho na administração da empresa, 1 filho casou-se em 2008  aqui mesmo no ES. Enquanto quase ao mesmo tempo que o filho caçula tornou-se cidadão do mundo e fixou moradia em SP, por ser eixo cultural e que daria a  ele um melhor ir e vir.
  O Al nunca desistiu da Empresa e a trouxe juridicamente para o ES e muito tem trabalhado por aqui.
Eu me voltei inteira para publicar meu primeiro livro de 2008 em diante. Para essa publicação eu entendi que ter o dinheiro para fazer o livro  só não basta, encontrei muitas dificuldades, tanta exploração que decidi me tornar Editora (física e jurídica) para entender os meios, caminhos e as formas de publicação de livros, mas principalmente  para desfazer essa ideia de que é tudo muito caro e complicado.  Até o ano passado eu já tinha publicado mais de 22 livro (meus e de novos autores).
   Comecei com o título  Vivendo s Slogan na Pratica e me alonguei na explanação porque hoje é um dia especial, alias esse é um momento especial.
  O Al (Kyosky´s Pai) Diretor e Produtor e os 2 filhos (Irmãos Kyosky´s) e Troup (ou elenco) estão empenhados em 3 grandes espetáculos  nos próximos 3 dias e eu estou totalmente fora do trabalho deles.
  Ao mesmo tempo eu estou totalmente empenhada em meu trabalho e em meus projetos e eles estão igualmente fora do meu trabalho.
  Bem no início de toda essa história pusemos em nossa televisão um letreiro que aparecia a cada vez que a ligávamos: "Essa Família vai Marcar História". Se tínhamos essa intenção, já a atingimos faz algum tempo. Se nossa empresa tinha o Teatro como foco, hoje já ampliamos de tal forma, pois atuamos na Arte Cênica (Teatro e Circo), na Musica e Literatura.
  Estou cansando vocês queridos que aqui nos vem ler, porque desejo compartilhar a minha alegria e satisfação. 
  E se junto com o Al meu esposo e par por (34 anos)formamos a família que temos, que é falha e imperfeita como todas, mas que é a nossa família e é de verdade.  
  Eu devo Gratidão ao mesmo Al o acreditar na Empresa que temos a tal ponto de ter conquistado a credibilidade do Governo do ES para proporcionar o desenvolvimento de projetos audaciosos como esses 3 espetáculos desse final de semana.
 Bem como devo a mesma Gratidão a cada um Escritor que confiou e que confia em mim e ao me contratar me permitem transformar seus escritos em obras literárias e eternizadas. Essa é razão do meu empenho ao meu trabalho. Nós autores pereceremos um dia, mas a nossa obra não fenecerá conosco.
  Devo Gratidão e Afeto, especialmente ao silvioafonso do Blog Palhaço Poeta e a sua  linda família, pois foi através da minha curiosidade sobre o nome do blog dele,  que passamos a nos ler (pois meus 2 filhos são profissionais como Palhaços). Foi Ele silvioafonso, a primeira pessoa que estendeu o olhar de confiança a profissional que eu sou, isso quando ainda nem amigos nós dois éramos e nem nossas famílias irmãs como somos hoje. Por ele fui e sou desafiada todo tempo e dou conta de cada um deles (desafios). Foi uma honra receber primeiros originais (textos) dele e ainda sinto a mesma honra a cada novo original (texto) dele que me chega.
 Deixo aqui um Agradecimento importante aos que me disseram Não quando tentei auxiliar e orientar como editora. Sou grata por  terem duvidado da minha idoneidade, capacidade e profissionalismo.
A cada um Não recebido, Eu amargando a desconfiança,  segui em frente, me fortaleci, avancei sob os olhares da incredulidade e hoje sou  parte da metáfora dessa frase: "Nossas Asas só crescem quando não cabem mais na gente"(sa).
   Amo ser Editora e Organizadora, gosto do trabalho que eu faço e que me permite aprender  todo tempo um pouco mais.
 Isso tudo pra mim é Viver o Slogan na Prática, ah sim que Slogan?
"O Impossível é a Nossa Prática" . Creio tão piamente nesse slogan que 
 Hoje eu tenho até um SELO PRA CHAMAR DE MEU (NOSSO)
Catiaho Alc.




quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

PARABÉNS BECCA!

Pedindo licença a sua família é que faço essa publicação
Eu desejo a você Becca,todas  as Alegrias que lhe for possível conquistar e viver. 
Desejo que seus dias sejam de conquistas e que você supere cada medo ou incerteza mantendo sua forma de ser.


Eu e o Al amamos você! 
E não a amamos somente por 
amarmos a sua família como amamos. 
Mas sim por você fazer parte da nossa vida, da nossa história.



Bjins e Abraço apertado de
 FELIZ DIA IMPORTANTE!


Parabéns!

Catiaho Alc.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Palavra da Editora

   
     Queridos Leitores, Espero  que  estejam preparados para o grande ano de publicações especiais que teremos por aqui pelo Espelhando.
         Sou eu Catiaho Alc. que com a aprovação dos Autores/Colunistas escolho e publico cada texto a cada dia da semana ou na seleção que eu entender ser melhor pra todos Colunistas/Leitores..
           Nós próximos dez  meses desse 2016, teremos publicado aqui somente Textos Meus e dos Autores que me tem como Editora.
A saber: SILVIO AFONSO DE MACEDO (RJ)
             SAMUEL BALBINOT ( GARIBALDI/RS)
             MARY TRARBACHT (ES/RJ)
             JOSÉ MARIA SOUSA COSTA (MA/SP)
             GILMAR F. SOUSA (FLÓRIDA/EUA)
             E  NOSSO CONVIDADO ESPECIAL E REPRESENTANTE DE PORTUGAL
               DANIEL COSTA
                       Catiaho Alc., 04 de janeiro de 2016






sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Olhar pra Frente: Sempre.


Não dá pra ignorar os acontecimentos do que chamamos de ontem.
Muito menos é possível esquecer as dores que a vida nos causou.
Porém é imperativo seguir adiante e cuidar de não errar os mesmos erros.
Muito menos não deixar a vida que é contínua, se tornar uma chatice de mesmice.
É uma delícia erguer um brinde as mesmas pessoas que amamos, porém com um brilho
novo no olhar com uma intenção em nova perspectiva.
A sociedade nos quer todos de cabeça baixa e submissos, nivelados por baixo.
Mas quando acreditamos em Nós e em Nossos Objetivos é um viver diferente, pois muitas vezes
vivemos em função de outras pessoas e esquecemos de nós de tal forma que nem é bom pensar.
No natal eu fui bem egoísta e foi muito bom.
No ano novo eu fui mais egoísta ainda e esta sendo uma fantástica experiencia!
Portanto desejo a 'todos' um ano de 2016 de muita Alegria,
Contentamento, muitos Abraços  Sinceros e Foco em  nossas Metas.
Somente assim teremos bons tempos.
O mundo precisa de gente assim determinadas.
Feliz 2016 para Nós
E que mantenhamos e Mente nossos
SONHOS
 e
DESEJOS,
eles
DEVEM e
PODEM
CAMINHAR  assim:
DE MÃOS DADAS.
Catiaho Alc.
Prosseguindo entre meus sonhos e delírios



.

Ei!

O que estou escrevendo aqui NÃO É PESSOAL E NÃO SE

REFERE A NINGUÉM DA VIDA VIRTUAL E SIM DOS MEUS VIZINHOS

DE BAIRRO, OK?

Escrevo aqui para me expressar somente. Penso que estamos vivendo mais um dia e que devemos ser gratos a Deus e aproveitarmos todo aprendizado que esse dia nos trouxer. Devemos: usar máscara, mesmo os já vacinados , usar álcool gel, lavar as mãos ao chegarmos da rua, deixarmos os sapatos do lado de fora até serem limpos, evitarmos contato físico com pessoas que não vivem no mesmo recinto, evitar viajar (sem ser necessário) viajar a lazer nem pensar, não é hora de lazer, ainda que secos para tal estejamos. Eu ando com muita saudade dos meus amigosafilhados, das minhas irmãs e meu cunhado e de ver minha casa no RJ que está fechada desde janeiro de 2020, quando lá estive. Uma coisa tem me chamado muito a atenção: Parece que já terem sido contaminados e terem sobrevivido e a possibilidade da vacina, já deu a algumas muitas pessoas a ideia de estarem totalmente livres de contaminação, bem como os que já tomaram a vacina e passaram a ficar descuidados. Isso me preocupa muito. Estou reclusa em casa com meu marido e filho caçula há mais de 1 ano, vejo muito pouco meu filho mais velho, esposa e filhas que moram na cidade vizinha. Detesto não me sentir livre para ir e vir e mesmo para caminhar na orla que fica ha 3 ruas da minha casa. Vamos resistir mais um pouco, vamos preservar nossa saúde física e mental o mais que pudermos. Por hoje é o que eu penso; caso entendam que eu esteja errada: me perdoem. Bjins de bons dias a todos. CatiahoAlc.

Postagens mais visitadas

Atua LIz Ações