Seres Espelhados Espalhando Sonhos e Delírios como eu

domingo, 26 de dezembro de 2021

Com Versos Que venham os próximos 366 dias - Con Versa - Com Canção - Com Texto

 


Que venham os próximos 366 dias 
(incluí mais um dia porque completo 5.9 ou seja 
faço aniversário dia 30)

Mas venham 
Com força
Coragem e muita  alegria

Que nossos 
Braços pernas estejam 
Firmes e fortes

Que nossa mente
Se mantenha clara
Lúcida e livre

Que venham dias de 
Harmonia
Abraços e muitos beijos

Que a paz seja
Nossa companhia
Nosso lema  nosso tema e nosso guia

Que a poesia
Seja imperativa
Todo tempo em todos os dias

Vamos vencer um dia de cada vez
Com sorrisos e bom humor
Que sejam dias recheados de amor

CatiahoAlc./ReflexodAlma

Con Versa

Ah!
 E
Antes que me perguntem, já deixo registrado que minha Família vai muito bem obrigada. 
Meus dois filhos e suas famílias prosperam em suas  Vidas e em suas carreiras profissionais. 
Minhas Irmãs e os Filhos dos meus dois Irmãos já falecidos  e suas Famílias também seguem bem. 
Meu Cunhado segue se recuperando internado e passa bem.
Vivo em um lugar maravilhoso, pertinho do Mar que me é muito especial e fundamental para minha saúde física e mental.
O que Espero e Desejo desse ano de 2022?
Eu só espero que Eu possa e saiba aproveitar bem cada instante junto com meu Esposo e de preferência junto e de braços e abraços com meus AmigosAfilhados.
Desejo que Todos que por aqui passaram e que ainda passarem tenha tido um excelente Natal e que tenham uma Passagem de Ano Plena em Esperança.
Desejo que o Espelhando continue reunindo
 Pessoas Lindas ao Redor da Palavra.
É isso, pra quê mais nãoé mesmo?
Bjins entre sonhos e delírios
CatiahoAlc./ReflexodAlma


Com Can Ção
Com Psiu 
Liniker
Essa canção traduz a calma em que meu Ser se Encontra
nesse Mês de Dezembro de 2022
durante as Celebrações do: Natal, Aniversário e Passagem do Ano


Com Texto



ORAÇÂO

Perdão, senhor, se eu não creio em nada,
 mesmo acreditando em tudo. 
Perdão por eu não ir à sua igreja,
 mesmo sabendo que eu cumpro com 
as minhas obrigações pagando a quem
eu devo e respeitando os meus amigos, 
filhos, parentes, 
assim como eu respeito a pátria que eu tanto amo.
 Perdão por eu não dar esmolas
 quando a minha 
humildade não se faz presente.
 Por eu não ajudar a quem precisa só por não ter 
como socorrê-la. 
Perdão por eu não ser o super-homem que 
os meus filhos acreditam e por isso não
 salvar a minha
 cidade da violência à ela cometida. 
Perdoe-me por, tão tarde, 
eu descobrir os meus medos e os meus defeitos,
 por eu voltar cansado à 
casa depois de um longo dia de trabalho 
e me prostrar na rede para fugir
 de novos compromissos. 
Enfim, perdoa-me por eu ser assim, 
tão frágil e igual a todo mundo.
silvioafonso



 
Com Imagens 
que me trazem ótimas lembranças










sexta-feira, 24 de dezembro de 2021

Com Texto GiRA MUNDO de silvioafonso

 

Concordar com quem diz, como Freud, que o sexo é a manivela que faz o mundo girar eu não posso, mas poderia se dissessem ser a criança a razão desses giros. Não passa pela minha cabeça a ideia do doutor e do resto estarem errados.  Não, claro que não, mas concordar omitindo a criança de tais possibilidades, também eu não vou se nada se faz que não seja por ela e para ela.  Para os adultos sim, é que nada se faz, mas para elas, as crianças, tudo.  Para elas até a chupeta, único artefato capaz de fazê-las pararem de chorar,  se criou.  Nada as faria calar até então. Contos de fada, histórias de princesas e bruxas, príncipes e gnomos, para não citar as canções de ninar e os brinquedos dos quais não  deveriam se afastar em tempo nenhum, também foram criados.  Tudo para ela.  Criado em sua intenção. Talvez para que os pais tivessem um momento só deles, sem elas no colo ou por perto.  Não adianta cutucar meu ombro com esse dedão que não vou defender os idosos.  Não me importa se brincaram, choraram e até adormecer no colo da mãe, não me importa. Não importa se pararam o choro chupando lá o que fosse, pois não vou indicá-los como exceção se nem eles mesmos se lembram do que fizeram e como eles mesmos dizem;   Águas passadas não movem moinho. Talvez o mesmo anjo que inventou a chupeta tenha outra ideia maravilhosa e possa criar algo que permita ao idoso brincar sem medo do ridículo e uma chupeta sem gosto, como a primeira, mas que tenha sabor de festa, de colo de mãe e principalmente, que o  cale quando chorar.
Feliz Natal, criançada. Feliz natal papai e mamãe.  Curtam a festa que ela não é só minha, mas sua, dos doutores e dos inventores e principalmente da criançada, razão dos giros de um mundo que não aprendeu a brincar.
           silvioafonso
Com Canção
Natal de Cavaquinho






quinta-feira, 16 de dezembro de 2021

Com Texto CONTO DO VIGÁRIO - Com Canção - Com Versos

 



É nesse banco frio de pedra onde minha mãe
 se sentava nos finais de tarde para admirar 
o coqueiro-anão que lutou muito para comprar
 que eu me recordo das dificuldades daquele tempo.  
Hoje, ao olhar para ele, é como se a visse aqui, 
sentada, para decidir em que pedaço do jardim 
deveria plantá-lo. 
Na época também realizou outro sonho,
 mas o maior deles era ter um cãozinho da raça alemã 
e foi com muito sacrifício que conseguiu o Chulé, 
um boxer lindo por quem todos se apaixonaram assim
 que chegou.  Minha irmã ficou muito feliz quando meu pai, 
 generoso como ele só, lhe deu o Bacon de presente.  
Bacon é o nome que ela escolheu para o mine-porco que, 
segundo dizia, levaria no colo a todo lugar onde fosse.
 Pensando nelas senti saudade do meu avô Alexandre.  
Um dia perguntei-lhe como surgiu a expressão, 
“Conto do Vigário” e ele,  muito instruído, 
teria falado que o padre da igreja de Olinda 
não se conformava que a imagem da padroeira 
ficasse na igreja vizinha e não na dele até que 
surgiu a ideia de falar ao colega que a Santa 
é que deveria decidir em qual delas gostaria de  ficar. 
 Dizendo tais palavras convenceu o pároco a amarrar
 a Santa no lombo de um burro que ao ser espantado
 abriria carreira em direção a uma das duas e com o 
burro disparou rumo a Olinda a Imagem mudou de lugar. 
Anos depois descobriram que o burro pertencia ao 
padre para onde correra.  
Foi pensando no meu avô que eu vi,
com muita saudade da minha mãe, o coqueiro anão, 
agora com 20 metros de altura ocupando a maior parte do jardim. 
O Chulé, pobrezinho, comprado como alemão não passa 
de um velho vira-latas dormindo pelos cantos da casa.  
Quanto a minha irmã, coitada. 
Trabalha como escrava para sustentar o porquinho que, 
agora, com 1,20 cm de altura e pesando 200 quilos 
não para de comer.  São 20 quilos de comida que ela
 sofre para comprar.
Essa história é verdadeira e não um conto do vigário.
                                             silvioafonso

Com Canção
Saulo e Daniela 
Anjo




Com Versos

 Vida escorrendo

 Ah!,
 Quero sim a vida escorrendo
entre meus dedos e a favor das minhas vontades.
Quero a água fresca molhando meus lábios
e aliviando essa sede de viver
que não me deixa quieta.
E que vai de tempo em tempo
transformando sonho em realidade.
Ah!, 
Eu quero sim que minhas
verdades se tornem apenas brisa
fresca e arrepios de prazer.
Quero assim a 
vida escorrendo
gostosamente.
                   CatiahoAlc./Reflexod'Alma


quarta-feira, 15 de dezembro de 2021

Con Versando sobre Celebração e Gratidão- Com Imagens - Com Canção -

  Con Versando sobre Celebração

Hoje 15 de dezembro de 2021 nosso 
Primogênito celebra mais um ano de Vida.
Confesso que não condicionei minha vida somente 
ser feliz se me casasse, se tivesse filhos ou filhas
ou essas coisas tão pertinentes.
Meu ideal de vida sempre foi  ser Feliz.
Assim quando entendi ser Deus o guia de
meus dias: conheci o Amor, me Casei
 e junto com ele
planejei minha vida: Estabilidade,
Filhos e essas coisas que acabam vindo junto.
Planejamos certinho com tudo que é de direito:
ter 2 Filhos  ou Filhas e em 1988 após o nascimento
do 2º Filho, jovem ainda
aderi ao ligamento das trompas.
Hoje temos 2 Filhos, 1 Nora e 2 Netas.
Eu sempre desejei ter Amizade  que não fosse
ocasional e hoje posso dizer que temos:
Eu e meu Esposo temos Amigos em Comum;
como Eu Tenho os Meus e Ele os Dele. 
Hoje dia 15 o AlJu como o chamo faz Aniversário
e já pode dizer que antes dos 40 anos
 tem a Vida estabilizada.
Sou Grata:
A silvioafonso e sua Família por
estarem aqui na nossa casa em um dia que
em Eu e Meus Filhos renovamos nossa
alegria de estarmos  juntos, os deixamos em casa
com o meu Esposo e nós 3 fomos
resolver algo pendente entre nós,
Nossos amigos nunca perguntaram porque
os deixamos sozinhos em casa, 
sou grata especialmente por isso.
Sou Grata 
A Kelly e a Becca por desde que nos conhecemos 
a apoiarem e acompanharem a nossa Família 
em todos os momentos bons e não tão bons.
Sou Grata
A silvioafonso por estar e ter estado presente 
na nossa Vida em muitos momentos,
 mas especialmente nos momentos
cruciais da Vida do AlJu
como: no nascimento da 1a Filha, a Ana Clara
 e quando ele (AlJu)  esteve internado por 18 dias 
correndo risco de  morte por dengue hemorrágica.
 Nesse momento foi crucial a sua ligação para ele
 no Hospital.
Então sou Grata a Deus e ao Meu Esposo por termos
a Graça de sermos
 sermos Pais de AlJu e Yachinho, como só eu os chamo.
Bjins de alegria e Gratidão.
CatiahoAlc.
Com Imagens 
AlJu 
com 2 dias de nascido
Juntos em 2007
Um pouco antes de se casar


Nós 4 
Juntos celebrando



AlJu e Yachinho
Trabalhando juntos como Artistas Circenses
Al Ju
Trabalhando









AlJu e a Família que constrói com a Esposa Amanda










                                            


Com a Canção 
Preferida do Nosso Primogênito
Noites com Sol
Flávio Venturini


segunda-feira, 13 de dezembro de 2021

Com Texto HERÓIS SEM NOME - Com Canção - Com Versos

 


HERÓIS SEM NOME

Desde criança meu sonho era andar naqueles 
aviões que praticamente arrancavam as
 telhas da nossa casa quando
 morávamos no morro de um bairro pobre do Rio.  
Todos os dias à tarde eu corria para fora só para vir 
os soldados que, de dois em dois,
 saltavam dos vagões voadores. 
Com as mãos na cabeça eu sonhava ser tão corajoso 
como aquelas pessoas.
 Aos 15 anos tentei alistar-me no exército, 
mas meu pai não permitiu e só aos 17 vesti a farda  
que eu tanto queria entretanto nada falei 
quanto a categoria ou meu pai me proibiria, 
como antes, de eu arriscar 
a porcaria de vida que eu tinha. 
E como ele mandava nos sonhos dele 
queria dar palpite nos meus. 
Por ele eu seria lutador de nome o que ele, 
como bóxer, jamais conseguiu.  
Papai era um desportista, porém, jamais, 
ganhou qualquer coisa com o esporte.  
No quartel tinha outro paraquedista que lutava como
 meu pai, a diferença é que este vivia provocando 
os outros até passar a mão na minha bunda 
e eu meter a mão na cara dele. 
Para não ficar mal diante de todos o covarde 
me empurrou porta afora.   
O problema é que estávamos a dois mil pés de altura. 
Voávamos sobre Duque de Caxias e coincidentemente
 sobre Gramacho onde no dia seguinte faríamos
 os saltos programados. 
 Foi sorte ter acionado o paraquedas
 tão logo fui empurrado ou não estaria 
contando essa história.  
Dois dias depois procurei Torres, 
na Baiuca para lhe dar um abraço.  
— Obrigado, Torres.  
Fiquei sabendo que você foi 
o responsável pela dobra do meu paraquedas.  
Não fosse a precisão com que faz seu trabalho
 e eu não o estaria abraçando nesse momento. 
— Com os olhos molhados Torres me disse
 que até aquele momento nenhum soldado 
comentou seu trabalho com tamanho carinho.
 Torres talvez não se lembrasse que paraquedista 
com menos de 100 saltos,  como ele, não é ouvido
 por quem tem mais de mil. 
Quantas vezes fui a Baiuca conversar 
com os caras, quantas?  
Um montão e se fui não foi para ver em que mãos
 estavam a minha segurança, a minha integridade
 física ou a minha vida, mas para agradecer-lhes 
por fazer pelos outros, o que fazem para si próprios.
O tempo passou e levou com ele a minha infância 
e a juventude, menos a vontade de voar não levou 
e se me contassem que um bandeirante ou um
 Cessna que seja passou assustando
 os meninos talvez eu 
lembrasse do meu pai e chorasse.  
Chorasse por ele ser um sonhador, mas,  
por segurança, não me deixava dormir…
                                                       silvioafonso
Com Canção
Medo de avião
Belchior


Com Versos
Há um desejo em mim, 
que hoje não cessa.
Vem junto com um grito, 
que não tem força pra sair.
Desejo escrever versos,
 que apenas descrevam o belo.
Grito que faça reacender 
o lúdico que temos 
dentro de cada um de nós.
Mas acontece que  meus versos
 são somente reflexos.
Tons de uma alma em constante
 renovação ou seria revolução?
Apenas versos, 
parte do caleidoscópio que sou.
Cores não mais primitivas,
porém já decompostas 
no arco íris
 que é a vida.
CatiahoAlc./Reflexo d'Alma entre delírios e delírios

060720100559

domingo, 12 de dezembro de 2021

Com Texto - Com Canção - Com Versos



Com Texto
"PERSONAGEM & CRIADOR"

Contar caso do jeito que ando contando talvez  
seja a razão que me leva a entrincheirar-me na história 
onde minha verdadeira personalidade não pode ser identificada e por isso não deve ser combatida.  
É mais cômodo trocar o nosso nome pelo nome de um desconhecido ou dizer que foi um amigo 
ou soube através dele o que ora passo a contar. 
Pode-se  chamar  isto de  fraqueza, uma espécie de fuga, 
mas que posso fazer se a covardia é maior que a coragem que eu tenho?  
Também compreendo que é dessa maneira que eu me apresento aos leitores e aos  possíveis amigos que eu venha fazer.  
Não trato por compulsão o que eu chamo de amor,
 como não chamo fraqueza o momento que estanco sem decidir se vale ou não vale à pena seguir com o que comecei. 
Quando decido não fazer nada além do que fiz sozinho até 
aquele momento eu me calo ou mudo de “nome”, 
mas quando acompanhado concordo com a decisão que tomarem.  
O escritor tem muitos poderes, mas nem sempre os usa a seu favor e assim como o rico sai em busca das maravilhas o escritor as cria em poucos momentos. 
Um amigo me disse que eu deveria beber antes de fazer os meus textos e perguntado por que o amigo me disse. 
Vai que a bebida coloca o seu verdadeiro nome nas personagens que cria... 
Jamais faria isso, eu disse para ele.  
Ninguém, por mais que me peça poderão saber que
 "Tião - pé-de-mesa", assim como "Chico três pernas"
são a mesma pessoa. 
 Só eu e a minha consciência sabemos que para protagonizar tão bem as histórias que eu contei ninguém além de mim seria capaz mesmo 
que no rodapé do cartaz constasse outro nome. 
 Ou não seria?
 É, pode ser que fosse, mas vai que... 
                                     silvioafonso

                                   Com Canção  
 
                                        JOHN LENNON
                                        IMAGINE



 
Com Versos

Vou indo

Como folhas ao vento
Vou seguindo meu caminho
Escrevendo os meus versos
Vencendo meus desafios
Muito cedo aprendi
Que na vida mais se perde
Do que se ganha
Mas isso não é problema
Para quem souber viver bem
Já é grande façanha 
Escrever é um presente
Ler então nem fala
Aprender com as palavras
exercito desde menina
Por isso assim 
Vou seguindo
Sempre contente e grata
Por viver
Entre meus sonhos e delírios
CatiahoAlc.

segunda-feira, 6 de dezembro de 2021

Com Versos Minha Poesia - Com Canção - Com Imagens - Com Texto

  

Minha Poesia
Não
 É argumento
Resposta
Questionamento ou reação
É apenas a expressão
De momentos
Fruto desse carrossel
Com tantos nomes
Que chamo somente de
Emoção
Minha poesia não é
Remédio 
Muito menos 
Satisfação
É sim a liberdade
Da 
Palavra 
Solta
Em
Mo
vi
men
to
CatiahoAlc./ReflexodAlma
130420210424
CANÇÃO FASCINAÇÃO
ELIS REGINA


Relembrando essas
Imagens do passeio com as crianças aqui pertinho de casa.



















EXERCITANDO A ARTE DE ESCREVER 
Boca sua, desejo dela...

Essa boca que não lhe sai da cabeça, 
muito menos esse hálito quente que 
vez por outra sopra de leve ao passar, 
proporcionando ondas de arrepios que devem 
para o bem  de
 muitos serem bem disfarçados.
Essa boca que fala de tanta coisa que ela não ouviu, 
mas acredita em cada uma delas 
e ainda que mentira fosse, acreditaria para quando 
os olhos fechar a noite na escuridão, 
sozinha pudesse ao relembrar sorrir 
e imaginar as aventuras 
desse deus menino traquino na vida, 
não esperando nada nem ninguém para acontecer, 
tudo que hoje é só se fez.
Essa boca que estala a língua ao sabor do amargo 
e ao arder do azedo, mas ainda que os olhos tenham 
no fundo um ar  de amargura,  só fala de venturas, 
de alegrias e esperança no amanhecer.
Essa é a boca que quer na dela
seja  breve ou longe em dias, 
mas quer e quer nela  e por ela totalmente 
deixar-se perder.
Essa boca  quando fala de amores, 
se alegra porque de cada um deles sabe o sabor.
Com ela conquistou todos os amores que quis, 
mandou embora os que por perto não quis 
e hoje fala perto do ouvido arrepiando a pele, 
acordando a carne para com essa mesma boca 
mostrar que é possível e simples ser feliz.
É com ela que chama pelo nome tudo que lhe apraz, 
é com ela que o ouve o chamar  de sua; 
e ai sim nesse momento o mundo a seu redor 
simplesmente  para,  para  ouvi-lo e em silêncio 
essa junção se faz.
Boca sua sonho dela, que um dia  junto: 
desejo e beijo, boca e vontade: a entrega em prazer 
se faça no momento que tanto espera para acontecer...
 CatiahoAlc./ReflexodAlma
Copyright©soempalavras



Translate

ABRINDO AS COMEMORAÇÕES DE ANIVERSÁRIO DO BLOG ESPELHANDO


ACONTECEU E FOI MARAVILHOSO!

ACONTECEU E FOI MARAVILHOSO!

Lançamento Duplo Parceria&Poesia

Lançamento Duplo  Parceria&Poesia
Escritores Catiaho Alc. e Silvio Afonso

Postagens mais visitadas

Aos que por aqui passaram e passarão minha gratidão e...:

Aos que por aqui passaram e passarão minha gratidão e...:
Esse não é o final da nossa historia, mas sim o marco de uma parada

Venho aqui e Olho pro amanhã dessa forma: com ALEGRIA e com ESPERANÇA

Venho aqui e Olho pro amanhã dessa forma: com ALEGRIA e com ESPERANÇA
Já caminhei muito tempo sem me dar conta do quanto é importante o que eu sei, quero e posso. Passei muio tempo dando prioridade a todos ao meu redor. Daqui pra frente meu olhar obedece a uma nova perspectiva, pois minha palavra de ordem é ALEGRIA.Não quero e não vou viver mais um segundo sem esse ingrediente essencial.. Experimentem e depois de contem o resultado. CatiahoAlc, terça feira 05 de janeiro de 2015

.

.

Postagens populares

.

Ei!

O que estou escrevendo aqui NÃO É PESSOAL E NÃO SE

REFERE A NINGUÉM DA VIDA VIRTUAL E SIM DOS MEUS VIZINHOS

DE BAIRRO, OK?

Escrevo aqui para me expressar somente. Penso que estamos vivendo mais um dia e que devemos ser gratos a Deus e aproveitarmos todo aprendizado que esse dia nos trouxer. Devemos: usar máscara, mesmo os já vacinados , usar álcool gel, lavar as mãos ao chegarmos da rua, deixarmos os sapatos do lado de fora até serem limpos, evitarmos contato físico com pessoas que não vivem no mesmo recinto, evitar viajar (sem ser necessário) viajar a lazer nem pensar, não é hora de lazer, ainda que secos para tal estejamos. Eu ando com muita saudade dos meus amigosafilhados, das minhas irmãs e meu cunhado e de ver minha casa no RJ que está fechada desde janeiro de 2020, quando lá estive. Uma coisa tem me chamado muito a atenção: Parece que já terem sido contaminados e terem sobrevivido e a possibilidade da vacina, já deu a algumas muitas pessoas a ideia de estarem totalmente livres de contaminação, bem como os que já tomaram a vacina e passaram a ficar descuidados. Isso me preocupa muito. Estou reclusa em casa com meu marido e filho caçula há mais de 1 ano, vejo muito pouco meu filho mais velho, esposa e filhas que moram na cidade vizinha. Detesto não me sentir livre para ir e vir e mesmo para caminhar na orla que fica ha 3 ruas da minha casa. Vamos resistir mais um pouco, vamos preservar nossa saúde física e mental o mais que pudermos. Por hoje é o que eu penso; caso entendam que eu esteja errada: me perdoem. Bjins de bons dias a todos. CatiahoAlc.

GALERIA DA MINHA SAUDADE DE SERES QUE DEIXAM SEUS BLOGS COMO LEGADO

HÁ SERES QUE FAZEM FALTA NO NOSSO DIA A DIA, MESMO NA VIDA VIRTUAL. ELAS DEIXAM DE PUBLICAR POR VÁRIAS RAZÕES ALGUMAS VEZES POR VONTADE PRÓPRIA E OUTRAS NÃO. ENTÃO NESSE TÓPICOE EU QUERO REGISTRAR A FALTA QUE FAZEM AO DIA A DIA DESSA MULHER POETA. ESSE É MEU JEITO DE REGISTRAR O QUE SINTO. CatiahoAlc 29 DE ABRIL DE 2021


.

.

IMAGEM DO NOSSO LUGAR

IMAGEM DO NOSSO LUGAR

GALERIA DA MINHA SAUDADE

MINHA HOMENAGEM A SERES QUE FAZEM FALTA NO MEU/NOSSO DIA A DIA, MESMO NA VIDA VIRTUAL, NÃO É UMA HOMENAGEM SOMENTE IN MEMORIAM, MAS HÁ SERES QUE POR MOTIVOS AVERSOS DEIXARAM DE PUBLICAR; ALGUMAS VEZES POR VONTADE PRÓPRIA E OUTRAS NÃO. UMAS SABEMOS O RAZÃO E OUTRAS NÃO. REFORÇANDO: NESSE TÓPICO EU QUERO REGISTRAR A FALTA QUE FAZEM AO DIA A DIA DESSA MULHER POETA. ESSE É MEU JEITO DE REGISTRAR O QUE SINTO. CatiahoAlc 29 DE ABRIL DE 2021


Imagens do Lugar que Amo

Imagens do Lugar que Amo

IMAGENS DO MEU LUGAR

IMAGENS DO MEU LUGAR

.

.

IMAGEM DO NOSSO LUGAR

IMAGEM DO NOSSO LUGAR

.

.

.

.