Translate

domingo, 9 de março de 2014

Maratona poética - NAS ONDAS DE MINHA VIDA




Este barco vai parar em algum porto
 e depois de muito navegar
  sairei desta ilusão para conhecerme.

Quebrarei  este labirinto
e em seu lugar reconstruirei  minha casa.

Vou liberar meu coração, que  amarrei,
como um pônei selvagem, a luxuria.

Abrirei  as janelas de par em par
e poderei  ver o mar.

E entrará, o ar puro da vida
para desalojar as mentiras e ciúmes.

Beijarei  a cabeça de meus filhos
e uma nuvem de gaivotas,
pousadas na árvore da felicidade
 
me devolverá a ilusão como refugio

2 comentários:

  1. Este poema é uma verdadeira catarse!
    Amei!

    ResponderExcluir
  2. Uma comunhão entre o ser e o impossível desenrolar da alma e suas sugestões...obrigada Ana


    Beijinho

    ResponderExcluir

Que bom que veio, fique a vontade o quanto desejar.
Se apenas leem eu gosto. Mas se comentam eu adoro!
Volte sempre para o abraço entre sonhos e delírios
Catiaho Alc/Reflexo dAlma
http://reflexodalma.blogspot.com/
http://reflexosespelhandoespalhandoamigos.blogspot.com/
,

Aos que por aqui passaram e passarão minha gratidão e...:

Aos que por aqui passaram e passarão minha gratidão e...:
Esse não é o final da nossa historia, mas sim o marco de uma parada

Eu sempre entre meus sonhos realizados e meus delírios incessantes...

Eu sempre entre meus sonhos realizados e meus delírios incessantes...

Venho aqui e Olho pro amanhã dessa forma: com ALEGRIA!

Venho aqui e Olho pro amanhã dessa forma: com ALEGRIA!
Já caminhei muito tempo sem me dar conta do quanto é importante o que eu sei, quero e posso. Passei muio tempo dando prioridade a todos ao meu redor. Daqui pra frente meu olhar obedece a uma nova perspectiva, pois minha palavra de ordem é ALEGRIA.Não quero e não vou viver mais um segundo sem esse ingrediente essencial.. Experimentem e depois de contem o resultado. CatiahoAlc, terça feira 05 de janeiro de 2015