Minha Frase preferida desde o mes de julho de 2013


"A felicidade de um amigo deleita-nos. Enriquece-nos. Não nos tira nada. Caso a amizade sofra com isso, é porque (ela a amizade) não existe." Jean Cocteau

Seres Espelhados Espalhando Sonhos e Delírios como eu

Translate

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

É fácil não se dar conta.


Nem percebi e já era a poesia parte de meu viver.

Escrever pra essa mulher aqui, não é um impulso, um desabafo ou como modo de dar lições de moral nos outros, alias abomino. 
Escrever é algo imprescindível na minha vida.

Recebi muitas criticas( muito bem vindas e oportunas sempre)  da pessoa que tenho por mestre na escrita, exatamente por achar ela(a pessoa) estar eu me expondo alem do necessário muitas vezes. Confesso algumas vezes apenas, na maioria não. Sendo precavida e premeditada como sou; assumo. 
Fui criada com direito apenas ao silencio. Na pré adolescência adorava praticar a fé católica, exatamente 
pelo silêncio voluntario, assim eu conversava com Deus e ele me ouvia sempre.
Um dia disseram poder eu falar a vontade. Acreditei e tentei falar. Foi quando percebi apenas fazerem de conta ouvir. Nesse tempo já quase adulta, perdi a fé nas pessoas e em seus discursos da boca pra fora.
Não sei bem se o pior é não poder falar ou falar e não ser ouvida. É uma necessidade de gente: falar e ser ouvido. Ainda me disseram um dia ser amigo alguém com quem se fala em voz alta. Será? Não houve um tempo onde eu buscasse um ser dito humano e ela estivesse disponível a não falar e sim a ouvir.
Depois do silencio de uma noite, acordo precisando falar, conversar, dividir; depois da tempestade sempre me vem essa crise de pura necessidade humana. Mas qual nada, as poucas portas a serem batidas; estão fechadas ou apenas com uma fresta aberta, mas logo fechada as pressas.
Assim volto pro meu canto e para o escrever que é um ato de minha única responsabilidade e publicar é a forma de ter testemunhas.
A vida é bela sim.
Viver com simplicidade é uma das formulas do viver bem.
Mas a liberdade de expressão  é algo que não abro mão nunca mais e a pessoa que tenho por mestre na escrita, sempre terá espaço para me chamar à observação.
Voltando ao título, é muito fácil não se dar conta de o quanto cada um é responsável por si mesma.
Bom dia a todos
Catiaho Alc.

Vou deixar aqui uma poesia do meu primeiro livro lançado em 2010

Nascemos sozinhos( do livro Reflexo d'Alma )

A mãe nos carrega
mas dentro dela somos sozinhos
ligados apenas pelo cordão que tem por função nos alimentar
Mesmo ligados à mãe somos seres solitários e inteiramente
submersos nesse mundo denso
Bom perceber que essa solidão nos acontece
como um preparo pra vida a fora
Vejo que solidão não é algo ruim é algo preparatório seja lá pra
o que for
Nove meses e o ser está pronto pra sobreviver por uma vida
inteira aqui fora
Solidão é sempre bom quando nos projeta nos expõe como ser
que somos
Confundimos depressão com solidão
Depressão isola amofina e mata
Solidão prepara descansa e fortalece
Sou egoísta quando estou mergulhada em mim mesma
O mundo fervilha a meu redor
Mas me aquieto e me farto dessa que sou
Solidão é viver ligado ao mundo sem depender dele ou ele de mim
So-lidão
Catiaho Alcantara/ Reflexo d'Alma



4 comentários:

  1. Boa tarde! Gostei muito do seu texto. Só discordo em uma coisa: todo escrito é uma forma de desabafo! Colocamos nossas almas no papel, e se não for assim, parece que fica faltando alguma coisa.
    Como em seu poema, também acredito que nascemos sós, vivemos sós e morreremos sós. Aprender isto é uma condição essencial para aprender a ser feliz.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Ser solitário, não é estar só, para escrever em liberdade, precisamos de nos isolar. No ato de publicar sabemos que alguém vai escutar as nossas vozes do silêncio. A felicidade nasce aí, mas já pensaste o número de leitores que fiquem inquietos, porque o alinhamento é muito acima da mediocridade?
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. OI coração,

    Estou passando aqui para te conhecer e conhecer seu blog!

    Amei tudo tudo por aqui, quanto capricho !

    é inevitável, estou te seguindo!

    E deixa aqui o convite para você vim me conhecer ! Saiba que ficarei muito feliz!

    Beijocas

    vidadaguidi.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Olá Catiaho! Como está?
    Somos produtos moldados pela sociedade e pela cultura em que vivemos e todos se sentem responsáveis por todos, todos impõem formas de ser a todos, mas a maioria não segue o que prega e o que exige da maioria. Então, o melhor é se desfazer como ser social, encontrar uma forma de se recompor sem que incomode a maioria moralista e viver esta única vida de modo que ela valha todas as penas. Isto é, seja você mesma!
    Um abraço e tenha um bom começo de semana!

    ResponderExcluir

Que bom que veio, fique a vontade o quanto desejar.
Se apenas leem eu gosto. Mas se comentam eu adoro!
Volte sempre para o abraço entre sonhos e delírios
Catiaho Alc/Reflexo dAlma
http://reflexodalma.blogspot.com/
http://reflexosespelhandoespalhandoamigos.blogspot.com/
,

Venho aqui e Olho pro amanhã dessa forma: com ALEGRIA!

Venho aqui e Olho pro amanhã dessa forma: com ALEGRIA!
Já caminhei muito tempo sem me dar conta do quanto é importante o que eu sei, quero e posso. Passei muio tempo dando prioridade a todos ao meu redor. Daqui pra frente meu olhar obedece a uma nova perspectiva, pois minha palavra de ordem é ALEGRIA.Não quero e não vou viver mais um segundo sem esse ingrediente essencial.. Experimentem e depois de contem o resultado. CatiahoAlc, terça feira 05 de janeiro de 2015

Eu sempre entre meus sonhos realizados e meus delírios incessantes...

Eu sempre entre meus sonhos realizados e meus delírios incessantes...