Translate

terça-feira, 22 de maio de 2018

RENO vANDO Meu dES a fIO: Desafio da Poeta Catiaho Alc. / Texto: Desse Jeito / Canção Tudo Novo di Novo

Vamos subir na mesa e fazer poesia,
 levar a vida na flauta, fazer de conta que é alegria!
Deixar que as ondas nos levem
nessa viagem incauta.

Poeta nunca é levado a sério
com ele se divertem o "Sãos",
dizem palavras soltas
enquanto lhe dizem sorrindo:  não.

A arte é usada sem medida
não reclama enquanto faz seu papel,
espalhando a pura semente
aproveitando a luz que vem do céu.

As telas ;são somente  enfeite,
espetáculos; só diversão,
os livros só auto ajuda quando há desilusão.
 A dança, coitada, vista como pura  especulação.

Eis a dança de vida.
Eis a verdade em questão...
Eis como seguimos; nós Poetas!
Eis-me sobre a mesa em pleno momento de re-flexão.

Poeta Catiaho Alc. em pleno momento d'Reflexão 14430809010



Eu ando vivendo um tempo de conclusão de ciclo.
Como  funciona isso?
Eu Catiaho, creio a vida ser vivida em ciclos completos de sete em sete anos.
Creio piamente ser do nascimento aos sete anos a fase da infância.
Dos sete aos quatorze a fase da adolescência se faz presente.
Depois dos quatorze aos vinte e um a juventude floresce...
E acontece até que dos vinte e um aos vinte e oito a idade adulta
toma corpo e seguimos assim vivendo de fase em fase.
Essa teoria é a teoria cronológica, mas defendo uma outra,
a tese de sete anos, mas de acontecimentos sequentes e somente
percebe quem se permite ser  atento, pois as situações da vida e dia a dia tem
começo, meio e fim, e duram exatamente sete anos cada uma.
Fiquem bem e Nunca esqueçam que
"Nossas Asas Só Crescem quando não Cabem mais na Gente."(sa)



Canção que amo!:
Tudo Novo de Novo
Paulinho Moska ou Moska


Letra da Canção

Vamos começar
Colocando um ponto final
Pelo menos já é um sinal
De que tudo na vida tem fim

Vamos acordar
Hoje tem um sol diferente no céu
Gargalhando no seu carrossel
Gritando nada é tão triste assim

É tudo novo de novo
Vamos nos jogar onde já caímos
Tudo novo de novo
Vamos mergulhar do alto onde subimos

Vamos celebrar
Nossa própria maneira de ser
Essa luz que acabou de nascer
Quando aquela de trás apagou

E vamos terminar
Inventando uma nova canção
Nem que seja uma outra versão
Pra tentar entender que acabou

Mas é tudo novo de novo
Vamos nos jogar onde já caímos
Tudo novo de novo

Vamos mergulhar do alto onde subimos



15 comentários:

  1. Ciclos de sete anos?
    Alguma razão em especial para esta periodicidade?
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Pedro.
      Biologicamente é fato.
      Mas quanto a vida e a minha vida
      tem sido assim e só percebi quando
      amadureci na mente e na alma
      com calma.
      Pode ser apenas uma coisa só minha
      que decidi dividir.
      Bjins
      CatiahoAlc.

      Excluir
  2. Maravilhoso como sempre. Adorei.

    Hoje:- Amor eterno: O meu alimento.

    Bjos
    Votos de uma óptima Quarta-Feira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Larissa!
      Logo que possível irei
      la ler você e o Gìl,
      combinadas?
      Bjins
      CatiahoAlc.

      Excluir
  3. Muito bom seu texto, também acredito nesses ciclos setênios, conhecê-los nos dão clareza de percepção e aproveitar bem todas as ocasiões, sendo assim deixo aqui meus parabéns, felicidades em seus intentos, aproveite bem essa viagem!
    Abraços apertados!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ivone,
      esse seu abraço é tudo de bom!
      Amo quando você pode vir.
      Bjins
      CatiahoAlc.

      Excluir
  4. Instigante postagem!! Amei :)!

    Beijos e um excelente dia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cidália!
      Muitas vezes precisamos ser
      instigados para
      prestarmos atenção
      em nós mesmos.
      Bjins
      CatiahoAlc.

      Excluir
  5. Começo pelo som que gostei e não conhecia e gostei da sua partilha!bj

    ResponderExcluir
  6. Li com prazer este texto

    BJs

    Hoje em Caminhos Percorridos - Pareces um telemóvel

    ResponderExcluir
  7. Engraçado... também vejo a vida como ciclos de 7 anos.
    Morei 7 anos na minha primeira casa, depois que me casei. Namorei e noivei durante 7 anos. Estou aqui nesta casa de hoje há 14 anos (7+7). E vivo meu oitavo período de 7 anos na vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana,
      somos gente que vive
      um dia d ecada vez,
      num é?
      Bjins
      CatiahoAlc.

      Excluir
  8. Bom dia, normalmente e pelo que apercebo, os ciclos são de sete em sete, até as ondas do mar rebentam de sete em sete, param e voltam.
    Gostei de ouvir o Paulinho Moska que desconhecia.
    Feliz fim de semana,
    AG

    ResponderExcluir
  9. Como sempre muito intensa em suas emoções e no seu lindo fazer poético, amei!
    Beijos afetuosos!

    ResponderExcluir
  10. Como sempre lindo poetisa. Paulinho Moska muito bom de ser ouvido. Grande beijo e ótima semana!

    ResponderExcluir

Que bom que veio, fique a vontade o quanto desejar.
Se apenas leem eu gosto. Mas se comentam eu adoro!
Volte sempre para o abraço entre sonhos e delírios
Catiaho Alc/Reflexo dAlma
http://reflexodalma.blogspot.com/
http://reflexosespelhandoespalhandoamigos.blogspot.com/
,

Aos que por aqui passaram e passarão minha gratidão e...:

Aos que por aqui passaram e passarão minha gratidão e...:
Esse não é o final da nossa historia, mas sim o marco de uma parada

Eu sempre entre meus sonhos realizados e meus delírios incessantes...

Eu sempre entre meus sonhos realizados e meus delírios incessantes...

Venho aqui e Olho pro amanhã dessa forma: com ALEGRIA!

Venho aqui e Olho pro amanhã dessa forma: com ALEGRIA!
Já caminhei muito tempo sem me dar conta do quanto é importante o que eu sei, quero e posso. Passei muio tempo dando prioridade a todos ao meu redor. Daqui pra frente meu olhar obedece a uma nova perspectiva, pois minha palavra de ordem é ALEGRIA.Não quero e não vou viver mais um segundo sem esse ingrediente essencial.. Experimentem e depois de contem o resultado. CatiahoAlc, terça feira 05 de janeiro de 2015